Extrato de Algas Marinhas: conheça mais um ingrediente do Hidratante Firmador

Sabia que ele ajuda na produção do colágeno I e III?

Já te contamos várias curiosidades sobre alguns dos principais ingredientes do Hidratante Firmador, como Extrato de Tara, Cogumelo Fu Ling, os oito tipos de Ácido Hialurônico e Pantenol. Agora, chegou a hora de conhecer mais um ativo da nossa já amada fórmula. Olá, Extrato de Algas Marinhas!

Crédito: Ari He/Unsplash

Extrato de Algas Marinhas

Esse ingrediente vem diretamente de uma alga chamada Enteromorpha Compressa, encontrada na América do Norte, África, Austrália e no Mar Mediterrâneo. Ela pertence à classe Chlorophyceae e, mais precisamente, à ordem Ulvales, que constitui principalmente a vegetação de áreas marinhas sujeitas a grandes mudanças ou estresse (mudanças repentinas na salinidade, temperatura, concentração de nutrientes).

O que ele faz?

Mas como algo tão específico pode acabar sendo incrível para a sua pele? Bem, de maneira resumida: o extrato retirado dessas algas age na pele induzindo a formação de colágeno e reduzindo a ação de compostos associados à degradação da pele. Isso significa uma pele mais firme e forte para lutar contra os efeitos gerados por danos externos, como radiação UV e a poluição.

E como esse ingrediente faz isso? Vamos ter que dar um passo atrás e explicar algumas coisinhas por aqui. Existem enzimas, as chamadas metaloproteinases de matriz, que são responsáveis pela degradação de proteínas da matriz extracelular. Entre algumas outras funções, elas equilibram a degradação e síntese de proteínas estruturais da pele.

Em condições normais, há um equilíbrio entre inibidores e estimulantes de MMP (Metaloproteinases da matriz), criando um balanceamento entre a produção e degradação de componentes da matriz. 

À medida que a nossa pele envelhece, há redução da produção de inibidores de MMPs, induzindo a uma maior degradação da matriz extracelular e a um envelhecimento intrínseco (natural) (Thibodeau A, 2000). Além disso, fatores externos, como a radiação UV e toxinas, acabam causando um aumento da expressão de citoquinas, mediadores de reação inflamatória tais quais as interleucinas IL-1alfa e IL-6, por exemplo.

Esses mediadores de inflamação acabam induzindo a expressão de MMPs e diminuindo a expressão de colágeno, levando a uma deterioração da matriz extracelular e causando o aparecimento de sinais do tempo, vulgo, envelhecimento da pele (Wlaschek M, 1994 e Park CH, 2004).

Falamos tudo isso, para te explicar onde exatamente o Extrato de Algas Marinhas age. A fração extraída da Enteromorpha compressa inibe o estímulo de mediadores de inflamação, como a IL-1alfa citada acima, sobre fibroblastos. Assim, diminui-se o estímulo de MMPs, evitando uma degradação excessiva da matriz extracelular e voltando a pele a seu equilíbrio, a fortalecendo contra danos externos.

Além disso, o extrato de algas marinhas ajuda a aumentar síntese de colágeno I e III. Já te contamos aqui no blog, mas não custa repetir. O colágeno é uma proteína fundamental para a estrutura, elasticidade e firmeza da pele, representando cerca de 70% de toda a proteína presente nela e 30% do nosso corpo.

Dentre os 28 tipos de colágeno, há aqueles que têm tudo a ver com a nossa querida e amada pele, destaque para justamente os tipos I e III, responsáveis pela elasticidade, firmeza, sustentação e parte da hidratação cutânea.

O colágeno tipo I é mais abundante em nosso corpo e ajuda na formação da pele, ossos, tendões, córneas, veias e outros tecidos conjuntivos. Ainda, entre os mais abundantes no corpo, está justamente o tipo III, que também é super importante para a pele e outros órgãos. Portanto, nada mal um ingrediente que ajude na síntese dessa proteína tão importante e que tem produção prejudicada ao longo dos anos da sua vida, né?

O Hidratante Firmador já faz parte da tua rotina de cuidados? só vem!

Estudos e artigos usados para este texto

Thibodeau A. Metalloproteinase inhibitors. Cosmetics and Toiletries 2000; 115(11): 75-82.

Wlaschek M, et al. UVA-Induced autocrine stimulation of fibroblast-derived collagenase/MMP-1 by interrelated loops of IL-1 and IL-6. Photochemistry and Photobiology 1994; 59(5): 550-556.

Park CH, et al. Heat Shock-induced Matrix Metalloproteinase (MMP)-1 and MP-3 are mediated through ERK and JNK activation and via autocrine IL-6 loop. The Journal for Investigative Dermatology 2004; 123:1012-1019.

Tem alguma dica, dúvida ou sugestão? Fale com a Sallve. A gente adora trocar experiências!

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

  • Loading