Alimentação: uma aliada no combate ao cansaço

A alimentação pode ter ação positiva no combate ao cansaço? É o que nos responde a nutricionista Dra Rosana Farah.

Já vimos aqui no blog da Sallve que a alimentação é um dos fatores que influenciam a saúde da nossa pele, além de todo o nosso corpo. A alimentação pode ter ação antioxidante (combatendo os radicais livres), pode colaborar para um declínio cognitivo mais lento (com o consumo diário de folhas verdes), além de agir contra o envelhecimento precoce (com o ácido elágico das frutas roxas).
Mas será que a alimentação pode ainda ter ação positiva no combate ao cansaço? Quem responde é a nutricionista Dra Rosana Farah, integrante da diretoria da SBAN - Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição.

Um prato cheio no combate ao cansaço

Não é novidade que uma alimentação bem equilibrada, com o consumo regular de verduras, frutas, fibras integrais, nos faz sentir mais dispostos. Enquanto que uma dieta composta exclusivamente de alimentos ultraprocessados (ou, seja tudo que é industrializado e que você compra pronto para o consumo) com açúcar e carboidrato simples (farinha branca refinada), piora as defesas do organismo. Como em tudo, o melhor é encontrar um ponto de equilíbrio.

+ A nossa alimentação está melhorando?

"A alimentação está intimamente relacionada com nosso bem estar físico e mental. Frituras e alimentos ricos em açúcar contém uma quantidade menor de nutrientes e por este motivo podem contribuir para uma menor disposição no nosso dia a dia", explica a nutricionista.

Além de selecionar a alimentação, a forma como a consumimos também pode ser significativa. O ideal é dividir as refeições em menores espaços de tempo. "Intervalos muito grandes entre as refeições, com grandes quantidades de alimentos, podem levar a uma digestão muito lenta, desviando uma parte da energia que seria destinada a outras funções", explica a nutricionista.
Portanto, se você está acostumado a três grandes refeições ao dia (café da manhã / almoço / jantar), que tal tentar intercalar-las com pequenos lanches? E nas refeições principais, a Dra Rosana aponta que "as porções diárias devem ser ajustadas conforme as necessidades individuais pelo profissional nutricionista".  

Xô, cansaço

Se você está se sentindo mais cansado durante a quarentena, saiba que não está sozinho.

+ Você está sentindo o cansaço?

Como nos explicou a Dra Rosana, a alimentação também pode colaborar no combate ao cansaço e isso porque algumas vitaminas estimulam o melhor funcionamento do sistema nervoso central. "Alimentos que são precursores de neurotransmissores como a serotonina (triptofano), dopamina e noradrenalina podem auxiliar a combater o cansaço", explica a especialista. 

Para entendermos melhor, os neurotransmissores são substâncias químicas produzidas pelos neurônios. E eles funcionam como um mensageiro que leva a informação de um neurônio para uma célula receptora.

Aleksandar Pasaric / Pexels

Banana: "contém triptofano e B6", aponta a Dra Rosana. Vale lembrar que o triptofano produz a serotonina, que atua no nosso humor, na qualidade do sono e funções cognitivas.

Integrais: "massas e pães integrais aumentam a secreção de insulina que favorece a produção de serotonina, além de conter cromo, mineral que auxilia no humor e na disposição", explica a nutricionista.
A aveia é um bom exemplo de alimento que melhora a função cerebral. Ela pode ser consumida tanto com uma colherada no iogurte da manhã, sobre a fruta ou no preparo da massa de um pão integral.
O arroz integral é outro aliado para se encontrar o precursor da serotonina, o hormônio do bem-estar.

Peixes de águas profundas que contém ômega 3: são importantes na formação de neurotransmissores, e contém selênio, um bom antioxidante". aponta. Um exemplo é a sardinha que tem um ótimo aporte de cálcio e de proteína.

Chocolate amargo: "possui tirosina que auxilia na produção de dopamina", outro neurotransmissor ligado ao nosso humor.

+ Chocolate realmente faz mal para a pele?

Fontes de ferro: a especialista adverte que se você está se sentindo muito cansado, "também devemos lembrar que um dos sintomas da anemia ferropriva é o cansaço excessivo. Logo devemos prestar atenção nos alimentos fonte de ferro como carnes bovinas, suínas, gema de ovo e leguminosas".

+ Os alimentos da estação: primavera e verão

Antes de promover uma mudança radical na tua dieta alimentar, consulte com um nutricionista. Um médico especializado poderá orientar qual é a melhor alimentação.

Tem dúvidas, quer saber mais ou sugerir um tema? Fale com a Sallve. A gente adora trocar experiências!

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

  • Loading