Barba cresce mais no verão? 5 mitos e verdades esclarecidos

Conversamos com uma dermatologista para entender melhor algumas particularidades de quem tem barba!

Já ouviu falar que a barba pode favorecer o aparecimento de alergias respiratórias? E que é um bloqueador natural da luz ultravioleta? Tudo isso é verdade ou não passa de mito? Bom, as perguntas são muitas, mas as respostas são mais simples do que imaginamos.

Crédito: Johan de Jager/ Unsplash

Inclusive, nós já falamos aqui no blog sobre qual a melhor maneira de cuidar da barba, mas para esclarecer mais algumas dúvida envolvendo os tão queridos fios que enchem (ou não!) o rosto dos homens, conversamos com a Dra. Carolina Gramigna, dermatologista da Clínica Dra. Adriana Cairo, de São Paulo, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

A barba favorece o aparecimento de alergias respiratórias?  

 

Mito. A barba mal higienizada pode acumular ácaros e com isso propiciar irritações. Porém, essas irritações não estão ligadas aos aspectos patológicos da asma ou da dermatite atópica.

A barba é um bloqueador natural da luz ultravioleta? 

 

Verdade. Todo pelo possui a capacidade de proteção da luz solar pelo acúmulo da melanina, porém aqueles que possuem barbas falhas ou curtas necessitam utilizar protetor solar adequado ao seu tipo de pele, que deve ser indicado pelo dermatologista. Ah, não se esqueça jamais de passar protetor solar no rosto, hein?

A barba cresce mais rápido no verão?

 

Verdade. A luz solar estimula o crescimento das células, por aumentar a demanda da melanina para proteção dos raios UV. Isso não significa que as áreas de falha da barba poderão ser corrigidas durante o verão.

Para tais correções das falhas da barba existe o transplante de barba, e esse é o segundo tipo de transplante mais procurado pelos homens. Esse procedimento é indicado para quem possui pequenas falhas ou cicatrizes e também para quem não possui barba nenhuma e gostaria de ter.

Quem tem problemas com a acne pode ter barba? Ela prejudica tratamento?

 

Em partes. Primeiramente, devemos tratar a acne e depois cuidar da barba para que ela tenha desenvolvimento. Então, o controle adequado da acne com seu dermatologista é fundamental para que não ocorra possíveis inflamações dos folículos pilosos da face, o que inclui a área da barba.

Quem faz a barba com mais frequência tende a apresentar mais pelos encravados?

 

Verdade. Os homens que fazem a barba com maior frequência tendem a apresentar mais foliculite, especialmente aqueles que possuem pelos muito grossos e retiram os fios barbeando contra o sentido de crescimento natural.

É importante lembrar que, quanto mais grossa a espessura do fio, maior a chance de que, ao barbear, esse pelo penetre na pele antes da saída do folículo, e, com isso, cause uma reação de corpo estranho, popularmente conhecida como “pelo encravado”.

Não se esqueça: consultar um dermatologista é sempre a opção mais correta para manter a saúde da sua pele em dia! 😉

Tem alguma dica, dúvida ou sugestão? Fale com a Sallve. A gente adora trocar experiências!

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

  • Loading