Eletrólitos: como eles ajudam a manter a pele hidratada

Sim, eles não estão só nas bebidas isotônicas, tá?

Quem diria que um dos principais componentes daquelas bebidas hidroeletrolíticas e isotônicas tomadas por atletas após grande esforço e perda de hidratação também poderia ajudar na pele, não é mesmo? Pois é, o assunto é amplo, mas o que já podemos adiantar é que os eletrólitos - presentes na fórmula do nosso Hidratante Reparador - são muito mais importantes do que você imagina para o nosso corpo.

eletrolitos

Afinal, o que são eletrólitos?

De maneira simplificada, eletrólitos são minerais que carregam uma carga elétrica (positiva ou negativa) quando estão dissolvidos em água. Eles estão presentes no nosso sangue urina e suor, por exemplo.  

+ Já contou quantos copos de água você bebe ao dia?

No nosso organismo, há uma variedade deles e que se apresentam com nomes muito mais conhecidos, como sódio, cálcio, potássio e magnésio, por exemplo. Eles são responsáveis pelo bom funcionamento dos músculos, do sistema nervoso, além de equilibrar a quantidade de água no nosso organismo e manter o nível de pH do sangue. Ou seja, só função essencial, né?

Ah, se há uma falta ou excesso de eletrólitos no nosso corpo, isso pode gerar um distúrbio eletrolítico, o que pode afetar o bom funcionamento do organismo. Lembra da história do beba água e mantenha uma alimentação saudável? Ela se aplica direitinho aqui.

Mas agora vamos ao que interessa:

Como os eletrólitos agem na pele?

Sim, esses minerais podem facilmente se transformar em ativos cosméticos para ajudar a sua pele. E sua função essencial tem tudo a ver com hidratação, afinal, eletrólitos são minerais que atraem água.

Ao serem aplicados topicamente, eles ajudam a sua pele a receber a hidratação que ela precisa, já que permitem a entrada de água e regulam os níveis, contribuindo para uma hidratação mais profunda. Eles também ajudam a repor e fortalecer a barreira cutânea, que é essencial para proteção do nosso corpo.

+ O excesso de hidratação pode ser um problema?

Como você deve imaginar, os eletrólitos são super amigos da pele seca, é claro, mas também são benéficos para todos os tipos de pele.

Sódio

Hoje vamos dar atenção a dois minerais que podem ajudar muito a pele. Começando pelo sódio, que é um dos maiores responsáveis pelo potencial de ação celular.

Nos cosméticos, podemos usá-lo, por exemplo, como sal de sódio do ácido carboxil L-pirrolidone (L-PCA), que é um hidratante fisiológico natural, obtido pela ciclização do ácido L-glutâmico, um aminoácido de origem vegetal.

+ Umectantes x emolientes: qual é a diferença entre eles?

E por que isso é legal? Esse ativo é considerado um hidratante fisiológico da epiderme, porque o seu componente L-PCA é parte essencial do Fator de Hidratação Natural (FHN), responsável por parte da hidratação da pele, já que evita a evaporação de água e dá auxílio para que o nível hídrico do estrato córneo se mantenha bom.

Zinco

Agora vamos falar sobre o zinco, mais precisamente o sal de zinco do ácido L-carboxil pirrolidônico (L-PCA), que como já dissemos é um hidratante fisiológico natural e, em formulações cosméticas, ele funciona como um regulador de oleosidade cutânea.

E como isso acontece? Primeiro, vamos entender como o sebo é produzido pelo nosso corpo. Ele é uma substância oleosa secretada pelas glândulas sebáceas da pele. O nome desse processo é seborreia.

Para que a seborreia aconteça ela é dependente da testosterona. O zinco atua reduzindo a secreção do sebo agindo pela inibição da enzima 5-α-redutase. Assim, ajuda no equilíbrio da oleosidade da pele.

+ Acne da mulher adulta: quais são as causas e como tratar

Ao contrário do que muita gente pensa, a função do sebo não é te dar dores de cabeça com excesso de oleosidade e acne. Sua função é, principalmente, dar maleabilidade e frescor à pele. Além disso, o sebo nos protege contra diversas agressões externas. Ou seja, ele é ótimo, só precisa estar equilibrado para que não surjam irritações e inflamações, como a acne.

O zinco ainda auxilia a controlar o desenvolvimento de infecções microbianas, por conta de suas propriedades antissépticas. Inclusive, inibe a proliferação Propionibacterium acnes, que é a responsável pela inflamação causada pela acne vulgar.

E aí: que tal inserir o Hidratante Reparador na sua rotina de skincare? Carinhosamente apelidado pela nossa comunidade de "cremão da Sallve", ele é um hidratante múltiplo, não comedogênico, que pode ser usado em todas as regiões do corpo.

Só ele nutre e acalma peles secas e sensibilizadas, repara danos e restaura regiões extremamente ressecadas. Além dos eletrólitos, sua fórmula combina ingredientes emolientes e umectantes poderosos como ceramidas biomiméticas e pantenol, com propriedades calmantes e que auxiliam na reconstrução e cicatrização da barreira da pele. Já o alfa-bisabolol tem ação anti inflamatória, calmante e antioxidante, enquanto a manteiga de Karité hidrata criando uma barreira e reduz a perda de água.

Formulado especialmente para peles sensíveis, secas e ressecadas, mas com benefícios comprovados em todos os tipos de pele, o Hidratante Reparador repara regiões ressecadas como mãos, cotovelos e pés, reduz a vermelhidão, deixa a pele luminosa e com toque macio, previne acinzentamento e descamação e é um cremão vegano, sem silicone, óleo mineral ou crueldade.

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

  • Loading