Extrato de Physalis tem ação anti-inflamatória potente

Esse ingrediente natural é um achado cheio de benefícios

Physalis. Ou seria... bucho de rã, camapu, juá de capote? Aqui no Brasil tem gente que conhece por nomes variados. Pode ser consumida ao natural, mas é muito usada na preparação de doces, bombons, geleias. Ela é rica em vitamina A e C, fósforo e ferro. Enquanto isso, nos cosméticos, o extrato de physalis é um super ativo, cheinho de benefícios para a pele!

Crédito: Jonathan Pielmayer/ Unsplash

Uma curiosidade! Os povos nativos da Amazônia utilizavam chás das folhas, frutos e raízes da Physalis Angulata. Que por sua vez são ricos em flavonóides, como anti-inflamatório para doenças de pele, por exemplo.

Benefícios

Segundo estudos, e como você já imaginava, o ativo realmente é um potente anti-inflamatório. Ele apresentou atividade reduzindo a expressão de β-NGF, proteína associada à mediação da percepção de dor em regiões inflamadas do corpo, resultando em um aumento do conforto e na redução da sensibilidade da pele.

Crédito: Monika Grabkowska/ Unsplash

Mas é claro que há muito outros benefícios. Além disso, ele ajuda na proteção contra o fotoenvelhecimento.

O extrato de physalis auxilia a aumentar a atividade de duas das principais enzimas responsáveis pela defesa natural da pele contra radicais livres, o superóxido dismutase (SOD) e a catalase (CAT). Assim, ajuda a prevenir os danos causados por radicais livres, auxiliando na prevenção do envelhecimento precoce. 

O ativo não só é conhecido por sua capacidade de ajudar na redução da sensibilidade e desconforto da pele aos estímulos da radiação UV, mas também por combater o desequilíbrio do estresse oxidativo da pele.

Crédito: Pexels

A Physalis ainda apresenta uma atividade redutora de hiperpigmentação. Isso significa que auxilia na uniformização do tom da pele.

E como isso acontece? O papo é um pouco mais complicado, mas basicamente o extrato de physalis apresentou, em estudos, uma redução da produção de melanina em culturas de melanócitos estimulados por radiação UV ou pela indução do alfa-MSH, hormônio fundamental para o processo de melanogênese. E é justamente assim que ajuda a reduzir a hiperpigmentação.

Por fim, mas não menos importante ele também ajuda a aumentar a luminosidade da nossa pele. É maravilhoso ou não é?

Vale lembrar… consultar um médico especialista é sempre a opção mais correta e saudável para cuidar da melhor forma possível da sua pele, ok? ;)

Referências utilizadas para este texto

NGF as a mediator of inflammatory pain

First line defence antioxidants-superoxide dismutase (SOD), catalase (CAT) and glutathione peroxidase (GPX)

Does alpha-MSH have a role in regulating skin pigmentation in humans?

Tem alguma dica, dúvida ou sugestão? Fale com a Sallve! A gente adora trocar experiências!

vamos conversar?

mais do blog

Kit basiquinho: como usar nosso trio de minis

Kit basiquinho: como usar nosso trio de minis

Chegou o kit basiquinho da Sallve: são as versões miniatura dos nossos Limpador Facial, Esfoliante Enzimático e Antioxidante Hidratante. E aqui você aprende como usar cada um deles!
Saiba mais
Turnê Sallve Rondônia

Turnê Sallve Rondônia

A Turnê Sallve desembarcou virtualmente em Rondônia para um papo sobre auto-cuidado, amor próprio e protetor solar!
Saiba mais

buscar

sua sacola

  • Loading