Como cuidar da sua pele no inverno

Sabe por que é tão importante adaptar sua rotina de skincare para o inverno?

pele no inverno

Basta as temperaturas começarem a cair um pouco e pronto: já estamos sonhando com tardes debaixo do edredom, tirando do fundo do armário os moletons mais quentinhos e marcando nossos fins de semana com brigadeiro de colher. Mas as mudanças não se limitam apenas às estações mais frias do ano: nossa rotina de skincare também precisa se adaptar às mudanças de clima e temperatura. Afinal, sua pele no inverno precisa de cuidados especiais: "Há mudanças nas respostas, qualidade e fisiologia da sua pele conforme as estações do ano, por conta de mudanças como temperatura, vento ou umidade do ar", já nos explicou a Dra. Denise Steiner.

+ Pele do corpo no inverno: os cuidados para mantê-la saudável

A pele no inverno

A dermatologista explica que, nesse período do ano, de temperaturas mais baixas, a desidratação da pele se dá por dois fatores: uma menor produção de óleo pelas glândulas sebáceas (óleo esse que está diretamente ligado à hidratação da nossa pele) e uma maior evaporação de água pela pele, conhecida como perda transcutânea. "Nós também suamos menos, porque não está tão quente. E o suor, de alguma forma, também hidrata a pele".

Há ainda fatores externos, como o aumento da frequência de banhos quentes: "É muito comum as pessoas sentirem até coceira por conta do ressecamento da pele após o banho quente", diz a dermatologista. Lembra daquele nosso papo de que a gente não pode tirar toda a oleosidade natural da nossa pele? A água quente faz justamente isso. O resultado? Barreira cutânea afetada e pele desidratada.

+ Preciso mesmo passar filtro solar no inverno?

Pode incluir aí ainda o vento, o ar mais seco e outros fatores ambientais. "Tudo isso contribui para que nossa pele fique mais desidratada durante o inverno. No rosto, a gente tem mais (e maiores) glândulas sebáceas. No inverno, mesmo essas glândulas diminuem a produção de óleo - tanto que no inverno você pode sentir a acne melhorar ou a sua pele menos oleosa", lista Dra. Denise.

Com isso, sua pele pode sofrer com ressecamento e pode até inflamar - é um outro tipo de efeito rebote, explica a dermatologista: "São acionadas algumas substâncias para a pele se defender, que faz com que ela inflame. Há um ressecamento tão intenso que a irritação provoca mais desidratação, dando início a um círculo vicioso. A pele fica descamativa, avermelhada e até sensível".

Tratamentos no inverno

Há ainda mais um fator que inspira um cuidado especial com sua pele no inverno, adaptado para a estação: é justamente nesta época que muitos dermatologistas indicam procedimentos mais invasivos, como peelings, lasers e microagulhamento. Até a depilação a laser é mais indicada no inverno, sabia? Isso porque todos eles exigem muito cuidado com a exposição solar. Há casos, inclusive, que é recomendado que não haja qualquer exposição solar da pele por um longo período de tempo.

Adaptando a rotina da sua pele no inverno

Por tudo isso, uma das maiores adaptações na rotina de skincare da sua pele no inverno tem a ver com hidratação: com tantos fatores que a ressecam e colocam em risco sua barreira cutânea, hidratar é mais fundamental do que nunca.

+ Hidratantes da Sallve: conhecendo as diferenças

Dra. Denise sugere, entre as mudanças que você pode fazer na sua rotina de skincare no inverno, a diminuição da frequência de aplicação de ativos mais fortes, alternando-os com um hidratante. Segundo a Dra. Denise, até mesmo o protetor solar pode ser trocado para o inverno, se for o caso: "Você pode optar por um para pele normal ao invés de um específico para pele oleosa. Porque o somatório de tudo - sabonetes, ativos, falta de hidratação - faz a pele irritar". Outra sugestão? Se seu limpador facial for adstringente demais, troque-o por um mais hidratante.

+ Limpador Facial da Sallve: pele limpa sim, hidratada também

Antioxidantes também são parceiros no cuidado com a pele no inverno: em um período que a pele pode perder o viço por conta de todos esses fatores externos, são eles que vão proteger sua pele da ação dos radicais livres e devolver aquele "brilho que vem de dentro".

Seu maior foco, você já deve ter percebido, é mesmo caprichar na hidratação, para proteger sua pele de todas essas mudanças climáticas e fatores diversos ou para repará-la de danos que aparecem com o ressecamento.

pele no inverno

É aí que entra nosso Hidratante Reparador, um creme múltiplo que nutre e repara até as peles mais sensíveis e ressecadas. Sua fórmula combina ativos poderosos com ação tripla: as ceramidas biomiméticas atuam como emoliente repondo os espaços entre as células da barreira da pele, o pantenol e os eletrólitos atuam como umectantes atraindo água para dentro das células e, por fim, a manteiga de karitê e o alfa-bisabol agem como uma barreira de proteção prevenindo a perda de água da pele: ainda mais perfeito para o frio! O resultado é a reparação e nutrição que você sente no toque macio da pele.

O Hidratante Reparador hidrata sem obstruir os poros, reduz a vermelhidão e acalma, trata e previne acinzentamento e descamação e pode ser usado topicamente em regiões mais ressecadas também: além de poder ser usado no corpo inteiro, se você sentir uma parte do seu rosto mais ressecada, pode aplicá-lo pontualmente ali - por exemplo, no cantinho do nariz, olhos e até nos lábios.

Ah, e ele é vegano, sem silicone, sem óleo mineral e sem crueldade. E aí: que tal inserí-lo na sua rotina de skincare?

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

subtotal

Loading
Login efetuado com sucesso!