Por que nossas axilas ficam escuras?

A gente tira essa dúvida e ainda conta como o Sérum Uniformizador pode ajudar

Muita gente ficou surpresa ao descobrir que o Sérum Uniformizador pode ser usado nas axilas (e no corpo todo, incluindo a região dos olhos). Mas será que você já parou para pensar por que as nossas axilas ficam escuras? Se você já teve essa curiosidade, esse momento é seu!

Por que nossas axilas ficam escuras

Axilas: como é a pele nessa região?

Primeiro de tudo, vale ressaltar que a pele das nossas axilas é sensível, devido ao atrito, falta de luz e ar. Elas são ricas em glândulas sudoríparas apócrinas, que produzem o suor e são encontradas somente por ali, além da área genital e nas mamas.

+ Pele do corpo: as diferenças para se conhecer

Além disso, enquanto o pH da maior parte da pele do corpo é 5,5, nas axilas é 6,5. Essa redução na acidez deixa a pele das axilas mais suscetível ao crescimento de bactérias. Essas bactérias podem metabolizar o suor e fazer com que haja um odor forte e desagradável, por exemplo.

Por que as axilas ficam escuras?

Para responder os motivos exatos das axilas ficarem escuras, conversamos com a Dra. Ana Cecília Lunardelli Bittencourt, dermatologista da Clínica Adriana Cairo e especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

“A pele das axilas possui características diferentes do restante do corpo, o que a torna mais sensível e mais suscetível a traumas externos. Na maioria dos casos, esse escurecimento é decorrente de uma inflamação local que ocorre após trauma/ irritação e que chamamos de hipercromia pós-inflamatória. Existem outros mecanismos de escurecimento dessa região que são favorecidos por alterações metabólicas, por exemplo, obesidade e diabete mellitus. Por isso, consultar o especialista é sempre importante para o diagnóstico correto”, esclarece a médica.

Crédito: Trevin Rudy/Unsplash

Notou que a Dra. Ana Cecília falou que as axilas ficam escuras muito por conta de traumas constantes que a região sofre? Pois é, esse escurecimento, na verdade são manchas. “Pelos mecanismos de inflamação haverá maior produção e deposição de pigmento nas diferentes camadas da pele”, aponta a especialista.

+ Como é o tratamento de manchas e por que é a longo prazo?

Para ficar tudo ainda mais fácil, vamos de revisão! Lembra que já te contamos como elas se formam na nossa pele? A formação vem de uma irritação dos melanócitos (células que produzem a melanina). Toda vez que ele se sente ameaçado ou irritado - seja por sol excessivo, uma irritação, um arranhão, uma batida, etc. -, há como reflexo essa produção exacerbada de melanina, ou seja, uma hiperpigmentação da pele. É aí que as manchas surgem.

Quais os principais motivos que levam ao escurecimento das axilas?

Já te dissemos que os principais fatores são os associados a traumas locais. Isso pode incluir:

  • Depilação com lâmina/cera, que causam um trauma mecânico na região;
  • Uso de roupas muito apertadas. Elas geram atrito do tecido com a pele, favorecendo a irritação;
  • Desodorantes com álcool. Podem aumentar o risco de irritação local (com vermelhidão, coceira);
  • Não lavar ou secar a região corretamente. Isso favorece o aparecimento de fungos e bactérias, que além do famoso mau cheiro, podem causar irritações na pele.

Quais são os principais tratamentos?

Se você está pensando como pode evitar o escurecimento da região, a Dra. Ana Cecília Bittencourt esclarece: “Evitando situações de trauma (por exemplo o trauma da depilação com lâmina), afastando possíveis fatores irritantes que entrem em contato com a região e reforçando a hidratação". Lembra? Pele hidratada ajuda a manter a barreira de proteção da pele íntegra, portanto, mais forte e saudável.

+ Todos os tipos de pele precisam de hidratação?

Se você já tem as axilas escurecidas e essa diferença de tom te incomoda, o ideal é procurar um dermatologista para investigar melhor as causas do escurecimento da região.

Segundo a SBD-RJ, alguns pontos podem a ajudar no tratamento de manchas nas axilas. São eles: sessões de peeling e laser (feitos em consultório, com profissionais capacitados); esfoliação feita ao menos uma vez por semana, favorecendo a função de remover células mortas e bactérias; depilação a laser, que substitui a cera e a lâmina na remoção de pelos; e claro, dermocosméticos uniformizadores.

Como o uso de dermocosméticos uniformizadores podem ajudar?

Segundo a Dra. Ana Cecília, os dermocosméticos podem auxiliar na uniformização gradual da região, atingindo o pigmento que está depositado sob a camada mais superficial da pele e os que contém agentes hidratantes e calmantes atuam na prevenção, reforçando a barreira cutânea, e dessa forma, protegendo contra traumas.

O Sérum Uniformizador pode ajudar?

Pode sim! O Sérum Uniformizador pode auxiliar no tratamento de hipercromias pós-inflamatória, manchas que surgem após um processo inflamatório na pele, como a acne, uso de ácidos sem proteção solar, uma reação alérgica, picada de inseto, atrito, etc. Essa inflamação estimula a produção de melanina, causando a mancha.

+ Graus de mancha e quando o Sérum Uniformizador pode ajudar

Poderoso no tratamento e prevenção de manchas, olheiras pigmentares e linhas finas, a fórmula multifuncional do Sérum Uniformizador pode ser usada na área dos olhos, rosto e corpo e age antes, durante e depois da mancha, hidratando, uniformizando não só o tom como a textura da pele e ainda devolvendo toda a sua luminosidade.

Ele combina retinol biomimético, responsável por uniformizar textura e tom sem sensibilizar, a niacinamida 5% que reduz a pigmentação excessiva, o nanoácido tranexâmico e o alfa-arbutin, que regulam o início da produção da melanina. Já o óleo de rosa mosqueta entra na fórmula com suas ações antioxidante, hidratante e cicatrizante. E aí, que tal incluir na sua rotina?

Referências utilizadas para este texto

Escurecimento da axila: como evitar e tratar?

Tem dúvidas, quer saber mais ou quer sugerir um tema? Fale com a Sallve. A gente adora trocar experiências!

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

  • Loading