Protetor solar dentro de casa: preciso mesmo usar?

Afinal de contas, precisa mesmo usar protetor solar dentro de casa? Precisa sim: aqui você entende direitinho por que e como fazer.

Não importa se a sua rotina de skincare é daquelas bem #loucadoskincare ou rápida e prática: há alguns passos dessa jornada que são inegociáveis: limpar, hidratar e proteger. A gente já te explicou a importância de cada um deles - por que a limpeza é, como a Julia Petit tanto gosta de dizer, "o chão do skincare" e como a hidratação é fundamental para o funcionamento correto da sua barreira cutânea. E proteger?

+ Ácidos e protetor solar: por que essa dupla é inseparável?

A importância do protetor solar é amplamente divulgada bem além da bolha do skincare, mas é sempre bom lembrar: uma pele protegida da radiação solar é o primeiro passo para a prevenção de queimaduras, câncer de pele, manchas e envelhecimento precoce, além de contribuir para que doenças de pele já existentes não se agravem, como é o caso do melasma.

Aliás, quem tem acne também se beneficia muito do uso do protetor solar, viu? É que "pegar sol não 'seca' a acne", desmistifica Dra. Monalisa Nunes, dermatologista consultora da Sallve. "Pelo contrário, o sol estimula ainda mais a produção das glândulas sebáceas, piora a inflamação e aumenta a intensidade e frequência das manchas", ela explica, completando que a radiação solar por si só já causa inflamação na pele, pela própria queimadura.

Mais um motivo para não pular a etapa e curtir todos os benefícios do sol sem medo: se você usa ácidos, é ainda mais importante usar protetor solar. "Quando nós utilizamos ácidos na nossa pele, nossa pele fica mais fina, aumentando a necessidade de proteção solar aumenta", explica Maurizio Pupo, farmacêutico e especialista em fotoproteção. "Quando utilizamos ácidos, também podem acontecer leves e discretas irritações na nossa pele. Se nós não estivermos usando um protetor solar ao mesmo tempo, corremos o risco de manchar a pele", completa.

+ UVA, UVB, FPS, PPD: o que são as siglas do Protetor Solar?

Mas vem cá... Precisa usar protetor solar dentro de casa?

Tem coisa mais gostosa do que sentir o sol entrando pela janela e iluminando a casa? Ou trabalhar pertinho da janela, mesmo? Pois bem: para que você possa curtir o sol dentro de casa sem maiores danos à sua pele, o protetor solar segue sendo fundamental - faça chuva ou faça sol, aliás.

É que depois da listinha de motivos acima que deixam clara a importância de usar protetor solar, a gente passa para o passo seguinte: entender que os raios UVA não estão presentes apenas da porta da nossa casa para fora, e nem só em dias de sol: "Ela está presente o tempo todo, mesmo no clima frio e tempo nublado, e inclusive ultrapassa vidros de janelas. A radiação UVA consegue ultrapassar todos esses obstáculos", explica Dra. Monalisa.

+ Como passar protetor solar (e reaplicar também)

Para relembrar: a radiação UVA, conhecida entre os dermatologistas como "aging" (envelhecedora, em português) é a que penetra mais profundamente na pele. Segundo Dra. Monalisa Nunes, sua maior função é liberar radicais livres, o que por sua vez causa o envelhecimento precoce da pele e aquele bronzeado do sol, além de também estar associada ao câncer de pele. "Mas qualquer radiação pode causar manchas, inclusive a UVA, pois ela, como todas as outras, também passa pelos melanócitos da pele - que é o que causa manchas.

E a luz azul?

Outro motivo para não pular o protetor solar dentro de casa, claro, é a luz azul - que faz parte do espectro da luz visível e é emitida não só pelo sol como também por computadores, celulares, tablets e outras telas que você possa ter em casa.

A luz azul penetra até os tecidos subcutâneos e também provoca a oxidação dos lipídios - e é justamente esse processo que acelera a produção de radicais livres, que danificam células e enzimas da pele, destruindo as fibras de colágeno e a redução de sua produção, além de também poder causar manchas.

+ Qual é a ordem de uso de todos os produtos da Sallve?

Aplicando e reaplicando: quantidade e frequência

Mesmo dentro de casa, Dra. Monalisa ensina: a quantidade de protetor solar a ser aplicada deve ser a mesma - o máximo que você conseguir, em duas camadas - e a frequência de reaplicação também, a cada duas horas.

Uma razão bem prática

Além de todos esses pontos, Dra. Monalisa Nunes indica mais um motivo, esse bem prático e educativo, sobre o uso do protetor solar dentro de casa: "Quando você passa protetor solar todos os dias, mesmo para ficar em casa, cria essa rotina. Nós dermatologistas gostamos que as pessoas incluam o protetor solar na rotina como um hábito, assim como escovar os dentes, que você não consegue ficar sem. Fazendo todos os dias, mesmo dentro de casa, você facilita esse processo", ensina Dra. Monalisa Nunes.

O Protetor Solar da Sallve

O Protetor Solar da Sallve FPS 60 protege sua pele diariamente com acabamento hidratante e invisível na pele. Sua fórmula única oferece uma multi defesa: além da alta proteção contra UVA/UVB (com PPD 25,5), ele também protege sua pele contra os danos da luz azul e visível, infravermelho e poluição.

Com vitamina E e carnosina, ele tem ação antioxidante, que previne os sinais do tempo, e ação antiglicante, que ajuda a preservar o colágeno da sua pele. Não-comedogênico e sem álcool, ele deixa um toque macio combinado com o viço incrível, sem esfarelar.

E aí: que tal inserí-lo na sua rotina de skincare?

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

  • Loading