Como inserir o retinol biomimético na rotina de skincare?

Muita gente tem medo e muitas dúvidas desse superstar dos cosméticos

Retinol é um ingrediente que gera medo e confusão em muita gente. Alguns pensam que é forte demais, que pode causar uma super sensibilidade na pele, e daí por diante. Hoje, porém, chegou o dia de explicar algumas coisas sobre o retinol biomimético, estrela da fórmula do nosso Sérum Uniformizador, e te ensinar como inserir esse ativo na rotina de skincare sem medo.

Primeiro, é bom relembrar que o retinol é um derivado da vitamina A. Quando falamos em retinol biomimético (ou ‘retinol-like’), saiba que ele é muito parecido com o retinol original em suas propriedades, porém sem os efeitos que podem ser sensibilizantes para algumas peles - o que faz dele o eleito perfeito para ser o primeiro retinol que você vai inserir na sua jornada da pele.

+ Como o Sérum Uniformizador age antes, durante e depois da mancha

Entre os muitos benefícios que já te contamos por aqui, o retinol biomimético auxilia no tratamento de diversas doenças cutâneas, estimula a produção de colágeno, promove a renovação celular, tem atividade antioxidante e ajuda a suavizar manchas, pois atua reduzindo a produção de melanina.

retinol biomimético

Retinol biomimético na rotina

Mas como inserir esse ativo na nossa rotina de skincare sem medo? Quem vai nos ensinar é a Dra. Monalisa Nunes, dermatologista consultora da Sallve, que vai listar os cuidados principais que devemos tomar e por quê.

  • Uso diurno ou noturno. O retinol biomimético pode ser usado de dia (sempre com proteção solar) por não ser fotossensibilizante - ao contrário do retinol comum, que não é biomimético. Neste caso, o uso é, em geral, apenas noturno. "Por isso é sempre importante olhar as recomendações do fabricante", alerta a especialista.
  • Use pouco produto e comece com dias alternados. Segundo a Dra. Monalisa, apesar de ser menos sensibilizante que o retinol convencional, o retinol biomimético também pode causar ardência e vermelhidão em peles mais sensíveis, por isso as recomendações são de utilizar pouca quantidade de produto e iniciar o uso em dias alternados.
  • Utilize um hidratante facial antes de aplicar o produto. "Normalmente, preferimos utilizar ácidos/ ativos que são mais sensibilizantes depois de um hidratante e, de preferência, algum que tenha uma propriedade calmante. Dessa forma, você diminui o potencial irritativo, deixa a pele hidratada e evita descamação, que pode acontecer com esses ativos", diz a Dra. Monalisa.
  • Não esqueça jamais do protetor solar. Passar protetor solar é ainda mais importante quando fazemos uso de retinóides.

+ Dia ou noite: em que hora do dia é melhor aplicar seus cosméticos?

Passada essa etapa de introdução, você já pode começar a reajustar a frequência: “Não há um limite específico, se não houver sensibilidade ele pode ser usado todos os dias”, aponta a Dra. Monalisa Nunes.

Combinações

Ah, mas será que tudo bem usar aquela vitamina C maravilhosa? Ou quem sabe passar um produto com ácido hialurônico em seguida? Pois é: o retinol é versátil e se dá bem com muitos ativos nesse mundo do skincare.

“As combinações possíveis são infinitas, mas as mais comuns são: niacinamida e alfa bisabolol, com propriedades calmantes e antioxidantes; vitamina C, ácido kójico e ácido fítico, que aumentam o potencial uniformizador de manchas; ácido hialurônico, d-pantenol e esqualano, que hidratam a pele minimizando o potencial irritativo”, explica a dermatologista.

+ Alfa-arbutin e sua capacidade de ajudar a suavizar manchas

Portanto, você pode combinar o uso do Sérum Uniformizador com o nosso Antioxidante Hidratante (com Ácido Hialurônico, Nano Vitamina C a 10%, Vitamina E, Resveratrol, Niacinamida e Cafeína), e/ou com o Hidratante Firmador (com Ácido Hialurônico, Pantenol, Cogumelo Fu Ling e Extrato de Tara).

+ O que é uniformizar a pele?

E será que tem algum ingrediente ou produto que não deve ser usado quando estamos fazendo uma rotina com retinol biomimético? A resposta é não. Mas embora não haja nenhuma contraindicação absoluta, normalmente não é indicado misturar retinol com outros derivados da vitamina A, como adapaleno ou tretinoína. “Não faz sentido e pode sensibilizar muito a pele”, explica ainda a nossa especialista.

retinol biomimético

E aí: que tal inserir o Sérum Uniformizador na sua rotina de skincare? Poderoso no tratamento e prevenção de manchas, olheiras pigmentares e linhas finas, a fórmula multifuncional pode ser usada na área dos olhos, rosto e corpo e age antes, durante e depois da mancha, hidratando, uniformizando não só o tom como a textura da pele e ainda devolvendo toda a sua luminosidade.

O Sérum Uniformizador combina retinol biomimético, a niacinamida 5% que reduz a pigmentação excessiva, o nanoácido tranexâmico e o alpha-arbutin, que regulam o início da produção da melanina. Já o óleo de rosa mosqueta, é um antioxidante com ação hidratante e cicatrizante.

Tem dúvidas, quer saber mais ou quer sugerir um tema? Fale com a Sallve. A gente adora trocar experiências!

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

  • Loading