Como o Sérum Uniformizador age antes, durante e depois da mancha

E isso tem a ver com o fato de no processo de melanogênese!

sérum uniformizador

O retinol da Sallve chegou! Nosso Sérum Uniformizador veio para expandir nossa família ajudando no tratamento de alguns tipos de mancha, linhas finas e até olheiras, além de hidratar e devolver a luminosidade da pele. E sabe o que é incrível? Ele atua antes, durante e depois da mancha. Ou seja, te ajuda na prevenção, na manutenção e na uniformização.

Antes de mais nada, é bacana dizer que o Sérum Uniformizador age diretamente no processo de formação da melanina, a famosa melanogênese. Mas como a melanogênese gera a mancha?

+ Como inserir o retinol biomimético na rotina de skincare?

A gente explica: quando somos expostos à radiação UV, esse processo é aumentado pela ativação de uma enzima chamada tirosinase, que vai ser responsável por oxidar o aminoácido essencial tirosina.

O passo seguinte é a formação da melanina. Esse pigmento todo se acumula em pequenas vesículas, os melanossomas, e são transportadas até os queratinócitos da superfície da pele, dando a coloração que conhecemos.

Pra entender exatamente como o nosso novo Sérum Uniformizador age, o papo fica difícil a partir daqui, mas a gente jura que tudo vai fazer sentido já já. Ah, antes de mais nada, é bacana dizer que ele tem uma ação 360º, graças a quatro ativos da fórmula: retinol, alfa-arbutin, nanoácido tranexâmico e niacinamida.

+ O que é uniformizar a pele?

"Existem várias formas de uma mancha surgir na pele. Escolhemos trabalhar com uma quantidade boa de ativos para minimizar uma quantidade ampla de manchas, como por exemplo aquela que foi causada pelo sol, aquela que você fez porque cutucou uma espinha, a mancha de um tratamento, uma queimadura causada por limão ou até mesmo da sua depilação. Há diferentes tipos de manchas, e a gente queria trabalhar da melhor forma para cobrir o máximo possível destes casos. Por isso a gente escolheu esses quatro", explica Ana Sofia, pesquisadora da nossa equipe de Pesquisa e Desenvolvimento.

Antes da mancha: retinol biomimético

O processo de pigmentação da nossa pele depende da síntese da melanina pelos melanócitos da epiderme. Logo nas primeiras etapas da melanogênese, quando somos expostos a radiação UV, um gene da proteína 53, no núcleo dos queratinócitos é ativado, levando à clivagem da proopiomelanacortina (POMC), um precursor hormonal. Ele origina alguns produtos, como a beta-endorfina e o alfa-MSH, hormônio estimulante de melanócitos (2019, Ferreira Branquinho).

Na nossa fórmula, o ingrediente retinol biomimético é responsável por regular a síntese de melanina antes da formação da mancha, diminuindo a produção de alfa-MSH, ajudando assim a suavizar manchas e reduzir regiões hiperpigmentadas. Além disso, o retinol biomimético estimula a síntese de colágeno e a renovação celular.

+ Pausar a rotina de skincare para descansar a pele: tá certo?

"Ele age no primeiro instante em que sua pele é agredida. Então por exemplo: quando você recebe o sol e está fazendo um tratamento, aquela mancha pode aparecer. O retinol biomimético vai agir junto com a agressão que você recebeu, impedindo a ação do hormônio que leva esse estímulo para o melanócito. O retinol biomimético vai romper a ação dessa célula, que é o alfa-MSH, e não vai deixar que ele se ligue ao melanócito. O retinol é o princípio. Vamos evitar que essa mancha venha muito forte, que já tenha um estímulo grande. Ele vai evitar que essa mancha apareça", afirmou nossa pesquisadora.

Durante a mancha: alfa-arbutin

Continuando! Como te contamos, durante a melanogênese, há uma ativação de uma enzima chamada tirosinase, que vai ser responsável por oxidar o aminoácido essencial tirosina.

Como isso acontece? Aquele alfa-MSH que falamos ali em cima se liga aos receptores MCR1 e ativa o principal fator de transcrição da melanogênese, o associado ao MITF (microftalmia). O MIFT ativa a transcrição da enzima tirosinase (TYR) (2019, Ferreira Branquinho).

+ Cuidados importantes ao inserir um cosmético na rotina de skincare

Devido a presença de alfa-aburtin na fórmula, o Sérum Uniformizador consegue agir na inibição da tirosinase, participando do início da formação da melanina. Ou seja, durante a formação dela.

"No durante, a gente escolheu o alfa-arbutin, que é um derivado seguro da hidroquinona. O alfa-arbutin consegue agir exatamente naquele ponto em que melanócito está sento estimulado para formar a melanina. Ele age antes desse estímulo do melanócito, que traz a melanina e muda a cor da sua pele", esclarece Ana Sofia.

Depois da mancha: ácido tranexâmico e niacinamida

Na etapa final, lembra que te falamos que o pigmento se acumula em pequenas vesículas, os melanossomas, e são transportadas até os queratinócitos da superfície da pele, dando a coloração que conhecemos?

O Sérum Uniformizador atua também na inibição da transferência da melanina para o queratinócito e atua na plasmina, substância que estimula fatores inflamatórios, que vão aumentar a produção de melanina na pele, estimulada por agressões como a exposição solar, inflamação da acne, por exemplo. Ao inibir a plasmina, conseguimos inibir o estímulo da produção de melanina e a inflamação.

E quem é o responsável por isso na fórmula? O ácido tranexâmico! Para despigmentar as manchas, ele interage com uma enzima da nossa pele. Ele bloqueia a conversão do plaminogênio (presente nas células basais epidérmicas) em plasmina, inibindo o ativador plasminogênio. O excesso de plasmina estimula uma maior produção de melanina nas camadas inferiores da pele. Eventualmente, esse excesso de melanina vai se manifestar como uma hiperpigmentação na superfície.

+ Quanto tempo temos que esperar entre a aplicação de cosméticos?

Quem também ajuda é a niacinamida 5%. Ela reduz a pigmentação em excesso, regulando a liberação da melanina dos melanócitos para os queratinócitos. Além disso também é antioxidante, calmante, hidratante, reduz a oleosidade e aumenta a síntese de colágeno. Uma verdadeira estrela!

+ A importância do hábito na rotina de skincare

"A niacinamida vai agir na mancha que já existe, enquanto todos os outros vão agir em uma mancha que pode ser formada, evitando que ela se forme. Eu já tenho uma pigmentação, já cutuquei, já tenho essa mancha da acne, ou de limão. Como faço para reverter? A niacinamida vem para diminuir a quantidade dessa melanina, para uniformizar e ajudar na produção mais saudável de melanina", completou a pesquisadora Ana Sofia.

Vale lembrar! Consultar um (a) dermatologista, é sempre a opção mais correta e saudável para cuidar da melhor forma possível da sua pele, combinado?

Artigos e estudos utilizados para este texto

Papel do metabolismo de triptofano e do interferon-y na melanogênese

Clareamento cutâneo: abordagens comprovadas na criação de produtos eficazes

Anais Brasileiros de Dermatologia

Fisiopatologia do melasma*

Signaling Pathways in Melanogenesis

Quer saber mais sobre algum assunto? Tem alguma dúvida ou sugestão? Fale com a Sallve. A gente adora trocar experiências!

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

  • Loading