Testes Clínicos do Hidratante Reparador

Antes de chegar nas suas mãos, o nosso Hidratante Reparador passou por uma série de testes em Institutos de Pesquisa Clínica. Esses são os resumos de alguns deles e os resultados:

Testes de Segurança

Testes Clínicos de Segurança

O Hidratante Reparador passou por uma série de testes clínicos que garantem a segurança do produto:

  • Oftalmologicamente testado - produto seguro para ser aplicado sobre a pele ao redor dos olhos;
  • Dermatologicamente testado - produto seguro para ser aplicado em peles normais, sensíveis e sensibilizadas;
  • Não-comedogênico e não-acnegênico - produto não provoca aumento em comedões (cravos), pústulas e pápulas (espinhas);
  • Hipoalergênico - o produto não causa irritação/sensibilização na pele
  • Não-fototóxico e não-sensibilizante - o produto não causa irritação/sensibilização na pele, mesmo na presença de radiação solar UVA.

Durante o estudo, os participantes da pesquisa foram acompanhados por uma equipe de médicos dermatologistas e oftalmologistas, entre outros técnicos e especialistas em Pesquisa Clínica.

Testes de Eficácia

Eficácia Percebida

Nesse teste, um grupo de participantes de pesquisa com pele seca, normal, mista e oleosa aplicaram o produto uma vez por dia de acordo com o nosso modo de uso durante 28 dias e, após esse período, nos contam o que perceberam do produto. Tivemos ótimos resultados:

Atributo Após 28 dias de uso*
É fácil espalhar o HR sobre a pele 97%
O HR é absorvido facilmente 74%
Pele viçosa 77%
Pele macia 74%
Pele hidratada
94%
Melhorou a textura das linhas finas e rugas
77%
Pele firme
78%
Pele luminosa e radiante
78%

*Porcentagem de pessoas que concordaram com o atributo.


As 39 pessoas de pele sensível e sensibilizada que finalizaram o estudo clínico também responderam a um questionário de eficácia percebida após usar o Hidratante Reparador durante 28 dias. Tivemos novamente ótimos resultados:

Atributo Após 7 dias de uso* Após 14 dias de uso* Após 28 dias de uso*
O HR diminuiu sensações de desconforto cutâneo logo após a aplicação 71,79% 76,92% 84,62%
O HR possui ação calmante na pele 71,79% 76,92% 84,62%
O HR deixa a pele com um toque macio/suave 82,05% 92,31% 92,31%
O HR deixa a pele mais hidratada 82,05% 92,31% 92,31%
O HR diminui a aparência de ressecamento da pele 82,05% 89,74% 89,74%
O uso diário do HR diminuiu sensações de desconforto cutâneo 74,36% 84,62% 82,05%

*Porcentagem de pessoas que concordaram com o atributo.


Teste de Hidratação

Para testar a hidratação do produto, o Hidratante Reparador foi aplicado sobre a pele dos voluntários e a hidratação foi medida com um equipamento chamado Corneometer®. Foi atestado que o produto promoveu aumento estatisticamente significativo (p<0,001) na hidratação da pele dos participantes da pesquisa após duas (aumento de 76% da hidratação cutânea), seis, doze e vinte e quatro horas após aplicação, além de tendência de aumento até 48hs horas, em relação a hidratação basal (antes da aplicação do produto).


Avaliação da Perda de Água Transepidérmica (TEWL)

A barreira cutânea impede que água “escape” livremente para o ambiente, retendo-a no estrato córneo e tornando a pele mais hidratada.
Em peles sensíveis e sensibilizadas essa barreira tende a estar mais “enfraquecida” e suscetível ao aumento de TEWL. O equipamento Tewameter® é capaz de quantificar a TEWL: quanto maior a quantidade de água “escapando” para o ambiente, mais “fragilizada” está a barreira cutânea.
Após tratamento cosmético com o Hidratante Reparador, houve diminuição de TEWL em 14 e 28 dias (estatisticamente significativa), indicando que o produto ajuda a recuperar a barreira cutânea de pessoas com pele sensível e sensibilizada.


Eficácia Clínica

O Hidratante Reparador foi também testado em protocolo de eficácia clínica, com avaliação em escala graduada, por investigador médico dermatologista. 39 pessoas com pele sensível e sensibilizada foram avaliadas durante 28 dias de uso do produto.
Observou-se que após 07, 14 e 28 dias de uso do produto investigacional, houve melhora estatisticamente significativa do aspecto da pele, descamação, maciez e eritema (vermelhidão).
Para o parâmetro efeito calmante, os participantes apresentaram melhora clínica significativa após 28 dias de uso.


Testes ex-vivo

Para estudar de forma mais aprofundada a eficácia do Hidratante Reparador no reparo da pele, realizamos o teste ex-vivo (em cultura de pele humana “descartada” durante cirurgia plástica*) com posterior dano à barreira epidérmica e mensuração de filagrina e queratina 14 por meio de imuno marcação fluorescente + semi-quantificação proteica.
Ao analisarmos os resultados, constatamos que houve aumento estatisticamente significativo tanto de filagrina quanto de queratina-14, após dano causado na barreira cutânea com Lauril Sulfato de Sódio.

*Pesquisa submetida ao Comitê de Ética em Pesquisa (CEP)


buscar

sua sacola

subtotal

Loading
Login efetuado com sucesso!