AHA: o seu guia completo para os superstars do skincare

O que são os alfa-hidroxiácidos, para que servem, e por que eles são tão incríveis para a sua pele: você descobre tudo aqui.

alfa-hidroxiácidos

Você já até deve ter cruzado com essa sigla por aí: AHA. Na verdade, ela é a versão abreviada para um nome um pouquinho mais complicado: alfa-hidroxiácidos, super queridinhos no mundo dos cosméticos e dermocosméticos.

Para quem está curioso, eles são um grupo de ácidos derivados, principalmente de plantas e frutas, que estão presentes em uma variedade de produtos para a pele. Nesse grupo, alguns são mais comuns e conhecidos, como o ácido cítrico, o ácido glicólico, o ácido láctico, ácido málico, ácido mandélico, entre outros.

A função dos AHA

Os AHA são conhecidos, primeiramente, por serem esfoliantes químicos (sem grânulos, sabe?). Eles agem diminuindo a adesão entre as células superficiais da pele, promovendo a renovação celular. E, apesar de penetrarem mais profundamente, costumam causar menos irritação, dependendo da concentração usada.

É importante ressaltar que nem todos os AHA têm o mesmo poder esfoliante. Cada um tem sua função e sua força na hora da esfoliação. É possível usar vários ácidos juntos, em baixas concentrações, que podem ser muito menos irritantes do que o ácido glicólico sozinho, por exemplo. Por isso, é importante consultar um dermatologista para entender melhor qual deles sua pele anda precisando.

Alguns artigos científicos e estudos ainda apontam que os AHAs tem várias outras propriedades, como deixar a pele mais macia, suave e com aquele viço que amamos, além de hidratar, ajudar a reduzir linhas finas e rugas, clarear manchas leves e colaborar na síntese de colágeno.

alfa-hidroxacidos

Anti-sinais

Os AHAs são conhecidos por suas propriedades anti-sinais, reduzindo marcas de expressão e linhas superficiais. Um estudo australiano relatou que nove entre dez voluntários apresentaram melhoras significativas na textura geral da pele ao usarem AHAs em um período de três semanas.

AHA ajudam na produção de colágeno

O colágeno é uma proteína fundamental para a estrutura, elasticidade e firmeza da pele, representando cerca de 70% de toda a proteína presente nela e 30% do nosso corpo.

+ BHA: seu guia completo sobre beta-hidroxiácidos

A partir dos 25 anos, nosso corpo sofre com uma queda na produção de colágeno, o que facilita o aparecimento de linhas. Os AHA ajudam nessa síntese destruindo fibras de colágeno antigas, abrindo caminho para novas.

Clareiam manchas suaves

Com a idade, podemos sofrer com o aparecimento de manchas amarronzadas, que podem ser resultado da nossa exposição ao Sol, por exemplo. Como os AHAS promovem a renovação celular, novas células, uniformemente pigmentadas, surgem na nossa pele. Assim, esses ácidos podem ajudar no clareamento de manchas leves. Porém, quando o assunto são manchas na pele, o ideal é sempre consultar o seu médico.

alfa-hidroxiacidos

Ácido glicólico: o AHA superstar

No grupo dos AHA, o ácido glicólico é realmente um superstar, com propriedades mais que reconhecidas. Inclusive, quando o assunto é acne.

+ AHAs e BHAs: a combinação que é um sucesso para pele acneica

A maior e mais conhecida função desse AHA é promover a renovação celular. Ele faz isso por meio da esfoliação e descamação da pele. Com isso, ele também estimula a produção de colágeno, proteína responsável por deixar a pele mais resistente e elástica. Como é o alfa-hidroxiácido com menor peso molecular, ele penetra mais profundamente na pele, proporcionando resultados mais rápidos e eficazes do que os outros AHAs.

Além disso, o ácido glicólico controla a oleosidade da pele, melhora sua textura e suaviza cicatrizes de acne, além de todos os benefícios de seu grupo.

tonico renovador

Não à toa, ele está na fórmula do nosso Tônico Renovador, que conta com mais dois alfa-hidroxiácidos: os ácidos lático e málico.

O ácido lático tem como particularidade seu poder de hidratação, já que ele é parte do Fator Natural de Hidratação da nossa pele (grupo de moléculas umectantes primordiais para a retenção de água na pele).

O ácido málico, por sua vez, é molécula é maior que os outros AHAs, o que diminui sua penetração na pele. Isso faz com que ele seja mais suave, sendo bom para prevenção de cravos e espinhas, e ajudando a deixar a pele iluminada e viçosa.

Além disso, o ácido málico é um umectante, capaz de reter umidade e manter a sua pele hidratada.

Nos cosméticos, muitas vezes ele também é usado devido às suas propriedades de equilíbrio de pH. E por quê? Quando os níveis de pH da pele estão em desequilíbrio, a barreira cutânea fica desestabilizada e, consequentemente, mais frágil, deixando sua cútis mais seca, propensa a irritações e erupções. Diferente de outros AHAs, ele tem uma excelente capacidade de manter o pH equilibrado por mais tempo, por apresentar um comportamento de tampão.

Em dúvida sobre inserí-los na rotina? Consulte nosso guia dedicado ao assunto, com a Dra. Monalisa Nunes.

Vale lembrar: consulte sempre um dermatologista!

Alguns estudos e referências usados para este texto

Hydroxy Acids, the Most Widely Used Anti-aging Agents

Applications of hydroxy acids: classification, mechanisms, and photoactivity

Cosmetic and dermatologic use of alpha hydroxy acids

Alpha Hydroxy Acids

Alfa-hidroxiácidos: aplicações cosméticas e dermatológicas

AHA - a ação dos alfa-hidroxiácidos no envelhecimento cutâneo

Uso dos AHAs em formulações cosméticas

An antiaging skin care system containing alpha hydroxy acids

Tem alguma dica, dúvida ou sugestão? Fale com a Sallve. A gente adora trocar experiências!

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

  • Loading