Retinol biomimético: quais os benefícios para pele?

Ele é extraído de uma planta e tem benefícios similares ao retinol tradicional

Você já deve ter ouvido falar em retinol, um derivado da vitamina A. Afinal, ele está entre os ativos mais prescritos dermatologicamente no tratamento de diversas doenças cutâneas, além de estimular a produção de colágeno e promover a renovação celular. Um superstar real! Mas será que você já ouviu falar em retinol biomimético, uma das estrelas da fórmula do nosso Sérum Uniformizador?

+ Como o Sérum Uniformizador age antes, durante e depois da mancha

retinol biomimético

Vamos lá! O retinol tradicional pode ser sensibilizante para algumas peles, causando irritação, vermelhidão ou descamação. Além disso, é um ingrediente que pode ser instável, o que é um desafio em algumas formulações.

+ O que é uniformizar a pele?

O retinol biomimético (ou ‘retinol-like’) é muito parecido com o retinol original em suas propriedades, mas sem efeitos que podem ser sensibilizantes para algumas peles. Ele também apresenta alta estabilidade à fotodegradação e oxidação. Incrível, né?

Retinol biomimético: a origem

O ativo vem de uma fonte natural, podendo ser extraído de algumas plantas conhecidas, como a Bidens Pilosa. A planta é originária da América do Sul e está presente em quase todo o território brasileiro, conhecida pelos nomes de picão, picão-preto, picão-campo, pico-pico, erva-picão, entre outros.

O Picão-preto é um velho conhecido da medicina fitoterápica e popular por suas propriedades anti-inflamatórias, diuréticas, antirreumáticas e antidiabéticas. Tá, mas e na pele? Como o extrato dessa planta pode atuar como retinol-like?

Como funciona?

O assunto aqui fica um pouquinho mais complicado, mas a gente jura que tudo fará sentido em breve. Os retinoides exercem seus efeitos por meio da ligação à receptores nucleares conhecidos como RARs (Retinoic Acid Receptors) e RXRs (Retinoids X Receptors).

+ Alfa-arbutin e sua capacidade de ajudar a suavizar manchas

Depois que atravessam a membrana celular, eles se ligam a proteínas livres no citoplasma celular. Já no interior do núcleo da célula, os retinoides se ligam aos receptores RAR ou RXR, formando um complexo que tem a capacidade de se conectar a regiões específicas do DNA, conhecidas como RARE (Responsive Element Retinoic Acid).

+ Como inserir o retinol biomimético na rotina de skincare?

E justamente aí que as atividades relacionadas à ação dos retinoides começam, como proliferação de fibroblastos, estímulo da produção do colágeno, elastina e glicosaminoglicanas, componentes essenciais da matriz extracelular.

Voltando ao picão-preto! A composição da Bidens pilosa é caracterizada pela presença de flavonoides, terpenos, compostos fenilpropanoides, lipídeos e benzenóides. Dentro desses compostos, está o fitol, diterperno, presente como parte do pigmento da clorofila, que quando metabolizado, é oxidado em ácido fitânico (também presente no picão-preto), que é capaz de se ligar aos receptores RXR, ativando-os tais como os retinoides e seus derivados. Além disso, estimula também a atividade transcricional do RAR18, atuando como um: retinol-like!

Benefícios do retinol biomimético

Assim como o retinol clássico, o retinol biomimético é muito eficaz em ações como:

  • Efeito calmante, ajudando a combater inflamações.
  • Atividade reguladora de oleosidade, ajudando também que sofre com a acne.
  • Ajuda a suavizar manchas, pois atua reduzindo produção de melanina, diminui a produção de alfa-MSH e também reduz regiões hiperpigmentadas.
  • Por fim, mas não menos importante, ainda apresenta atividade reguladora da barreira cutânea, responsável por proteger a nossa pele.
retinol biomimético

Que tal inserir o Sérum Uniformizador na sua rotina de skincare? Poderoso no tratamento e prevenção de manchas, olheiras pigmentares e linhas finas, a fórmula multifuncional pode ser usada na área dos olhos, rosto e corpo e age antes, durante e depois da mancha, hidratando, uniformizando não só o tom como a textura da pele e ainda devolvendo toda a sua luminosidade.

O Sérum Uniformizador combina retinol biomimético, a niacinamida 5% que reduz a pigmentação excessiva, o nanoácido tranexâmico e o alfa-arbutin, que regulam o início da produção da melanina. Já o óleo de rosa mosqueta, é um antioxidante com ação hidratante e cicatrizante.

Vale lembrar! Consultar um (a) dermatologista, é sempre a opção mais correta e saudável para cuidar da melhor forma possível da sua pele, combinado?

Quer saber mais sobre algum assunto? Tem alguma dúvida ou sugestão? Fale com a Sallve. A gente adora trocar experiências!

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

subtotal

Loading
Login efetuado com sucesso!