Qual é a ordem certa de aplicação de cosméticos na rotina de skincare?

ordem certa do skincare

São muitas as dúvidas quando o assunto é cuidado com a pele: como descobrir seu tipo? Por que é tão importante usar um limpador específico para o rosto? Mas com todos os seus cosméticos em mãos vem outro passo importantíssimo para organizar e tirar o máximo de proveito da sua rotina: qual é a ordem certa do seu skincare?

O assunto rende discussões acaloradas na internet. Basta dar um Google bem rapidinho nele e você vai ver tabelinhas atrás de tabelinhas - e muitas delas desencontradas. Afinal, o que vem primeiro? O que entra por último?

Apesar de tantas explicações aprofundadas, a melhor forma de entender a ordem que você deve seguir é encará-la de forma simples e objetiva. Dessa forma fica bem fácil: comece da textura mais leve para a mais pesada / densa, terminando, invariavelmente, com o protetor solar. "Essa regrinha está mais associada ao sensorial mesmo", explica Renata Ribon de Melo, do nosso time de pesquisa e desenvolvimento. "Uma textura mais levinha é absorvida mais rápido, e isso vai facilitando a aplicação dos produtos seguintes".

+ As diversas formas de usar todos os produtos da Sallve

Ordem do skincare: como assim da textura mais leve para a mais pesada?

Para gravar a ordem do skincare: líquido, sérum, gel, loção cremosa / creme. Começando sempre pela limpeza da pele e terminando com a proteção dos raios solares.

Ou seja, traduzindo em produtos: limpador, tônico, sérum, creme para os olhos, tratamentos localizados, hidratante, óleo (se você usa). E finalmente, protetor solar.

+ Qual é a ordem de uso de todos os produtos da Sallve?

O óleo é um capítulo à parte: ele é sempre o último passo antes do filtro solar

"Pense no óleo como um selador de tudo o que você fez na sua pele antes, um finalizador mesmo. Como ele é mais oclusivo, tudo o que você passar depois dele não vai penetrar na sua pele, comprometendo seu efeito. Por exemplo, se você passar o óleo antes de um creme para os olhos, sua pele não vai absorver quase nada. Isso, porém, não se aplica ao filtro solar.", explica nossa Julia Petit.

"Essa selagem do óleo acontece porque ele não evapora", complementa Renata Ribon de Melo. "Com isso, temos essa sensação de selagem. Parte é absorvida, mas o sensorial dele fica mais fácil de sentir na pele do que um sérum bem sequinho, por exemplo".

+ Como os produtos da Sallve ajudam a manter a barreira cutânea da sua pele íntegra

"Se você vai usar óleo, ele vai entrar sempre por último na sua rotina do skincare, antes do protetor solar", segue ensinando Julia, dando a dica: "Ao mesmo tempo, se você vai usar naquele dia um creme hidratante pesado, deixe o óleo para outro dia. Ou você corre o risco de ser redundante - a não ser que seu óleo seja bem levinho".

E por que o filtro solar entra por último?

É facil de explicar. "O fator de proteção do protetor está muito ligado à formação do filme dele na pele. E não só a composição de filtros de fato, é um conjunto. O protetor não é absorvido, ou seja, ele deve ficar por ultimo pra nada que vem depois atrapalhe / desfaça essa formação do filme e prejudique a proteção", explica Renata.

Gravadinho? Agora mãos a obra! Ops! Ao rosto!

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

  • Loading