Ácido glicólico: o que é, para que serve e quais os benefícios

Já adiantamos: promove uma esfoliação mais agressiva e pode fazer maravilhas pela pele!

Conheça o seu novo melhor amigo: prazer, ácido glicólico! Pode parecer exagero já ir apresentando um ingrediente dessa forma, mas ele já é íntimo e é um verdadeiro astro no mundo dos dermocosméticos. Ah, se você não lembra (ou não viu), nós já até falamos um pouco sobre as vantagens que ele traz para a pele acneica. Sim, isso mesmo, ele é aliado na luta contra cravos e espinhas!

A gente já adianta que não há motivos para se assustar só porque você leu o nome ácido ali em cima. As vantagens são tantas, que até o final desse texto você já vai ter entendido perfeitamente o motivo dele ser tão bem falado por aí e, inclusive, usado em consultórios de dermatologistas para fazer peeling. Mas vamos lá...

Crédito: Pexels

O que é?

O ácido glicólico faz parte da família dos alfa-hidroxiácidos, conhecidos também como AHAs, e é encontrado na cana-de-açúcar. Dentro da família, que também abriga o ácido lático, é o que tem menor peso molecular, permitindo que penetre mais profundamente na pele, proporcionando resultados mais rápidos e eficazes do que os outros AHAs.

O que faz?

A maior e mais conhecida função desse alfa-hidroxiácido é promover a renovação celular. Ele faz isso por meio da esfoliação e descamação da pele. Com isso, ele também estimula a produção de colágeno, proteína responsável por deixar a pele mais resistente e elástica.

Crédito: Design by Freepik

Quais os benefícios?

 

 

    • Minimiza linhas de expressão: como estimula a produção de colágeno e elastina, ajuda a reduzir a aparência das marcas causadas pelo envelhecimento.

 

    • Clareia manchas: ao proporcionar a renovação celular, acelera a eliminação do excesso de pigmento na pele, como o causado pelo melasma, por exemplo. Com isso, há um clareamento uniforme das manchas onde o ácido foi aplicado.

 

    • Controla a oleosidade: como já falamos, por conta de seu baixo peso molecular, o ácido glicólico penetra a pele rapidamente e ajuda a manter os poros livres do sebo excessivo. Assim, previne o aparecimento de cravos e espinhas, controlando a oleosidade.

 

    • Adeus, cicatrizes deixadas pela acne: para quem tem pele acneica, as cicatrizes podem ser um pesadelo. Como esfolia profundamente a pele, o composto promove a renovação celular e minimiza bastante a aparência de cicatrizes deixadas pelas inflamações causadas pela acne.

 

    • Melhora a textura da pele: sim, o ácido glicólico devolve aquele viço saudável para a sua pele. Ele minimiza a aparência de poros dilatados e melhora a textura da pele.

 

Crédito: Pexels

Tem contraindicação?

Costuma ser bem aceito por todos os tipos de pele, porém, quem tem pele sensível deve ter cuidado com a concentração do ingrediente, pois pode causar vermelhidão e ardência se a dose for alta demais. Nos cosméticos, é comum e seguro encontrar concentrações de 6% a 10%.

Além disso, durante o tratamento com ácido glicólico, é importantíssimo passar sempre e to-dos os dias filtro solar, porque sua pele pode estar mais sensível à luz solar.

Um outro ponto é que, em altas concentrações, pode ser prejudicial para a pele negra, já que pode causar um efeito rebote na hiperpigmentação e causar manchas. Em baixas concentrações, costuma ser seguro e recomendado.

Vale lembrar… consultar um (a) dermatologista é sempre a opção mais correta e saudável para cuidar da melhor forma possível da sua pele, combinado? ;)

Algumas referências e estudos usados para este texto

Crédito: Giphy

Glycolic acid peel therapy – a current review

What is glycolic acid and why should I be using it?

Retinoic acid and glycolic acid combination in the treatment of acne scars

Comparative Study for the Treatment of Melasma

Glycolic Acid – FDA

Cosmetic and dermatologic use of alpha hydroxy acids

Uso de peeling de ácido glicólico no tratamento da pele fotodanificada

Atuação do Ácido Glicólico no Envelhecimento Cutâneo

Glycolic Acid - Paula's Choice

Chemical Peels in Dark Skin

Why This On-Trend Ingredient Could Spell Bad News For Dark Skin Tones

Tem alguma dica, dúvida ou sugestão? Fale com a Sallve! A gente adora trocar experiências!

 

vamos conversar?