Perguntas e Respostas

Tem ingredientes de origem animal?

Não! nenhum produto da Sallve tem quaisquer tipos de ingredientes de origem animal.

É testado em animais?

Não! Nem nossos produtos, nem os ingredientes que usamos são testados em animais. É por isso que somos certificados pela PETA, maior ONG do mundo dedicada a proteção dos animais.

A embalagem é reciclável?

Sim, todas as nossas embalagens são recicláveis - até o celofane presente nas caixas é 100% biodegradável.

Gestantes e lactantes podem usar?

Nossas escolhas seguras garantiram que não houvesse nenhum tipo de contraindicação para gestantes/lactantes. Mas a gente sempre recomenda que você consulte seu médico antes de usar o produto, tá bem?

O que são os "Proibidões da Sallve"?

Consultamos fontes científicas e órgãos nacionais e internacionais, para trazer pra você uma curadoria inédita em fórmulas seguras - excluímos dela todo ingrediente que acreditamos que possa oferecer riscos. Um política só nossa, que combina ingredientes já proibidos em cosméticos no Brasil, alguns proibidos internacionalmente ou com indícios científicos fortes de que causa algum dano a saúde, além daqueles que são considerados controversos. Assim, nossa política nos ajuda a construir fórmulas eficazes e seguras.

Aqui, a regra é simples: se pode oferecer risco à saúde, a gente não usa. E, toda vez que encontrarmos uma opção mais segura para o meio ambiente, esta será nossa escolha. Bom para as pessoas sim, para o planeta também.

O que é BHT e porque está na lista de “proibidões da Sallve”?

No caso do BHT, nossa decisão por não utilizar foi baseada em nossa política de segurança.  BHT é a sigla para a substância Butylhydroxytoluene, comumente usada para previnir a oxidação da fórmula em cosméticos e alimentos - e liberada no Brasil em uma concentração limitada. 

Por ser um ingrediente controverso e já muito utilizado, o que escolhemos por aqui foi buscar novas alternativas ao uso do BHT, para não aumentar a concentração do ingrediente na rotina.

Desde o início, o BHT não fazia parte de nossa fórmula, embora estivesse listado na composição do nosso Antioxidante Hidratante. O que acontece é que um dos fornecedores de matéria-prima do nosso cosmético sinalizou uma possível contaminação cruzada deste ingrediente com a matéria-prima que nós usamos.

Um exemplo fácil de entender: sabe quando você lê em uma embalagem de alimento que “pode conter traços de nozes”? Muitas vezes não é o caso, mas como a fábrica que produz o alimento em questão trabalha com nozes para a produção de outro alimento, a contaminação pode acontecer. É uma questão de segurança e de cuidado com quem tem alguma alergia.

Por que não colocamos “pode conter” na embalagem, então? Foi um erro nosso, deveríamos sim ter citado o ingrediente como “pode conter”. Mas acabamos incluindo na lista de ingredientes sem nenhuma menção, e em momento algum pensamos em esconder a informação. Na fórmula atual, o BHT não aparece mais na lista de ingredientes.

A formulação do Antioxidante Hidratante foi atualizada?

No ajuste que fizemos na nossa fórmula, alteramos o processo de produção da nossa nanopartícula, evitando a possível contaminação cruzada com ingredientes controversos (como o BHT) e ajustando sua estrutura sem comprometer sua eficácia; substituímos o ácido palmítico por uma outra substância ainda mais moderna, derivada da oliva (cetearyl olivate); revisamos a concentração de um agente exclusivamente sensorial (o amido), o que reduz a possibilidade de esfarelamento; e, o acetato de tocoferol, antes duplicado (na nanopartícula e na fórmula), agora segue como acetato de tocoferol na nanopartícula e aparece como tocoferol na fórmula.

A eficácia da fórmula segue exatamente a mesma. O que você tem em mãos hoje é um produto que com alta ação antioxidante comprovada, com uma fórmula que combina Nano Vitamina C a 10%, Vitamina E, Resveratrol, Cafeína, Niacinamida e Ácido Hialurônico. O produto passou por todos os testes de eficácia e segurança obrigatórios que comprovam sua ação antioxidante, hidratante e demais benefícios: melhora de textura da pele, poros minimizados, uniformiza o tom, entre outros.

Os produtos da Sallve são regularizados na ANVISA?

Sim, todos os produtos da Sallve são devidamente regularizados segundo a legislação vigente da ANVISA. Os três produtos que lançamos até agora são considerados ISENTOS DE REGISTRO (o que significa que devem ser apenas notificados) - e passaram por todos os passos obrigatórios que a categoria exige, seja qual for a classificação. 

Ou seja: nossa classificação inicial não nos isentou da obrigatoriedade de passar por todos os testes de segurança e eficácia que um produto requer para ser comercializado, passando também por uma notificação prévia no site do órgão. 

Os produtos passam por testes de segurança e eficácia?

Sim, todos os produtos da Sallve são submetidos a testes de segurança e eficácia que garantem seu uso seguro e que eles entregam o que se propõe. Os testes são realizados em institutos regularizados pela legislação vigente da ANVISA.