Melasma no inverno: não esqueça o filtro solar!

Pode ser mais frio, mas a radiação UV segue aqui, ok?

O outono foi embora e o inverno chegou por aqui. Há quem goste, há quem já esteja com saudade do verão. Porém, é nessa estação, que muita gente deixa pra lá um cuidado básico e essencial para a nossa pele: a aplicação de filtro solar. Atentos: a incidência solar é menor, mas a radiação UV ainda está por aqui, ok? Nada de deixar cair no esquecimento!

Crédito: Pexels

Se essa “economia” de filtro solar é ruim para todo mundo, é ainda mais prejudicial para quem tem melasma, doença crônica que causa hiperpigmentação em áreas da pele expostas ao sol. A falta de filtro solar é justamente um dos maiores motivos para que o quadro de algumas pessoas aparente “piorar” no inverno, colaborando com o aparecimento de manchas amarronzadas.

“Costumamos ter a falsa impressão de que estamos protegidos da radiação UV em dias frios ou nublados. Isso não é verdade. A intensidade da radiação UV pode até diminuir no inverno, porém ainda está presente. Por isso, o uso do filtro solar se torna indispensável em qualquer época do ano”, explica a Dra. Cecília Studart, dermatologista do Grupo Paula Bellotti e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Vale lembrar, que a SBD ainda ressalta que a quantidade de filtro solar aplicado também influencia na sua proteção e recomenda uma colher de chá para rosto, cabeça e pescoço. 

Crédito: Pexels

Melasma: o inverno é melhor para tratar?

Se por um lado o melasma aparente piorar no inverno, é justamente nessa época que é um dos melhores momento para tratá-lo. “A nossa pele fica mais sensível após tratamentos com clareadores, peelings e lasers. E a exposição solar pode piorar essa sensibilidade e até mesmo fazer o efeito contrário ao desejado. No inverno, tanto a exposição solar quanto a radiação UV diminuem, por isso é considerada a melhor época do ano para o tratamento”, explica a Dra. Cecília.

Apesar de dizermos que é a melhor época para cuidar, é bom ressaltar que a resposta ao tratamento, porém, tem pouca relação com a estação do ano. Tem "maior relação com a rotina de tratamento. Para que tenhamos sucesso no tratamento do melasma é preciso consistência”, alerta a especialista.

“Os cuidados devem ser os mesmos em qualquer estação do ano. O tratamento não deve ser deixado de lado porque estamos no verão, às vezes, é necessário ajustar as medicações tópicas. A atenção deve ser redobrada! O uso do filtro solar é indispensável e, de maneira geral, deve ser reaplicado a cada duas a três horas. A proteção mecânica (uso de roupas, chapéu, guarda-sol) contribui para a fotoproteção. Além disso, evitar exposição solar nos horários de maior índice UV, entre 10 e 15h”, completa.

Não se esqueça... consultar um dermatologista é sempre a opção mais correta e saudável para cuidar da melhor forma possível da sua pele! ;)

Tem alguma dica, dúvida ou sugestão? Fale com a Sallve. A gente adora trocar experiências!

vamos conversar?

buscar

sua sacola

  • Loading