A importância de se usar um limpador específico para o rosto

Quer entrar para o mundo do skincare? O primeiro passo é entender a importância de uma limpeza bem feita e adequada. Aqui a gente te explica por que o sabonete corporal não é para ser usado no rosto.

Foto: Hisu Lee/ Unsplash

Antigamente era de praxe: na hora do banho, o sabonete que a gente passava no corpo era o mesmo que usávamos para lavar o rosto debaixo do chuveiro. Com o tempo, fomos aprendendo que usar um produto específico para a região facial era importante e hoje é impossível voltar atrás: você já experimentou, na correria (ou falta de um produto específico à mão), passar seu sabonete corporal no rosto? Se você por acaso sentiu a pele repuxando um pouco logo em seguida, já sabe: a prática é pouco recomendada.

Para quem quer ingressar no universo do skincare e começar a cuidar melhor da sua pele, entender o processo e a importância da etapa da limpeza da pele é essencial: este é, literalmente, o primeiro passo.

Dentro desta etapa, o limpador facial é peça-chave. E aqui nós listamos cinco motivos pelos quais você deve ter um produto específico para a região do rosto:

1- Cada região tem sua característica

A pele é o maior órgão do corpo humano, e cada uma de suas regiões tem sua característica própria: seca, normal, oleosa, sensível. Repare em si mesmo: é muito comum ter a região das pernas, cotovelos ou pés mais secos e o rosto oleoso. Sendo assim, é elementar: os cuidados que cada uma destas partes requer é específico. 

2- A pele do rosto é mais sensível do que a do resto do corpo (cuidado com o efeito rebote!)

Nós podemos lutar contra a oleosidade da nossa pele ad infinitum, mas como já explicamos por aqui, óleo não é sinal de sujeira nem é vilão: ele é uma substância natural que nosso organismo produz para proteger a pele de agressões externas (luz solar, luz azul, poluição...). Ninguém precisa (nem deve!) eliminá-lo totalmente: "O que você precisa fazer é reequilibrar, para que o óleo seja produzido na quantidade certa para o seu tipo específico de pele, sem ressecá-la", já nos ensinou Julia Petit.

Esse cuidado específico só quem pode te garantir é um limpador específico para a região do rosto. Usar um sabonete corporal, que tem a função de limpar de forma mais agressiva o corpo de toda a sujeira que se acumula ao longo do dia pode acabar te deixando com o temido efeito rebote, além de danificar toda a barreira cutânea da sua pele, podendo ocasionar uma crise de acne ou irritações, ao remover substâncias que são nutritivas e hidratantes.

3- O pH da pele 

Lembra daquele bate-papo com o Carlos Praes, sobre a compatibilidade na rotina de skincare? Nele, Carlos falou sobre a importância de se equilibrar o pH da pele e dos produtos, levando sempre em conta seu tipo de pele e a sequência de cosméticos que você vai usar.

É essencial manter o pH da sua pele equilibrado: em escalas normais, é ele que vai proteger sua pele da proliferação de bactérias, fungos e agressões externas.

O pH dos produtos para o rosto é geralmente menor do que os produtos para o corpo, já que esse índice também varia na nossa pele, dependendo da parte do nosso corpo. Ou seja: cada um com seu produto!

4- O sabonete errado pode entupir os poros do seu rosto

Ao não optar por fórmulas específicas para seu rosto, para as necessidades de sua pele, usar um sabonete corporal nesta região pode entupir os poros, causando espinhas, cravos e inflamações. 

5- Pele preparada = mais eficácia de todos os ativos que vêm em seguida!

A pele do rosto limpa da maneira correta, com um produto específico para ela, que não altera seu pH ou barreira cutânea, é passo essencial para que tudo o que você vai fazer em seguida funcione. Aquele tônico, esfoliante, sérum, hidratante, antioxidante com boost de vitamina C... Se você preparar sua pele e desobstruí-la da maneira correta, sem agressão, o sucesso vem mais fácil!

vamos conversar?