Por que precisamos limpar a pele do rosto?

Muita coisa se acumula diariamente na nossa amada cútis e limpá-la é essencial

Você já parou para pensar? Maquiagem, sujeira, poluição, células mortas... É um bom tanto de coisas que vai se acumulando na sua pele durante o dia e, se você não fizer uma boa limpeza, ela acaba entrando em desequilíbrio e não tendo mais aquela aparência tão saudável.

E é exatamente por isso que não é nada exagerado dizer que limpar a pele é um dos passos mais importante da sua rotina de skincare. Fazer isso todos os dias é essencial para mantê-la saudável e até para garantir que sua rotina de beleza tenha uma melhor eficácia. É isso mesmo! Uma pele limpa permite uma maior penetração dos ativos cosméticos, fazendo com que o tratamento tenha resultados mais satisfatórios.

Crédito: Pexels

“Moramos em um país tropical e 80% da população brasileira possui pele mista e oleosa. Existe, pelo calor, uma hiperprodução de sebo. Além disso, fatores externos como a exposição ao calor, alimentação, estresse e agentes poluentes acabam ‘sujando’ muito mais a nossa pele, proporcionando a obstrução dos poros e fazendo com que ela também apresente um quadro que chamamos de erupção acneiforme. Por isso, a limpeza diária da pele é fundamental, para remover todas estas sujeiras acumuladas durante o dia e evitar problemas como acne, cravos, excesso de oleosidade e poros obstruídos”, explica a Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

Como fazer?

O ideal é fazer uma higienização da pele até duas vezes por dia, de manhã e à noite. Se você tem a pele oleosa, saiba que não adianta nada lavar o rosto muitas vezes por dia. Pelo contrário, isso pode até causar um efeito rebote na oleosidade.

A Dra. Claudia Marçal indica que, no caso de peles muito oleosas, o rosto pode ser limpo até 3 vezes ao dia. “A pele deve ser lavada com água morna para fria. O melhor é evitar água quente. Para quem possui rosácea, processos inflamatórios, pele hiper-reativa, dermatite atópica e, mesmo para quem possui pele oleosa, a água quente acaba causando uma vasodilatação das glândulas”, afirmou a dermatologista.

Crédito: Pexels

A pele deve ser lavada em movimentos circulares, com as pontas dos dedos, massageando bem todas as áreas. Principalmente, a região da zona T, que é a região mais oleosa. A especialista ainda indica o uso da água termal, para que haja o retorno do PH natural e a remineralizarão da pele, acalmando, ajudando na cicatrização e no equilíbrio da flora e da microbiota local.

O que é melhor?

Vale lembrar que cada tipo de pele tem suas particularidades, portanto, os produtos escolhidos devem ser os que são melhores para as suas necessidades individuais. Consultar um dermatologista é uma ótima opção para saber melhor o que você anda precisando!

Responsáveis pela limpeza, controle da oleosidade e retirada das nanopartículas de poluentes, sabonetes devem ter pH próximo ao da pele e, de preferência, apresentarem na formulação extratos puros naturais em alta concentração.

Já sabonetes para controle de oleosidade ou acne, por exemplo, podem tem extratos anti-inflamatórios ou ativos adstringentes, como Hamamélis, Camomila, Hortelã-pimenta, Ácido Salicílico, Peróxido de Benzoíla, entre outros.

Crédito: Pexels

Peles mais sensíveis, maduras ou secas podem reagir melhor a loções de limpeza, mousses ou leites sem saponáceos. “Para realizar a higiene diária sem retirar o manto lipídico protetor e apenas remover impurezas”, ressalta ainda a Dra. Claudia Marçal.

Quais os principais erros?

Segundo a especialista, usar produtos inadequados para o seu tipo de pele. Se você tem uma pele seca, que descama, ou até que tem acne inflamatória, por exemplo, é furada usar produtos de limpeza que sejam ricos em substâncias adstringentes. Afinal, o seu quadro pode acabar piorando.

“Além disso, muitas vezes, o fato de se fazer uma pressão maior, como se fosse o esfregar e não o massagear da pele, também pode provocar o surgimento de acne ou mesmo a sensação de repuxamento, o que pode levar a desidratação, flacidez e formação de rugas finas”, completou a Dra. Claudia. Por isso, pessoal, suavidade na hora de limpar seus lindos poros!

Vale lembrar! Consultar um (a) dermatologista é sempre a opção mais correta e saudável para cuidar da melhor forma possível da sua pele! ;)

Tem alguma dica, dúvida ou sugestão? Fale com a Sallve. A gente adora trocar experiências!

 

vamos conversar?

Pesquise no nosso site

Carrinho

Seu carrinho está vazio no momento.

Loading