O que é uma bruma, como usar e quais são seus benefícios

Já ouviu falar em Brumas mas não sabe o que são, para que servem nem como usar? Você está no lugar certo: aqui a gente te explica tudinho!

A bruma é uma daquelas delicinhas do cuidado com a pele. Refrescante e de rápida absorção, ela pode ser usadas várias vezes ao dia, para diversas funções. Se você já ouviu falar mas sempre teve dúvidas sobre o que é uma bruma, para que ela serve, e como usar, pronto: montamos esse guia aqui para você - e também para te ajudar entre as nossas duas novas Brumas, a Reequilibrante e a Calmante.

O que é uma bruma?

Uma bruma pode ser, em sua definição mais clássica de dicionário, um nevoeiro ou numa "nebulosidade causada por gotículas de água que ficam suspensas e diminuem a visibilidade". Ao mesmo tempo, especialmente para quem mora em lugares quentes, uma bruma traz aquela bem-vinda refrescância para a sua pele. É a bruma da beira-mar, que até o cheiro já refresca.

Essa é justamente a ideia de uma bruma quando falamos do cosmético de mesmo nome. "Uma bruma é uma composição de ativos leves e suaves, usada através de uma válvula que pode ser borrifada sobre a pele limpa", explica Fabiana Souza, do time de pesquisa e desenvolvimento da Sallve. "Essas pequenas gotículas irão formar uma camada fina que irá recobrir toda a superfície da pele, sendo absorvida rapidamente. Além da sua função principal, uma bruma também pode oferecer uma sensação de refrescância assim que aplicada.

Para que serve a bruma?

Há diversos tipos de brumas, com ativos que vão agir das mais diferentes formas. A função da bruma é entregá-los para a pele de forma leve e refrescante, com absorção rápida.

Nossa família de produtos conta com duas Brumas: a Bruma Calmante e a Bruma Reequilibrante. São duas fórmulas de ações distintas que não pesam nem ficam pegajosas.

brumas

A Bruma Calmante hidrata e alivia a pele de sensações de desconforto, e é perfeita para peles sensíveis ou sensibilizadas, agindo imediatamente sobre a pele para diminuir suas reações. Sua composição reúne quatro ativos calmantes e anti-inflamatórios bisabolol, aloe vera, alantoína e pimenta da Tasmânia.

Mas pera: pimenta para acalmar a pele? Isso mesmo! A pimenta da Tasmânia atual diretamente sobre um receptor neural de desconforto da pele, reduzindo a vermelhidão e o incômodo. "Ela também pode ser usada para auxiliar no combate aos efeitos da rosácea", explica Fabiana.

Já a Bruma Reequilibrante ajuda a controlar a oleosidade da pele, e é incrível ainda para ajudar a evitar a maskne, já que equilibra também a microbiota da pele, ajudando também na prevenção da acne. Sua ação não é apenas instantânea: a longo prazo, a Bruma Reequilibrante também auxilia no tratamento da acne.

Sua fórmula conta com niacinamida (que controla a oleosidade, hidrata e auxilia na uniformização de manchas), melaleuca (com ação antimicrobiana e anti-inflamatória, regulando o microbioma), ácido salicílico (BHA que penetra nos poros retirando o excesso de óleo e reduzindo assim cravos e espinhas) e extrato de salgueiro branco (que atua diretamente no controle da oleosidade).

Quando usar?

A bruma é um daqueles cosméticos bem versáteis, que podem ser usados para diversos fins e momentos (como o Leite Micelar, lembra?), várias vezes ao dia, se você quiser. Pode ser na sua rotina de skincare (entre quaisquer etapas), antes ou depois da maquiagem para fixar, ou durante o dia para refrescar, acalmar ou controlar a oleosidade.

Nossa ruiva Julia Petit dá alguns exemplos: ela usa a Bruma Calmante entre as etapas de limpeza e tratamento da sua rotina de skincare, para umedecer a esponja quando vai fazer base, quando termina de passar a maquiagem e durante o dia, em casa, borrifando sobre a pele, especialmente quando está com a rosácea mais atacada, "para dar aquela resfrescada, ajudar a diminuir a temperatura do rosto e reduzir e vermelhidão mais rápido": "A Bruma Calmante é uma companheira que fica comigo o tempo todo", ela conta.

A Bruma Reequilibrante pode ser usada da mesma forma, nos mesmos momentos, mas para ajudar a controlar a oleosidade: "Além de controlar a oleosidade a longo prazo, ela também tem micropartículas que controlam a oleosidade ao longo do dia, então gosto de usar ela em épocas mais quentes, em que a pele está mais oleosa, para absorver um pouco essa oleosidade durante o dia. Se sinto que a pele está um pouco fora de controle e quero dar uma matificada bem de leve e uma controladinha na oleosidade da pele, borrifo ela por cima de tudo mesmo", conta.

"Bruma é algo que uso muito, o tempo todo", segue Julia. "Lava o rosto, passa a bruma. Tira a máscara facial de tratamento, passa a bruma. Ela fica comigo o tempo todo. Até entre retoques de maquiagem, quando você passa muito tempo maquiada, para refrescar ou renovar. As duas Brumas servem para isso".

Fabiana dá ainda mais uma dica: "Você também pode usar a Bruma no corpo. Pelo fato de ser em spray, sua aplicação nas costas é bem fácil", sugere. Pensou em acne nas costas e Bruma Reequilibrante? Pronto! Você também pode usá-la logo antes/depois de colocar a máscara, para evitar a maskne.

Como usar?

É bem simples: agite bem e, com os olhos fechados, borrife a quantidade necessária para cobrir o rosto. Não precisa remover nem enxaguar. Para seguir com o próximo passo, se for o caso, espera a bruma secar sobre a pele. Ah, e você pode usar as Brumas todos os dias, quantas vezes quiser.

E aí: que tal inserir a Bruma Calmante e a Bruma Reequilibrante na sua jornada da pele?

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

subtotal

Loading
Login efetuado com sucesso!