Dicas para montar sua rotina de cuidados com a pele

Está começando a cuidar da pele e não sabe como montar uma rotina de cuidados para ela? Aqui tem tudo o que você precisa saber!

Finalmente, aquele dia chegou: depois de muito tempo, você quer começar a montar uma rotina de cuidados com a sua pele. Mas com tanta informação e produtos disponíveis, por onde começar a organizar uma rotina de skincare? Acredite, é bem mais simples do que você imagina - na verdade, o ideal é começar pelo simples, sabia?

Aqui reunimos algumas dicas para você começar a cuidar da sua pele. Dos três pilares essenciais de qualquer rotina ao olhar mais ampliado sobre nosso corpo e o conteúdo que a gente consome, tudo afeta como a gente vai cuidar da nossa pele e começar esse diálogo incrível para a vida toda.

Vamos lá?

Comece pelo básico

Você pode ter visto aquelas shelfies recheadas de produtos nas redes sociais, ou dicas de muitos passos para alcançar a "pele perfeita", mas ao montar uma rotina de skincare para você, o primeiro passo é conhecer e fazer o básico: limpar, hidratar e proteger.

Quando você tem esses três pilares dominados, sua pele está saudável e pronta para receber mais cuidados, como uma limpeza em mais passos, ou ainda uma etapa de tratamento. É aí que vão entrar os séruns, por exemplo. Mas, de novo, antes de mais, nada, olha que simples: lave o rosto, hidrate sua pele e passe protetor solar.

+ Lavar o rosto: 7 erros comuns que você pode cometer e como evitá-los

"Limpar, hidratar e proteger é o meu mantra", brinca Dra. Monalisa Nunesdermatologista consultora da Sallve. "O mais importante em uma rotina de skincare é realmente manter a pele saudável, e sem esses três passos é mais difícil que a pele mantenha seu equilíbrio", afirma. "Antes de fazer um tratamento mais focado em uma queixa específica, como acnemanchasenvelhecimentotextura ou cravos, por exemplo, e usar algum produto direcionado para essas queixas, é fundamental que essa base de limpar, hidratar e proteger esteja bem consolidada, se não nada dá certo. 

+ Como passar protetor solar (e reaplicar também)

Conheça seu tipo de pele

Além de ter essas três etapas básicas memorizadas, outro ponto importante é conhecer seu tipo de pele. É ele que vai determinar como você vai cuidar dela ao longo de sua vida (lembrando que ele também pode mudar com o passar dos anos, viu?), quais ativos podem ajudar a cuidar de suas dores, qual textura é a mais indicada para o hidratante que você deve usar e daí por diante.

+ Montando uma rotina para sua pele oleosa

Aliás, o mito de que pele oleosa não precisa de hidratante pode ter surgido justamente do uso de fórmulas formuladas para outros tipos de pele por quem tem acne, por exemplo: segundo a Dra. Camila Rosa já nos explicou, se você tem a pele oleosa e usa um hidratante formulad para peles secas, pode acabar sim com mais espinhas e cravos: "Hidratantes para pele oleosa são específicos e não vão piorar a oleosidade", afirma.

Tenha o acompanhamento de um dermatologista

É o clássico que vale sempre ser lembrado: ter o acompanhamento de um dermatologista é fundamental para a sua jornada da sua pele. Ele pode te ajudar a montar sua rotina desde o começo, a apontar exatamente seu tipo de pele, detectar dores a serem tratadas e indicar quais ativos podem ou não podem ser usados ou até mesmo misturados na sua rotina de skincare.

+ O que é uniformizar a pele?

+ Qual é a ordem de uso de todos os produtos da Sallve?

Vá aos poucos e não exagere

Antes de inserir um novo ativo ou fórmula na sua rotina de skincare, leia atentamente as instruções de uso. No caso de ácidos, por exemplo, o ideal é começar alternando os dias de uso, até que sua pele se acostume à ação destes ativos. Não só isso, mas às vezes uma reação da sua pele não é a um ativo ou fórmula em si, mas ao fato dela ter sido sobrecarregada com uma nova substância.

Sempre digo que na pele, você deve ir de pouquinho em pouquinho até chegar no resultado desejado".

Dra. Monalisa Nunes, dermatologista consultora da Sallve

Outra dica importante: insira uma fórmula de cada vez na sua jornada da pele. "Como sabemos que cada pele é única e pode se comportar de formas diferentes, para introduzir todos os produtos na sua rotina é preciso entender antes como cada um deles interage com sua pele, para em seguida aplicá-los em conjunto", ensina Dra. Liliana Bechelli Torloni, dermatologista consultora da Sallve. "Começando com um passo de cada vez, caso você tenha alguma reação, saberá qual foi o último produto que usou e não perderá seu referencial." 

+ Limpeza dupla: pra tirar todas as suas dúvidas

Prazer, barreira cutânea

Nunca ouviu falar dela? Pois bem: entender a importância da barreira cutânea também é um ótimo conhecimento para se ter desde o início da sua jornada da pele. É bem simples: a barreira cutânea é basicamente um escudo natural da sua pele, composto por ceramidas e lipídios, que vão protegê-la de agressões externas que podem irritá-la. Ela ainda ajuda a reter a hidratação da sua pele e determinar seu pH, fazendo com que haja condições ideais para que bactérias consigam viver na superfície da pele e nos proteger de alguns microrganismos nada bacanas.

+ Óleo na pele oleosa: mas pode?

Sabe quando sua pele repuxa depois de uma limpeza mais agressiva? É sinal de que sua barreira cutânea foi afetada. Sabe quando sua pele fica irritada, vermelha ou ardendo? Sim, adivinhou: é sinal de que sua barreira cutânea foi agredida. Barreira cutânea equilibrada é pele saudável e protegida.

E olha como é simples mantê-la equilibrada: é só optar por uma limpeza gentil, que não retire toda a oleosidade da sua pele, tomar os cuidados necessários ao inserir ou combinar novos ativos na sua rotina, manter a hidratação em dia e nunca pular a etapa do protetor solar. Viu como tudo se conecta?

A importância do hábito

Tão importante quanto tudo isso que você já aprendeu aqui em cima é manter o hábito da sua rotina de cuidados com a pele. "A maioria dos cosméticos ficam e agem na camada em sua camada mais superficial, que é extremamente importante, mas é mais superficial. Se a gente quiser ter alguma melhora mais profunda, precisamos de consistência, para que haja uma mudança na forma como a pele funciona", afirma Dra. Monalisa Nunes. "Se você tem dificuldade de manter uma rotina maior, é melhor você enxugar essa rotina e voltar para os passos fundamentais, de limpezahidratação e proteção solar. Você vai ter mais resultados fazendo apenas esses passos com consistência do que se usar muitos produtos poderosos sem consistência", ensina.

Aliás, a dermatologista expande essa conversa até os procedimentos estéticos: "A rotina básica de skincare diária é muito mais importante e tem muito mais resultados se ela é feita na consistência certa do que um procedimento como um peeling ou microagulhamento feito esporadicamente. Você tem mais resultado com um tratamento contínuo do que se ocasionalmente fizer um procedimento mais agressivo".

+ Pausar a rotina de skincare para descansar a pele: tá certo?

Para Julia Petit, uma forma simples de se levar sua rotina de skincare com consistência é pensar em todos os seus cuidados de higiene: "A gente não escova os dentes todo dia? A gente não lava o cabelo, não toma banho, passa sabão? É um pouco isso. O skincare também faz parte da nossa higiene pessoal, de cuidados. É mais um hábito de higiene e cuidado que a gente tem que adquirir aos poucos", ensina.

Aprenda a reconhecer as reações da sua pele

Encarar sua rotina de skincare como um diálogo também vai te ajudar muito a entender o que sua pele está te sinalizando. Afinal, ela te manda sinais: pode ser uma leva de cravos e espinhas que surgem como reação a uma textura, o excesso de oleosidade que pode ser efeito rebote ou um quadro de hipersensibilização.

E quando sua pele reagir com hipersensibilização? "Quando a pele está irritada, você deve olhar para os cosméticos, mas também para outros fatores, como mudanças alimentares ou de hábitos, quantas vezes você lavou o rosto, se transpirou mais, se o clima mudou", explica Dra. Monalisa. "A pele irritada é um sintoma, então precisamos procurar a causa. O uso de cosméticos em excesso é uma causa super comum, mas é muito comum também você estar utilizando um produto errado, ou ter feito alguma mudança na rotina. Uma alimentação mais carregada ou fora do que você está acostumado também pode irritar a pele. Às vezes sua pele ficou irritada por que você não retirou a maquiagem antes de dormir. São vários fatores que podem ser relacionados à a pele irritada", complementa a dermatologista.

+ Os efeitos do álcool na sua pele e como evitá-los

Sua pele ficou irritada? Suspenda o uso de todos os ativos mais fortes, como ácidos, e do esfoliante, se usar, e volte ao básico, caprichando na limpeza bem gentil e na hidratação, para repor a barreira cutânea.

A ordem

Já tem os produtos que quer usar mas não sabe em que ordem usar? A gente te ensina: líquido, sérum, gel, loção cremosa / creme. Começando sempre pela limpeza da pele e terminando com a proteção dos raios solares.

Ou seja, traduzindo em produtos: limpador, tônico, sérum, creme para os olhos, tratamentos localizados, hidratanteóleo (se você usa). E finalmente, protetor solar.

É mais que só pele

Lembre que sua pele é um orgão vivo, que age como a barreira entre o seu corpo e todo os fatores ambientais externos. Da mesma forma que ela reage à exposição excessiva aos raios UV ou poluição, por exemplo, ela reage a fatores internos, como alimentação, estresse, falta de sono ou ingestão insuficiente de água.

+ Pele cansada: 5 efeitos do cansaço na sua pele

Por isso, sempre atente-se sempre a sua saúde física e mental e a sua alimentação ;)

Expectativa x realidade

Para finalizar, uma dica importante: esse processo de cuidar da sua pele é tanto interno quanto externo. Pode ter certeza que ao longo do caminho você vai descobrir muita coisa sobre você também. Inclusive, muitas vezes, que as expectativas que você tem para a sua pele podem estar baseadas em padrões irreais ou a artificialidade das redes sociais.

+ O efeito filtro e os padrões de beleza das redes sociais

Olhar para a nossa pele entendendo exatamente como ela funciona o que para nós - e mais ninguém - significa ter a "pele dos sonhos" é um dos primeiros e mais primordiais passos para que essa jornada da pele seja incrível. E olha, pode acreditar: é mesmo.

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

subtotal

Loading
Login efetuado com sucesso!