Quando a positividade em excesso pode virar fonte de ansiedade e depressão

Vivemos em um mundo de positividade em excesso. O resultado? Depressão e ansiedade. No skincare? Também. Entenda a importância de se dar um tempo e desacelerar.

  

Esta semana li um artigo interessantíssimo no Nexo Jornal, que falava sobre "Sociedade do Cansaço", livro do filósofo sul-coreano Byung-chul Han. Nele, Han argumenta que as tantas patologias neurais do século 21 são fruto direto do excesso de positividade.

Este excesso de positividade culmina no que o filósofo define como uma "sociedade do desempenho" - trocando em miúdos, uma sociedade em que todos têm que estar sempre produzindo, realizando, e que tudo é possível, só depende da sua força de vontade. Somos todos vencedores! Esta sociedade "produz depressivos e fracassados”, ele atesta, citando em seu estudo um livro do sociólogo francês Alain Ehrenberg, que por sua vez escreve que a depressão (o mal do século!) é fruto do cansaço de termos que ser nós mesmos o tempo todo.

Han defende ainda que essa nossa mentalidade de multitasking está nos deixando exaustos mentalmente, destruindo nosso poder de concentração, e que o ócio criativo é fundamental para a nossa evolução. "Se o sono perfaz o ponto alto do descanso físico, o tédio profundo constitui o ponto alto do descanso espiritual”, escreve. Vale ler o artigo na íntegra do Nexo Jornal!

Por isso, se permita se dar ao verdadeiro luxo dos tempos modernos: o não fazer nada. Faculdade, trabalho, Whatsapp, emails, amigos, boletos... Sua mente precisa de um reboot muito mais do que você imagina. E é justamente nesses reboots que você vai ter as melhores ideias ou reconhecer coisas dentro de você que nem você sabia que estavam ali - sejam elas boas ou ruins.

A conversa pode se estender de forma mais literal no skincare: a rotina de dez passos da k-beauty traduz bem essa cultura do fazer, fazer, fazer. E aí todo mundo lê e acha que é essencial seguir todos os passos para ter aquela pele de porcelana. Agora vem o tal do skipcare, que é pular um monte destas etapas e focar no essencial. Mas onde você se acha no meio disso tudo? Será mesmo que você vai ter sua pele de porcelana se seguir tudo à risca? Nem sempre. Relaxa e cuida dela do mesmo jeito!

Beleza e skincare podem facilmente se transformar em ansiedade quando, na verdade, são muito mais eficientes quando vem acompanhados de autoaceitação e tranquilidade (não adianta nada a gente cuidar da pele tão bem e se desesperar quando surge a primeira espinha ou uma reação a algum ativo - a gente se cuida e lê muito, sempre, para saber lidar com isso também).

Não adianta nada a gente ter os melhores produtos se, antes de mais nada, a nossa cabeça não desacelera e a gente não se dá um tempinho. Nossa pele, como a gente bem sabe, é espelho do que está acontecendo do lado de dentro do nosso corpo, inclusive da nossa mente

Cuida dela também, com o mesmo afinco que você jamais esquece o filtro solar!

vamos conversar?