A Rainha Nyakim Gatwech: uma #musa que você precisa conhecer

De vítima de bullying à Rainha! Nyakim Gatwech ensina que temos que aprender a amar a nossa pele. E essa é uma lição muito poderosa.

Se você ainda não ouviu falar sobre Nyakim Gatwech, pare tudo.
Filha de pais sul-sudaneses, a modelo, que nasceu na Etiópia, teve a sua infância marcada por duas guerras. Primeiro a guerra que fez com que a sua família vivesse em campos de refugiados na Etiópia e no Quênia. E a segunda, a que enfrentou pelo tom de sua pele quando se mudou para os Estados Unidos, aos 14 anos.

Nyakim virou o jogo e passou de uma vítima de bullying a modelo conhecida como "Queen of Dark" e como a "Rainha da Melanina". Ela não é só dona de uma beleza única e marcante, Nyakim ajuda muitas mulheres promovendo a autoaceitação e o orgulho de sua pele.

Amor próprio

O primeiro objetivo da modelo não é o de promover a beleza da pele negra para quem é incapaz de vê-la. O que ela quer, em primeiro lugar, é abrir os olhos de quem não consegue ver a beleza em si mesmo. A mensagem que ela passa é a de que independente da nossa cor, do nosso tom, temos que aprender a amar a nossa pele. E essa é uma lição muito poderosa.

Ela conta que na sua infância e adolescência, tinha sempre alguém do grupo que dizia que não conseguia vê-la de noite porque ela é muito escura e que por isso, precisava sorrir o tempo todo para que vissem os seus dentes. A resposta que veio com o tempo é a de que a sua pele é mágica. “Minha pele absorve os raios do sol e meu cabelo desafia a gravidade". Pah!

"Percorremos um longo caminho, mas ainda temos um longo caminho pela frente. A minha esperança é que com as publicações [no Instagram] possa te lembrar todos os dias de porque você deve se orgulhar de sua melanina. Por que você deve se orgulhar de sua herança, independentemente de quão leve ou quão escura sua pele é. Pare de comparar a sua pele com a de qualquer outra pessoa. A mudança só pode acontecer quando você puder se olhar no espelho e amar a tez de chocolate, de canela, de café mocha ou de caramelo".

vamos conversar?