Lauren Hutton: modelo até os 100 anos

No fim do mês de janeiro a atriz Carolina Ferraz publicou um depoimento em seu Instagram sobre a posição profissional da publicidade com as mulheres maduras no Brasil. "Vivemos em uma sociedade machista que super valoriza a juventude, onde mulheres como eu, as famosas 50+, são forçadas a caminhar na sombra, independente da aparência. Nós maduras, somos de todas as formas, altas, redondas, retas, magras, gordas e somos lindas mesmo assim!
Temos história vivida e transportada em nossa pele, nossas curvas. Não existe data de validade para ser expressivo e tudo bem, nós seguimos em frente", iniciou a atriz.

"Estamos num país que caminha contra a tendência mundial de se valorizar a maturidade feminina, vejam todas as grandes marcas mundiais atualmente escolhem mulheres maduras para serem seus rostos". E ela tem razão em cada palavra desta publicação.
Na mesma semana, uma das mulheres que abriram esse mercado, se pronunciou ao americano The Cut afirmando que quer seguir com a sua carreira de modelo até os 100 anos. Ela é Lauren Hutton.

No ano passado, em julho de 2019, Lauren (76 anos) desfilou na coleção outono inverno de Alta Moda da Valentino - mesma casa que em novembro de 2019 divulgou uma campanha com Joan Collins (87 anos).

Lauren Hutton X campanhas de beleza

"Lauren Hutton foi a primeira pessoa a ganhar um milhão de dólares por sua beleza. Em 1974, ela fez história com seu contrato de um milhão de dólares por ano na Revlon. Mas quando ela completou 41 anos, a marca a deixou sem cerimônia", abre a reportagem do The Cut.
A supermodel explicou como recebeu a decisão da marca de finalizar o contrato depois de dez anos. "Quando me telefonaram para dizer adeus, disseram que haviam feito 'grupos focais' e descobriram que 'mulheres com mais de 40 anos não usavam maquiagem!' Bem, eu tinha mais de 40 anos e todas as mulheres que conhecia usavam maquiagem".

"As corporações costumam ter pelo menos dez anos de atraso, presas nos sucessos do passado como areia movediça", analisa a modelo.
"Essa é uma razão pela qual eu gosto de StriVectin", marca da qual é a embaixadora global. "Os executivos (principalmente mulheres) são inteligentes o suficiente para saber que mulheres com mais de 40 anos têm valor e que as mulheres na faixa dos 70 anos ainda são vibrantes e prósperas. É a nova era do envelhecimento. Levou anos para chegar aqui e estou feliz por fazer parte disso.

Envelhecer se sentindo bem

Lauren conta na entrevista que se ela puder escolher uma coisa pela qual será lembrada, será por "mudar a maneira como as mulheres se sentem em envelhecer". E completa: espero ser modelo até os 100 anos". Para evidenciar que se sente pronta para chegar aos 100 anos, conta que a sua mãe acabou de completar 96 anos, o que a deixa esperançosa em alcançar essa meta.
E esse é o maior privilégio que podemos ter: envelhecer bem e se sentindo segura com as histórias escritas na nossa pele.

vamos conversar?

mais do blog

Microbioma Cutâneo

Microbioma Cutâneo

Já ouviu falar sobre o microbioma cutâneo? Ele é formado por milhares de bactérias, fungos e vírus que protegem a nossa pele.
Saiba mais

buscar

sua sacola

  • Loading