A rotina de 10 passos das coreanas: a verdade por trás do hype

Executivos da indústria da k-beauty desmistificam a tal rotina de dez passos das coreanas e explicam o que ela quer mesmo ensinar aos aficcionados por skincare.

Foto: Antonina Bukowska/ Unsplash

Assim como a moda, o universo da beleza também tem suas tendências - aquelas que a gente de repente precisa abraçar e seguir ao pé da letra como se sempre fosse nossa maior filosofia de vida.

A rotina de dez passos das coreanas é uma dessas tendências. De repente, tudo o que sempre fez sentido pra gente (sabonete, tônico e hidratante, com esfoliação intercalada) se tornou obsoleto porque começamos a ler na internet que as coreanas, com "suas peles incríveis", na verdade desdobram esses meros quatro passinhos em dez - DEZ! 

Como boas apaixonadas por skincare, a tal rotina dos dez passos também fez muito sentido para a galera porque serviu como uma deliciosa (e plausível?) desculpa para capricharmos ainda mais na variedade de cosméticos que compramos para lotar nossa bancada. Os tais dez passos das coreanas, repetidos toda manhã e noite, seriam: dois produtos de limpeza (um a base de óleo, outro a base de água), esfoliante, tônico, a tal da essence (uma espécie de preparador da pele para o sérum), tratamentos (ampolas, sérums...), sheet masks, creme para os olhos, hidratante e, ufa, por último, filtro solar.

Para quem tem como maior meta de vida dominar essa arte de empilhar produtos sobre a pele, Brian Oh, CEO da marca de cosméticos científicos coreana-americana VENN, tem um recadinho: a tal rotina de dez passos nada mais é do que lenda urbana, ou um mito perpetuado por marcas americanas. Segundo Brian, as coreanas na verdade estão é diminuindo a quantidade de produtos que passam no rosto e, olha só, como era de se esperar, estão sentindo resultados muito melhores na pele.

Em um bate-papo com o site Refinery 29, o Brian explicou que o minimalismo no skincare é a mais nova onda na Coreia, justamente por um acesso a mais informação: "As pessoas começaram a entender que usar um monte de produtos nem sempre é bom para a pele, ou mesmo necessário”.

Sarah Lee e Christine Chan, outras executivas de marcas coreanas/americanas, concordam, e afirman que a rotina de dez ou 15 passos da k-beauty nem de longe representa a abordagem das mulheres coreanas quando o assunto é skincare. Elas explicam ainda que para a mulher coreana a rotina de skincare é sobre ouvir sua pele e cuidar dela de acordo com suas necessidades. Ou seja: elas até podem ter uma grande gama de produtos no banheiro, mas não usam todos ao mesmo tempo, e sim de acordo com o que a pele pede naquele momento.

"Eu só faço quatro ou cinco passos pela manhã e à noite. A rotina de dez passos serve simplesmente para mostrar às pessoas que esses dez produtos estão à sua disposição para tratar qualquer problema, mas você não precisa usar todos ao mesmo tempo", continua Maree Kinder, coreana baseada na Inglaterra e dona de uma multimarcas online de cosméticos de k-beauty.
Kinder diz que a limpeza em dois passos (usando um cosmético à base de óleo e outro à base de água) é a única regra essencial entre as coreanas. Depois disso, você segue com hidratante e filtro solar. Daí em diante, continuam as autoras do livro The Korean Skincare Bible, Lilin Yang, Leah Ganse and Sara Jiménez, basta você ir adicionando os cosméticos que sua pele pede: "Alguns passos você não vai fazer todo dia, como a esfoliação. Já as máscaras você pode usar duas vezes por semana, por exemplo”.
O essencial mesmo, concordam todos que falaram com o Refinery 29, é conhecer muito bem a base da rotina de skincare que funciona para você e ir, aos poucos, acrescentando outros, devagarinho, para ver como sua pele reage e como os cosméticos vão conversando entre si - como o nosso químico, Carlos Praes, já explicou. 
"Essa rotina de dez, 15 passos, é absolutamente inviável na vida de qualquer um", comenta Julia Petit, levantando ainda o fato dessa rotina de um cuidado excessivo com a pele poder esbarrar em uma repressão perigosa (perfeita! nossa pele precisa ser perfeita!). "Os produtos são maravilhosos, é uma indústria revolucionária, mas essa ideia de dez, 15 passos de uma vez só, todos os dias, pode ainda ter alguma nuance cultural que esteja escapando do nosso entendimento, por isso é sempre bom estudarmos bem todos os aspectos, além do skincare em si, antes de mais nada”.
Além de tudo isso, tome cuidado: o crescente diagnóstico de peles sensíveis segue nos alertando que podemos estar exagerando na nossa rotina de skincare. Antes de seguir tendências de internet, ouça sua pele primeiro. É ela a mais importante - as próprias coreanas sabem disso. ;)

vamos conversar?