Cuidados importantes ao inserir um cosmético na rotina de skincare

Quer inserir um antissinal em sua rotina? Ou usar um protetor solar mais potente? Ou que tal começar a usar um novo ácido? A gente te ensina como fazer isso sem irritar sua pele.

reação a cosméticos

Aqui no blog da Sallve a gente já falou sobre como o bombardeio de informações pode te atrapalhar na hora de montar uma rotina de skincare consistente. São tantos produtos que parecem (e muitas vezes são!) incríveis que é fácil se sentir perdido. Você lê sobre a vitamina c que fez milagres na pele da menina do Instagram, ou um artigo sobre como o ácido glicólico é maravilhoso para peles com cicatrizes de acne. Imediatamente, o que acontece? Você fica empolgado para testar tudo e acaba exagerando. Embora informações são sempre bem vindas, quando falamos de saúde é preciso saber filtrar tudo antes de comprar novos produtos.

Frequentemente temos dúvidas nas nossas redes sociais sobre como inserir novos produtos como cremes anti-idade em uma rotina de skincare. Por isso reunimos aqui um passo a passo. Para que você não irrite ou sobrecarregue sua pele, obtendo o efeito oposto ao desejado, e para poder testar devagar e sempre.

Um de cada vez

Antes de mais nada, não exagere. Se você tem vários novos produtos ou até ferramentas para testar, comece com um de cada vez. Embora a vontade seja de renovar toda a rotina em uma só tacada, o efeito pode ser o contrário: uma pele sobrecarregada que vai se rebelar contra você. E com tanta coisa nova ao mesmo tempo, fica difícil detectar o que deu errado: pode ser que tenha sido tudo junto ao mesmo tempo ou apenas um dos passos. Por outro lado, quando você começa inserindo um novo passo de cada vez dá tempo para ele conversar não só com a sua pele como também com sua rotina já existente.

"Como sabemos que cada pele é única e pode se comportar de formas diferentes, para introduzir todos os produtos na sua rotina é preciso entender antes como cada um deles interage com sua pele, para em seguida aplicá-los em conjunto", ensina Dra. Liliana Bechelli Torloni, dermatologista consultora da Sallve. "Começando com um passo de cada vez, caso você tenha alguma reação, saberá qual foi o último produto que usou e não perderá seu referencial." 

Doses homeopáticas

Não insira um novo cosmético usando-o imediatamente todos os dias. Vá alternando, dia sim, dia não, para dar tempo de sua pele se acostumar e reagir. Afinal, às vezes uma reação ruim de sua pele não é ao produto em si, mas ao fato dela ter sido sobrecarregada com uma nova substância.

3 minutinhos valiosos

Para tirar o maior proveito de cada fórmula, espere de três a cinco minutos entre a aplicação dos produtos. Assim, você dá tempo para que cada produto consiga assentar na sua pele e evita que um interfira na estrutura do outro - o que pode causar, por exemplo, esfarelamento.

O teste do braço

Uma boa dica para antecipar alguma alergia é fazer o teste do braço, que é bem fácil: é só aplicar uma quantidade do produto que você quer inserir na sua rotina na dobra de um dos braços, e observar durante uma hora. Caso não ocorra nenhuma reação, você, provavelmente, não tem intolerância ao produto. 

Já se você estiver fazendo o teste do braço após uma reação no rosto e não tiver reação, pode tentar usar novamente após a recuperação da sua pele, só que, desta vez, usando uma quantidade menor do produto, em dias alternados, apenas uma vez ao dia.

Vá aumentando a potência da fórmula aos poucos

Comece com formulações mais leves do cosmético que você quer inserir na sua rotina. "Se você está começando agora a montar sua rotina de skincare, não adianta entrar direto com ácidos como o retinoico ou glicólico", comenta Marcus Amaral, do time de pesquisa e desenvolvimento da Sallve.

Nesse tópico, mais do que nunca, a assessoria de uma dermatologista é crucial: conhecendo sua pele, fica mais fácil de saber quais ativos podem fazer essa ponte de entrada para uma rotina mais robusta, se for o caso.

Como inserir o antissinal na rotina

Se você já usa hidratante, inserir o antissinal é mais fácil: você pode começar com um hidratante básico, com ácido hialurônico, alguns umectantes, e depois apenas acrescentar um antissinais específico. Ele pode vir, por exemplo, com alfahidroxiácidos.

O que acontece é que na base de um hidratante podem ser somados ativos, e do hidratante ele vira um produto para acne, para manchas, para rugas e daí por diante. Mas se você pegar todos esses produtos, vai ver que a base deles sempre é o hidratante.

Por último: retinol e ácidos

Se você quer inserir um ácido em sua rotina, pode começar pelo ácido málico, que vem da maçã, para então seguir com o glicólico. É que nem todo ácido é igual: se você já entra direto no retinóico, por exemplo, pode ter descamação e outras reações, como acne. A pele que não está acostumada com esses ativos pode responder.

O mais importante?

Tenha calma, paciência, e deixe sua pele sinalizar o que está funcionando (ou não). Trabalhar junto com ela, ao invés de sobrecarregá-la, é sempre o caminho mais seguro!

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

  • Loading