Como fazer o bronzeado durar mais tempo?

O verão está aí e muita gente adora ficar com a pele bronzeada. Só não pode esquecer o protetor solar, hein?

Com a chegada do verão, muita gente vai conseguir curtir momentos de sol na praia, na piscina, na laje, no quintal, onde puder e quiser. Porém, a gente sabe que nem todo mundo pode fazer isso com frequência, as vezes não rola tempo mesmo. E aí vem aquela dúvida: será que dá para fazer aquele bronzeado belíssimo que peguei no final de semana durar mais tempo?

bronzeado

Bronzeado saudável e seguro

Ante de começar essa conversa, um ponto importante: protetor solar. Sim, ele é essencial nesse papo, inegociável e, ao contrário do que algumas pessoas imaginam, não impede você de se bronzear (já falamos disso aqui!).

+ Verdades e mitos sobre Protetor solar

Curtir o sol é uma delícia, mas há uma diferença entre pele queimada e bronzeada. Se expor ao sol por horas seguidas traz danos comprovados à sua pele, além de deixar a pele vermelha, ardendo e muitas vezes descamando.

Então, o primeiro passo para um bronzeamento saudável e que não vai descamar, se mantendo por mais tempo, é justamente se proteger. “Todo bronzeamento é uma defesa natural da pele, isto é, uma resposta a um dano induzido pela radiação ultravioleta. Mas se você quiser um meio termo, a alternativa mais sensata é mesmo respeitar o clássico horário de resguardo, que seria das 10h às 16h, por conta da incidência de radiação UVB. O período antes das 10h e depois das 16h tem predominância de raios UVA", já nos indicou por aqui a dermatologista Dra. Roberta Padovan.

+ Pele negra precisa de protetor solar?

Vale lembrar ainda que a recomendação da Sociedade Brasileira de Dermatologia é de usar filtro solar com FPS de no mínimo 30, além do uso de acessórios ou peças de roupa que protejam a área exposta ao Sol, especialmente nesse horário das 10h às 16h.

Quanto tempo dura o bronzeado?

Muita gente quer que o bronzeado dure mais tempo, mas você sabe quanto tempo a pele demora para se renovar completamente e aquele bronzeado ir embora de vez? Pois bem, cada pele tem seu tempo, mas o período é entre 28 e 40 dias.

+ Benefícios do sol para a saúde: muito além da vitamina D

“As marquinhas, o bronzeado, depende muito da pessoa e também depende da quantidade, de quanto ela se bronzeou. Em uma média geral, a gente tem aí entre 28 e 40 dias para ter uma renovação total da pele para aquele bronzeado sair. Isso porque só a taxa de renovação da pele é por volta de 28 dias. E essa renovação da pele muda de acordo com a parte do corpo também. Normalmente, no rosto costuma ser mais rápido. Por isso que a gente fica mais pálido ou perde o bronzeado mais rápido no rosto. Até porque a gente usa mais produtos na face também. No corpo, isso costuma ser mais lento. Depende da pele da pessoa, depende da hidratação, se a pele é seca, se ela descama, mas é nessa média entre 28 e 40 dias”, aponta a Dra. Monalisa Nunes, dermatologista consultora da Sallve.

Ou seja, de maneira geral, o bronzeado demora cerca de um mês ou pouco mais ou menos de um mês para sair.

+ Por que é tão importante proteger a pele

A Dra. Patrícia Mafra também afirma que o fototipo da pele também pode influenciar na duração do bronzeado. “A durabilidade do bronzeamento também está relacionada com o fototipo. Pessoas de pele clara e olhos claros, sempre se queimam e nunca se bronzeiam. Elas se queimam ficam vermelhas por alguns dias, cerca de 3 a 5 dias, mas não conseguem se bronzear”, explica.

O que fazer para o bronzeado durar mais tempo?

Esse papo começa no ato de “pegar sol”. Você deve aplicar e reaplicar o protetor solar, no mínimo FPS 30, como recomendado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Outra coisa, o bronzeamento deve ser gradual e progressivo. Nada daquele sol de meio-dia, sem proteção. Respeite os horários recomendados, se proteja e tome sol aos poucos.

+ Protetor solar dentro de casa: preciso mesmo usar?

“Se a pessoa teve aquela queimadura de sol, não foi um bronze progressivo, foi uma queimadura que a pele vai descamar em seguida. Às vezes, a pessoa não fica com bronze praticamente nenhum, porque a pele descama completamente em seguida. Então, normalmente os bronzeados que são duradouros ou que duram mais tempo, pelo menos, são os mais progressivos e que não tem uma descamação da pele no processo”, afirma a Dra. Monalisa Nunes.

O segundo passo para manter aquele bronzeado é um só: hidratar a pele. “O bronzeamento gradual e gradativo, com uma boa hidratação da pele tende a se manter por mais tempo, porque a pele não se queima tanto. Quando a pele se queima rapidamente, ela tende a ressecar e descamar em pouco tempo. Hidratar é fundamental”, emenda a Dra. Patrícia Mafra.

+ 14 mitos e verdades sobre hidratação da pele para sabermos já!

O Dr. Daniel Cassiano também concorda: “O bronzeado é uma resposta do melanócito a radiação solar, que envelhece e é fator de risco para câncer de pele. A epiderme demora em média 30 dias para se renovar. Então, um bronzeado não dura muito mais do que um mês. Se não há radiação solar estimulando o melanócitos, com o tempo, os queratinócitos com mais melanina vão sendo substituídos e a pele volta a cor normal. Hidratar a pele atrasaria a descamação da pele, o que pode fazer com que o bronzeado dure mais.”

Resumindo, para manter a pele saudável e fazer com que seu bronzeado se mantenha, o caminho é:

  • Tome sol nos horários recomendados e de maneira gradual. Nada de exageros, nada de torrar no sol!
  • Se proteja. Aplique o protetor solar e não se esqueça de reaplicar. O mínimo de FPS recomendado é 30.
  • Hidrate a pele! Isso ajuda a impedir a descamação e ainda mantem sua pele saudável e protegida.

E a alimentação?

Você sabia que a alimentação também pode ajudar seu bronzeado ficar mais bonito e duradouro? Para isso, é importante investir em alguns alimentos de forma consistente e ainda antes da exposição ao Sol: cenoura, abóbora, mamão, caqui, manga, damasco seco e beterraba.

"Estes alimentos são ricos em betacaroteno e estimulam a produção de melanina, pigmento responsável pela cor bronzeada que a pele ganha quando exposta ao Sol, além de propriedades antioxidantes que ajuda na proteção e recuperação da pele", explica a nutricionista Dra. Jessica Nóboa.

Proteção solar + Hidratante Reparador

A Sallve tem uma dupla muito querida e poderosa para te ajudar nesse verão. Olá, Protetor Solar Facial FPS 60 e Hidratante Reparador.

Você já conhece o Protetor Solar da Sallve FPS 60 Ele protege sua pele diariamente com acabamento hidratante e invisível na pele. Sua fórmula única oferece uma multi defesa: além da alta proteção contra UVA/UVB (com PPD 25,5), ele também protege sua pele contra os danos da luz azul e visível, infravermelho e poluição.

Com vitamina E e carnosina, ele tem ação antioxidante, que previne os sinais do tempo, e ação antiglicante, que ajuda a preservar o colágeno da sua pele. Não-comedogênico e sem álcool, ele deixa um toque macio combinado com o viço incrível, sem esfarelar.

Hidratante Reparador também é um excelente aliado para cuidar da pele após a exposição ao sol, sabia? Sua fórmula é cheia de ativos poderosos, que hidratamacalmam e ainda auxiliam na cicatrização - entre eles, pantenol 5%, manteiga de karité, ceramidaseletrólitos e alfa-bisabolol.

Vale lembrar! Consultar um (a) dermatologista, é sempre a opção mais correta e saudável para cuidar da melhor forma possível da sua pele! ;)

Tem dúvidas, quer saber mais ou quer sugerir um tema? Fale com a Sallve. A gente adora trocar experiências!

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

subtotal

Loading
Login efetuado com sucesso!