Como diminuir o lixo em sua rotina de beleza?

São medidas simples, que fazem muita diferença.

Muito se fala atualmente sobre o descarte de lixo e como é preciso não mais apenas organizá-lo, mas também diminuí-lo drasticamente. O plástico é o grande vilão: em 2050, se o ritmo de hoje continuar, haverá mais plástico no oceano do que água. O fato já é consumado e de conhecimento público. Já banimos canudo, garrafinhas plásticas... Mas como fazemos com nossa rotina de beleza?

Para se ter uma ideia, só no ano passado, a indústria de beleza produziu 142.6 bilhões de embalagens que, em sua maioria, foram parar em lixões. O número, apresentado desta forma, dá uma proporção bem maior das consequências dos nossos descarte, e soa a sirene de que sim, precisamos introduzir essa mentalidade de diminuir nosso impacto no meio ambiente em todas as áreas do nosso cotidiano.

Mas antes de sair descartando tudo que é plástico da sua bancada, calma: há alguns passos bem simples se você quer começar a adotar uma atitude mais consciente ecologicamente que não requerem grandes esforços. É mais fácil do que você imagina, na verdade. Se parecer muito, comece com os mais simples e vá introduzindo os próximos, um a um, em sua rotina.

1- Troque o algodão descartável por uma toalhinha de rosto, que você pode usar uma semana inteira antes de lavar. Uma boa toalha de rosto pode durar até dez anos e, quando estiver começando a furar, pode ser cortada, tornando-se ótima para limpar seus pincéis de maquiagem.

2- Opte por produtos que tenham menos embalagem: não precisa de caixa + folheto + pote. Até as maiores marcas da indústria vem diminuindo suas embalagens, abolindo folhetinhos e repensando seus recipientes.

3- Informe-se sobre fórmulas veganas, clean, biodinâmicas e orgânicas, e empresas que se preocupem com embalagens de menos impacto ambiental. Há muitas!

4- Micropartículas plásticas - muito presentes em esfoliantes - são altamente poluentes para o oceano, e já foram encontradas até na água potável que a gente consume. Na Europa, elas já foram proibidas em formulações de cosméticos. Eliminá-las de sua rotina já é um passo considerável.

5- Troque cotonetes plásticos por biodegradáveis: no Brasil eles podem ser encontrados com facilidade em farmácias convencionais, lançados por marcas nacionais que apostam em hastes de papel biodegradável.

6- Pesquise sobre produtos multiuso: um só cosmético pode ser usado para diversas finalidades, diminuindo a necessidade de um maior volume de produtos na sua bancada.

7- Compre apenas o que você vai usar e use tudo o que você tem até o final. É muito comum embalagens de cosméticos não permitirem que você use os produtos até a última gotinha. Se for bisnaga, é fácil: basta cortá-la e raspar o que tem dentro. Se for uma base cujo biquinho do vidro você pode desatarrachar, você pode pingar um pouquinho de hidratante no que sobrou e continuar usando.

8- Informe-se sobre como descartar suas embalagens para a reciclagem adequada. Você sabia que é preciso lavar tudo antes de mandar para reciclar? E que é preciso separar cada material adequadamente? Se você tem um vidro de base com molinha de metal, biquinho de plástico e recipiente de vidro, você vai ter que desmontar tudinho. Sendo assim, pense com calma antes de imediatamente abolir embalagens plásticas: se recicláveis, elas podem ser mais fáceis de descartar organizadamente.

Parece muito, mas é simples. Muitos dos passos requerem apenas informação e reflexão - antes de passar o cartão e antes de jogar no lixo.

Como você se relaciona com as embalagens de produtos? Leva isso em conta? Conta pra gente?

Foto: Sarah Comeau

vamos conversar?