Afinal, dá para se bronzear mesmo usando protetor solar?

Spoiler: dá sim! E temos explicações de especialistas por aqui 😉

Se você é do time que não passa protetor solar quando vai curtir um dia de verão, com a desculpa de que quer se bronzear, esse papo é especial para você. Afinal, dá para se bronzear mesmo usando filtro solar? Ele não impede completamente que eu consiga aquele bronze tão esperado?

Bem, a resposta é uma só e já vem em forma de spoiler de todo o papo que teremos por aqui: dá para se bronzear usando protetor solar e isso é, inclusive, o que deve ser feito. Se proteja do sol para curtir o verão (e todas as estações do ano!) da forma mais saudável e segura para sua pele e saúde como um todo!

bronzear protetor

Dá para se bronzear mesmo usando protetor?

Antes de mais nada, a gente relembra que não é recomendado se expor ao sol (ainda mais por um período maior de tempo) sem protetor solar.

+ Pele queimada x pele bronzeada: tem diferença?

Se bronzear é uma delícia, muita gente ama. E, sim, realmente é possível se bronzear usando protetor. O ideal é pegar sol devagar e se expor sempre com o filtro solar. "O bronzeado saudável vem gradativamente e não em um único dia de sol", diz Renata Ribon de Melo, nossa pesquisadora sênior de Pesquisa e Desenvolvimento.

Para entender melhor como isso é possível, vale lembrar aquela história da melanogênese. Quando os raios solares atingem nossa pele, como proteção, o melanócito (célula que produz a melanina) é ativado. Mesmo com a proteção solar, os nossos melanócitos também são ativados, já que há uma baixa energia dos raios solares que chegam na nossa pele. Ou seja, você vai continuar se bronzeando, mas de maneira mais lenta, saudável e uniforme.

+ Benefícios do sol para a saúde: muito além da vitamina D

“O bronzeamento nada mais é do que aumento de melanina nas camadas da epiderme devido ao estímulo da radiação solar. Mesmo com o uso correto do protetor solar, a radiação solar não é bloqueada completamente e há estimulação do melanócito”, afirma o dermatologista Dr. Daniel Cassiano.

A Dra. Patrícia Mafra, membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, endossa esse coro e ainda traz uma explicação sobre a radiação UV e Fator de Proteção Solar (FPS):

“Os protetores não bloqueiam toda a radiação solar. O sol emite mais de um tipo de radiação. Quando falamos de bronzeamento, estamos nos referindo a radiação UVB, que é a responsável pelo bronzeamento imediato, pela vermelhidão e é o tipo de radiação relacionada ao FPS. Então, quando falamos em FPS 30, por exemplo, quer dizer que: quando ele é aplicado na pele, ela demora 30 vezes mais para sofrer o dano. Para ficar mais fácil de entender: se uma pessoa se expõe ao sol sem protetor por 10 minutos e a pele fica vermelha, ela precisaria se expor por 300 minutos para ter o mesmo efeito caso aplicasse um protetor 30. O protetor também deve proteger contra a radiação UVA, que é a responsável pelo bronzeamento tardio, envelhecimento e câncer da pele. A menção a esse tipo de proteção é pelo PPD ou está escrito no produto proteção contra UVA. Então, o protetor diminui o bronzeamento, mas não impede completamente.”

Cuidados mais que necessários

Já te falamos por aqui alguns cuidados necessários para se bronzear de forma cuidadosa e saudável, mas não custa lembrar: nada de ficar ao sol sem proteção solar nenhuma. E lembre-se: reaplicar o filtro solar é muito, muito importante.

+ Como passar protetor solar (e reaplicar também)


Dra. Monalisa Nunes, dermatologista consultora da Sallve, ainda alerta: “O fator de proteção solar mínimo indicado para qualquer parte do corpo, indicado pela SBD e pela OMS, é FPS 30.”

A alternativa mais sensata é respeitar o clássico horário de resguardo, das 10h às 16h, por conta da incidência de radiação UVB. O período antes das 10h e depois das 16h tem predominância de raios UVA. Além da proteção solar, o uso de acessórios (como boné ou chapéus) ou peças de roupa que protejam a área exposta ao sol, especialmente nesse horário das 10h às 16h, também é indicado.

+ Quais são os tipos de filtro solar e como eles funcionam?

Um bronzeamento considerado saudável também inclui cuidados após o sol, justamente para manter sua pele íntegra: hidratar sua pele após pegar sol é essencial.

O Protetor Solar da Sallve

Você já conhece o Protetor Solar da Sallve FPS 60 Ele protege sua pele diariamente com acabamento hidratante e invisível na pele. Sua fórmula única oferece uma multi defesa: além da alta proteção contra UVA/UVB (com PPD 25,5), ele também protege sua pele contra os danos da luz azul e visível, infravermelho e poluição.

Com vitamina E e carnosina, ele tem ação antioxidante, que previne os sinais do tempo, e ação antiglicante, que ajuda a preservar o colágeno da sua pele. Não-comedogênico e sem álcool, ele deixa um toque macio combinado com o viço incrível, sem esfarelar.

Sérum Uniformizador

Se você se expôs ao sol e manchinhas apareceram, nosso Sérum Uniformizador pode ajudar: ele uniformiza o tom da pele ajudando a suavizar manchas, já que atua diretamente no processo de melanogênese, responsável pela formação de melanina.

A fórmula conta com retinol biomiméticoalfa-arbutinananoácido tranexâmiconiacinamida a 5% e óleo de rosa mosqueta. Além de auxiliar no tratamento de manchas, o Sérum Uniformizador também melhora a textura geral da pele e previne o envelhecimento precoce.

Hidratante Reparador

Hidratante Reparador também é um excelente aliado para cuidar da pele após a exposição ao sol, sabia? Sua fórmula é cheia de ativos poderosos, que hidratamacalmam e ainda auxiliam na cicatrização - entre eles, pantenol 5%, manteiga de karité, ceramidaseletrólitos e alfa-bisabolol.

E como o Hidratante Reparador pode ajudar? Restaurando a barreira da pele, devolvendo e mantendo o nível de hidratação e, por fim, acalmando. Ele auxilia a diminuir a ardência e vai deixar a pele íntegra e saudável novamente.

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

subtotal

Loading
Login efetuado com sucesso!