Extração sustentável: conheça mais sobre alguns ativos da Sallve

Ativos de origem natural são incríveis, mas é importante pensar na sustentabilidade...

Aqui na Sallve usamos alguns ativos de origem vegetal, que são incríveis e com benefícios únicos para a sua pele. Muito legal, né? Porém, não basta só se preocupar em ter um ingrediente dito “natural” em uma fórmula: é bacana saber também como ele é obtido, se tem extração sustentável ou não.

Afinal, sustentabilidade é um pilar de extrema importância por aqui e não deve ser só assunto que abrange embalagens recicláveis, por exemplo. Por isso, hoje o papo é para te contar um pouquinho mais sobre a extração de quatro ativos que você vê nas nossas fórmulas, que são de origem vegetal, mas extraídos com bastante responsabilidade ambiental. Se interessou? Então, vem saber mais!

Extração sustentável: oi, physalis!

Extrato de Physalis Angulata está em dose dupla aqui na Sallve - nos nossos Tônico Renovador e Hidratante Labial. Ele é um potente anti-inflamatório, ajuda na proteção contra o fotoenvelhecimento, aumenta a luminosidade da pele e, além de tudo isso, tem atividade redutora de hiperpigmentação, auxiliando na uniformização do tom da pele.

+ Extrato de physalis tem processo sustentável de extração (e isso é muito importante!)

Já te contamos aqui no blog sobre o processo de plantio da physalis que usamos nas nossas fórmulas. A planta é originada de sementes GMO-Free (livre de transgênicos) e Práticas de Manejo Orgânico. A colheita é realizada manualmente, com o auxílio de equipamentos apropriados, antes da frutificação. Todo o processo do cultivo é realizado de forma sustentável e monitorado por profissionais especializados.

E sabe uma curiosidade bacana? Para o plantio da physalis, eles contam com a ajuda de pequenos produtores, da região de Sorocaba, no interior de São Paulo. Afinal, além do plantio ser sustentável, há uma grande preocupação em fomentar o desenvolvimento socioeconômico da comunidade local.

extração sustentável da physalis

Alfa-bisabolol

O alfa-bisabolol é um ingrediente muito famoso por suas propriedades calmantes e um amigo do peito das peles sensíveis e irritadas. Além de reduzir irritações e acalmar a pele, ele também é considerado um forte antioxidantes. Por aqui, ele está nas fórmulas do Antioxidante Hidrante, no Hidratante Reparador e no Leite Micelar.

+ Pele cansada: 5 efeitos do cansaço na sua pele

Talvez você saiba que o bisabolol é extraído originalmente de um óleo essencial da camomila-vulgar (Matricaria recutita). Ao longo do tempo, esse ativo também foi encontrado em outras plantas, como a candeia (Eremanthus erythropappus), e também pode ser obtido de maneira sintética em laboratório. Porém, a extração dessas fontes não é a mais sustentável.

Para atender uma demanda crescente da indústria, a extração intensiva de plantas (principalmente destilação a vapor do óleo essencial da casca da Candeia brasileira) a longo prazo traz questões de sazonalidade, qualidade e disponibilidade, e potencialmente pode levar ao desmatamento de grandes áreas.

+ Extração de origem animal? Nada disso: conheça mais sobre os ingredientes veganos da Sallve

Enquanto isso, a síntese química gera uma mistura de 4 isômeros diferentes, que contém apenas 25% do alfa-bisabolol naturalmente ativo.

No caso do bisabolol da Sallve, ele é obtido por meio de um processo biotecnológico sobre açúcares de frutas. Ele é idêntico ao ativo natural que vem da camomila, mas possibilita uma produção mais sustentável, contendo 100% de carbono de base biológica e é altamente biodegradável.

Melão do Kalahari

Uma das estrelas do nosso Hidratante Facial, o óleo da semente do Melão do Kalahari também tem origem sustentável, podendo absorver a demanda de mercado sem impactar o meio ambiente. As sementes do melão tem uma alta concentração de ácidos graxos essenciais e vitamina E natural. Essa combinação única faz um óleo bem seco, mas muito rico, que dá força e contribui para a saúde da pele como nenhum outro.

+ Resultados visíveis, imediatos e a longo prazo: conhecendo melhor a família Sallve

O melão precisa de pouca água para sobreviver e cresce melhor em regiões áridas, longe das florestas, em áreas onde outras culturas lutam para sobreviver. A safra é produzida com o mínimo de sementes, de modo que a produção pode aumentar ou diminuir rapidamente de acordo com a demanda.

Como já te contamos por aqui, o melão do Kalahari é produzido na África do Sul, em uma região assolada pela seca. Além de ter uma extração sustentável, também é economicamente e socialmente sustentável.

extração sustentável melão do kalahari

Microesferas naturais de bambu

A Sallve desenvolveu o Esfoliante Enzimático com micropartículas naturais retiradas de uma sílica orgânica que se encontra dentro dos talos de bambu. Ela exerce a sua função sem agredir a nossa pele, garantindo uma esfoliação física eficiente, mas ao mesmo tempo não agressiva. E também é segura e não oferece riscos ao meio ambiente.

+ Esfoliação e renovação celular: tem diferença?

Já te explicamos que optamos por micropartículas de bambu para não usar partículas poliméricas (plásticas) insolúveis em água e são encontradas em muitos esfoliantes. O problema é que ao mesmo tempo em que aquelas bolinhas coloridas esfoliam a tua pele e a preparam para os ativos que virão em seguida, elas vão contaminar o meio ambiente.

O nosso Esfoliante Enzimático é três em um: ele te oferece no mesmo produto as efoliações física, química e enzimática - saiba mais sobre cada uma delas aqui. E a esfoliação física é a feita pelas microesferas naturais de bambu.

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

subtotal

Loading
Login efetuado com sucesso!