FPS acima de 30 é tudo igual?

FPS 30 é o suficiente para proteger a pele? E FPS acima de 30, é tudo igual? Dra. Monalisa esclarece as dúvidas aqui

Indiscutivelmente, nenhum produto para a pele gera mais dúvidas do que o protetor solar: tem que usar todo dia, mesmo em casa? Tem sim! Tem que reaplicar mesmo? Tem também. O protetor solar também já gerou muitos mitos que correm por aí. Quer ouvir alguns deles? Pele negra não precisa de protetor solar (precisa sim!), FPS podem ser somados para dar ainda mais proteção (não, o FPS 50 do seu Protetor Solar somado ao FPS 30 da sua base não resulta em um FPS 80, tá?) e, outro bem comum: que FPS acima de 30 é tudo igual.

Mas peraí.... É isso mesmo?

Primeiro, vamos entender o que é o FPS

O FPS (fator de proteção solar), ao contrário do que muita gente pensa, não é a porcentagem de proteção solar oferecida, é quantas vezes ele protege dela: "Por exemplo, um protetor solar com FPS 15 protege sua pele 15 vezes mais do que se você não tivesse usando proteção solar", explica Dra. Monalisa Nunes, dermatologista consultora da Sallve. Ah, e mais um detalhe importante: o FPS mede especificamente a incidência de proteção da radiação UVB na pele.

+ UVA, UVB, FPS, PPD, PA: o que são as siglas do Protetor Solar?

Vamos mais fundo: como é feito o cálculo do FPS?

Dra. Monalisa Nunes explica que durante a fase de testes, sob protocolos de segurança, uma radiação controlada é emitida sobre a pele de uma pessoa ou um protótipo de pele, observando-se o tempo que leva para que aquela pele comece a ficar avermelhada. "Esse tempo é conhecido como dose eritematosa mínima. Digamos, então, que essa pele ficou vermelha em 30 minutos. Depois de observada essa reação e o tempo que ela demora para aparecer, é aplicado o protetor solar e em seguida emitida a mesma radiação, calculando-se novamente a dose eritematosa mínima daquela pele e, em seguida a proporção de tempo entre essas duas reações. Num FPS 30, por exemplo, a dose eritematosa mínima acontece num espaço de tempo 30 vezes maior do que em uma pele sem proteção. Então você tem uma proteção 30 vezes maior da radiação solar. Com o FPS 60, essa proteção é 60 vezes maior, e daí por diante". Dra. Monalisa aproveita para abrir um parêntese: "Esse tempo de reação da pele, de ficar vermelha, varia de pele para pele. Pessoas de pele bem clarinha, por exemplo, ficam vermelhas mais rápido".

E de onde surgiu a ideia de ser tudo igual?

Dra. Monalisa aponta um gráfico bem famoso, que mostra que o FPS 30 oferece uma proteção de aproximadamente 96% dos danos da radiação solar ("Ou seja, quase 100%", comenta a dermatologista), enquanto o FPS 60 entra no gráfico com pouco mais de 98% de proteção.

FPS 30 é o suficiente para proteger a pele?

"É por conta desse gráfico", segue Dra. Monalisa, "que a OMS [Organização Mundial de Saúde] e a SBD [Sociedade Brasileira de Dermatologia] indicam o uso de protetor solar com no mínimo FPS 30. Ou seja, é um nível de proteção suficiente, regulamentado e aceito pela SBD".

Ou seja: não, FPS acima de 30 não é tudo igual. "Isso é um mito. O FPS mais alto protege mais sim, mas isso não significa que o FPS 30 não seja suficiente. Ele é. É só que na comparação com o FPS 60, este último acaba protegendo um pouco mais".

A dermatologista conta que, entre seus pacientes, ela indica que, para o uso rotineiro, no dia a dia, para vida urbana - para ir para a escola ou faculdade - o FPS 30 é suficiente - especialmente combinado a antioxidantes - caso você prefira optar por ele. Mas para uma exposição solar mais prolongada ou mais intensa, como a prática de exercícios ao ar livre, praia ou piscina, sua indicação é um FPS de 50 para cima: "A diferença é basicamente essa. Vale lembrar, porém, que as regras de aplicação e reaplicação do protetor solar, porém, são válidas para qualquer índice de FPS".

Vamos relembrar as regras de aplicação do protetor solar?

O protetor solar é o último passo da sua rotina de skincare, e deve ser aplicado sobre a pele seca, 15 minutos antes da exposição solar. A quantidade indicada pela SBD é uma colher de chá ou a aplicação em duas camadas, caso uma colher de chá seja muito para você, sensorialmente mesmo.

A reaplicação deve ser feita a cada duas horas ou após o mergulho ou sudorese intensa.

FPS na Sallve

Nosso Antioxidante Hidratante FPS 30 UVA/UVB reúne tratamento, hidratação e proteção UVA/UVB. Desenvolvido para o rosto, região dos olhos e pescoço, ele combina o ácido hialurônico a seis antioxidantes preciosos - a nano Vitamina C a 10%vitamina Eresveratrolniacinamidacafeína e carnosina - e, graças à nanotecnologia, seus principais ingredientes são protegidos e chegam mais potentes e sem oxidar ao lugar certinho da pele.

O Antioxidante Hidratante FPS 30 UVA/UVB é uma loção cremosa que também oferece um toque seco e controla a oleosidade sem tirar o viço da pele, prevenindo e reduzindo a aparência de linhas finas e sinais do tempo. Ele também protege a degradação do colágeno e aumenta sua síntese, uniformiza o tom suavizando manchas, diminui o inchaço e as olheiras de cansaço, hidrata controlando a oleosidade, reduz a aparência dos poros, devolve a luminosidade e o viço da pele, oferece ação multi defesa contra danos da luz azul, visível, infravermelho e poluição e proteção solar FPS 30 UVA/UVB PA+++.

Já o Protetor Solar da Sallve FPS 60 protege sua pele diariamente com acabamento hidratante e invisível na pele. Sua fórmula única oferece uma multi defesa: além da alta proteção contra UVA/UVB (com PPD 25,5), ele também protege sua pele contra os danos da luz azul e visível, infravermelho e poluição.

Com vitamina E e carnosina, ele tem ação antioxidante, que previne os sinais do tempo, e ação antiglicante, que ajuda a preservar o colágeno da sua pele. Não-comedogênico e sem álcool, ele deixa um toque macio combinado com o viço incrível, sem esfarelar.

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

subtotal

Loading
Login efetuado com sucesso!