Tipo de pele ou estado de pele? Entenda a diferença

Tipo de pele ou estado de pele? Um vai determinar como você vai cuidar da sua pele ao longo da vida e o outro pode variar de acordo com as tuas escolhas.

Tipos de pele

São quatro os tipos de pele: oleosa, mista, normal, ou seca. E já falamos sobre cada um deles aqui no nosso blog, lembra? Cada tipo de pele tem características muito particulares, como uma maior produção de óleo (no caso da pele oleosa), ou a perda de água (no caso da pele seca).

Conhecer o nosso tipo de pele é o primeiro passo para traçar uma rotina de skincare. E como saber qual é o teu tipo? É o dermatologista que te dará essa resposta.

A partir desta definição você vai entender quais ativos funcionam melhor na tua pele e vai entender como escolher os produtos, inclusive maquiagem. Lembra de quando falamos por que é tão importante conhecermos o nosso tipo de pele? Se tiver a pele oleosa e usar um dermocosmético para pele seca, cravos e espinhas podem aparecer. O mesmo pode acontecer com algumas maquiagens. Afinal, pode apostar como você já se perguntou: "Essa base é boa para pele oleosa / seca?"

Tipo de pele X estado de pele

Ficou claro que os tipos de pele são apenas quatro. Ué? Mas cadê a pele desidratada? Ou, quem tem pele sensível deve ter sentido falta dela entre o elenco acima, não é mesmo? Mas olha só, assim como a pele desidratada, a pele sensível não é um tipo de pele, mas sim um estado de pele.

Sallve

Estado de pele

"Uma vez que já entendemos e classificamos os tipos de pele, vamos entender o que é estado da pele", inicia a Dra Liliana Bechelli Torloni, dermatologista consultora da Sallve.

Uma grande diferença entre o tipo de pele e o estado de pele é que o segundo pode ser temporário. "O estado da pele pode variar muito durante o curso da vida. Há muitos fatores que influenciam, tanto internos quanto externos. Sendo eles, o clima e a poluição, alguns medicamentos, o estresse ou fatores hereditários. Todos esses fatores influenciam a produção de sebo, o suor, os fatores de hidratação natural, bem como as perdas de água pele epiderme, por menor capacidade de retenção", explica a dermatologista.

"Outros fatores que têm ação direta em nosso estado da pele, são os produtos que utilizamos e as nossas opções de cuidado com a pele", explica a Dra Liliana. Lembra quando falamos sobre os sete erros que podemos cometer ao lavar o rosto? Alguns deles podem causar a mudança do estado da pele, como por exemplo o uso do sabonete corporal no rosto, água quente ou produtos agressivos.

"Nós dermatologistas devemos avaliar não só o tipo de pele, mas também ao iniciar ou indicar um tratamento, entender o estado dessa pele, se mais ressecada que o normal, mais oleosa que o habitual, sensível ou sensibilizada. Conforme o momento que essa pessoa se encontra, tanto por fatores internos como externos. Devemos entender o tipo de pele e tratar a condição da pele", conclui a Dra Liliana.

vamos conversar?

buscar

sua sacola

  • Loading