Produtos corporais podem ser usados no rosto?

Afinal, pode usar produto corporal no rosto? Aqui você aprende por que o ideal é separar os cosméticos para as duas regiões.

Às vezes é pura preguiça, outras questão de praticidade, tantas outras falta de opção ou ainda pouca informação: quem nunca teve aquela fase de limpar o rosto com o sabonete corporal na hora do banho, ou passar o hidratante corporal no rosto? A Gabi de Pretas já até compartilhou com a gente: "Basicamente, o mesmo hidratante que eu passava no corpo, eu usava no rosto. E também, o mesmo sabonete que eu usava no corpo, eu usava no rosto", ela relembrou, rindo, sobre como cuidada da pele alguns anos atrás. "Não era nem uma questão de falta de acesso, era uma questão de 'eu não ligo pra isso' mesmo".

A Gabi pontuou ainda que outro motivo pelo qual ela não "ligava pra isso" era por conta do mito de quem tem a pele mais escura não precisa cuidar, porque "a pele já é boa".

Mas existe um motivo pelo qual temos produtos específicos para o rosto e para o corpo

E ele é simples: a pele do corpo e a pele do rosto são diferentes em diversos aspectos, como por exemplo, a quantidade de glândulas sebáceas - que é bem maior no rosto. Em comparação com o resto da pele, a pele do rosto também é mais sensível e mais fina, especialmente ao redor dos olhos. "A pele do rosto é mais delicada, tem mais poros e glândulas sebáceas, podendo ser mais oleosa, enquanto no corpo, poucas partes o são", explica Dra. Monalisa Nunes, dermatologista consultora da Sallve.

Outra coisa que muda? O pH da pele, que, em escalas normais, a protege da proliferação de bactérias, fungos e agressões externas, e que é diferente no rosto e no corpo. Sendo assim, o pH dos produtos para o rosto geralmente é diferente dos produtos corporais - justamente para que esse equilíbrio seja mantido. Quando o pH da sua pele é afetado, você pode ter irritação e aquela sensação de pele repuxando, por exemplo.

+ Por que é tão importante usar um limpador específico para o rosto?

"Os cuidados que temos com cada pele é diferente. No corpo é mais comum utilizarmos sabonetes em barra que tem pH mais alcalino, o que agride mais a pele, enquanto no rosto utilizamos limpadores faciais que têm um pH próximo ao pH da pele ou levemente ácido para ajudar a balancear o pH fisiológico. Fora que estamos mais acostumados a cuidar mais da pele do rosto do que do corpo", complementa Clara Amore, do nosso time de pesquisa e desenvolvimento.

O que pode acontecer se usarmos produtos específicos para o corpo no rosto

"Quando você usa um produto corporal no rosto, pode acontecer dilatação dos poros, aumento de oleosidade e cravos (por conta de poros entupidos), irritações e alergias na pele e nos olhos", lista Dra. Monalisa Nunes. "Normalmente peles oleosas ou sensíveis nao se dão bem com produtos corporais usados no rosto por sua maior concentração de óleos, manteigas, perfumes e corantes. É o mesmo caso do Protetor Solar - tudo que é pensado pro rosto é mais delicado e com menor potencial comedogênico", segue a dermatologista.

Antioxidante Hidratante e Antioxidante Hidratante Corporal: o que muda?

Clara Amore segue: "Pelas diferenças fisiológicas entre as peles do corpo e do rosto, temos estruturas de fórmulas diferentes que se adequam melhor à pele do corpo e do rosto. Essa diferença estrutural entre as fórmulas existe pois um produto para o corpo pode ter um sensorial não tão agradável para o rosto, causando algum desconforto. Além disso, o ideal é não usarmos fórmulas corporais no rosto pois para os produtos específicos de rosto comprovamos que são não comedogênicos.

Por isso, na hora de cuidar da sua pele, lembre-se: produtos para o corpo devem ser deixados para o corpo. Na hora de cuidar da sua pele do rosto, procure sempre optar por fórmulas específicas para essa região e também para o seu tipo de pele!

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

subtotal

Login efetuado com sucesso!