Turnê Sallve: Rondônia

A Turnê Sallve desembarcou virtualmente em Rondônia para um papo sobre auto-cuidado, amor próprio e protetor solar!

Depois de Minas Gerais, a Turnê Sallve desembarcou virtualmente no Norte do país, em Rondônia. Lembra que quando a Turnê passou por Roraima eles brincavam que por lá era "um sol pra cada um", de tão quente que é? Em Rondônia não é diferente!

As anfitriãs são a arquiteta Mariana Theol Denny e a Fernanda Xavier, do Louca Por Beauté.

A nossa conversou contou também com as super participações da Bruna Katiely, a Dandara Simão @soulpreta, a Gabrielly Figueiredo, a Nereia Araújo e a Quézia Duartt.

Um sol pra cada um em Rondônia: com protetor solar!

A Fernanda Xavier, Louca por Beauté, conta que foi a sua tia a que a apresentou aos cuidados com a pele. E que o passo mais complicado a se iniciar foi o hábito do protetor solar. Aliás, vale lembrar: faça chuva ou faça sol, o protetor é super importante, combinado?

Fernanda Xavier - Louca por Beaute / Instagram

"Skincare é uma paixão na minha vida desde sempre. A minha rotina começou aos 12 anos porque eu tive problemas com acne, procurei um profissional e acabei tomando gosto pela coisa. Como a minha tia também ama cuidar da pele, ela começou a me levar em farmácia e a me mostrar os produtos. Cada vez que eu ia no dermatologista ficava mais interessada ainda. A questão do protetor solar foi o passo mais difícil pra mim. Levei muito tempo para incorporar e aqui é mesmo impossível, é um sol pra cada um", conta a Fer.

E completa contando que se preocupa muito com "a nossa riqueza ambiental. Pra gente, que está aqui no meio da Amazônia, é muito incrível ver uma marca com essa iniciativa de cuidado com o meio-ambiente como a Sallve".

Auto-cuidado

Para a Mari, o cuidado com a pele é um momento seu, de cuidar de si mesma e de se dedicar esse tempo.

O skincare veio na minha vida como uma forma de auto-cuidado. Foi através dele que aprendi a me amar mais, a me cuidar mais, aprendi a amar a minha pele, a minha cor de pele. Ele veio para agregar.

Mariana Theol Denny
Mariana Theo Denny / Instagram

"A pele negra requer muito cuidado, apesar de as pessoas acharem que é uma pele fácil de lidar. Antigamente não existiam produtos para a pele negra, bases. Porém, já melhorou bastante o mercado.
A minha questão com o skincare foi durante a adolescência. Eu alisava o cabelo e quando passei pela transição eu comecei a ter esse cuidado. Antes da transição eu não passava um protetor solar, hidratante, protetor labial... Depois que eu passei pela transição, comecei a ter esse auto-cuidado, passei a cuidar da minha pele. Foi muito difícil encontrar um protetor solar que não deixasse a minha pele cinza. Depois que eu passei a entender mais o meu rosto, eu entendi que não era só o protetor que influenciava também no cuidado com a minha pele", conta a Mari.

Aprendendo a cuidar da pele em Rondônia

"Eu não sabia como cuidar da minha pele, não sabia qual era o tipo da minha pele, quais produtos, o que é o que. Acabei me inteirando e dei um salto de qualidade e rejuvenescida da minha pele. Eu tinha alguns problemas e consegui contornar, pesquisando, indo atrás de produtos e experimentando. E a cada dia eu amo mais o skincare. É uma coisa que eu estou levando pra vida", inicia a Dandara.

Dandara Simão - Soul Preta / Instagram

"A minha influência começa pela minha mãe. Nós vivemos em um clima predominantemente quente, só variando entre períodos: seis meses mais úmidos e seis meses mais secos. Cresci vendo a minha mãe que lavava a pele com sabonete de bebê porque não achava produto, sempre usou hidratante, óleo para a pele ficar mais viçosa, para enaltecer o brilho da pele negra", contou.

Apesar de ter a referência da mãe dentro de casa, Dandara conta que levou um tempo para inserir uma rotina da pele no seu dia a dia. "Fui entendendo que se eu não passava hidratante, a pele ficava cinza. Que quando eu tomava muito sol na praia a pele voltava acinzentada, não sabia o que fazer. Tinha queimadura e não sabia que tinha que usar um protetor solar. E essa é a regra número um do nortista: usar protetor solar. Foi mesmo com o tempo, vendo as minhas amigas, as mães das minhas amigas. Fui tentando entender como a minha pele reage nesse clima em que a gente vive".

Da influenciadora de Rondônia

E foi a Mari que influenciou os cuidados com a pele da Gabi. "Eu comecei a cuidar mais da pele por causa da Mari e foi através dela que me inspirei a buscar mais. Ainda falta melhorar muito mas já estou muito melhor do que há um tempo atrás.
A minha mãe sempre cuidou muito da pele dela e sempre cobrou da gente fazer o mesmo. Aqui em Porto Velho a gente não pode ficar sem protetor solar nem dentro de casa, é muito forte, chega a descascar a sobrancelha".

Gabrielly Figueiredo / Instagram

Aprendendo a se amar no Instagram

A Nereia é daquelas pessoas que você ama de cara, sabe? Ela vai te surpreender o tempo todo com as histórias mirabolantes: ela já tentou de tudo pra montar a rotina de skincare, até a lavar o rosto com detergente de louça - por favor, não repitam isso em casa.

"Eu não tinha tantos cuidados com a pele. Depois de um tempo, vendo algumas blogueiras, eu vi que algumas são pessoas normais, como a gente. Eu seguia as blogueiras no YouTube mas achava que aquele mundo era irreal. Até que, no Instagram vendo a Karol Pinheiro. Eu comecei tanto a cuidar da minha pele quanto a gostar do meu corpo, do meu cabelo, da minha aparência. Por isso hoje estou sem maquiagem, é o meu jeito de homenagear a skincare, aquela naturalzinha.

Nereia Araújo / Instagram

Eu comecei a rotina de skincare e posso olhar mais pro meu rosto, pra minha boca, pra minha bochecha, que são únicos e são meus. Eu não tinha essa ideia antes. Eu comecei a tocar meu rosto e cuidar dele.

Nereia Araújo

Da turma da argila

"É importante a gente se cuidar mas não esquecer do meio-ambiente, da natureza", pontua a Quézia.

Quézia Duartt / Instagram

"A minha relação com skincare começou muito cedo mas eu não tinha acesso a produtos. Sempre fiz receitinhas loucas, mirabolantes, passo algumas argilas, como a argila branca. Era um pouco distante mas na forma que eu conseguia fazer. Eu faço a massagem da Carla Biriba, e foi um divisor de águas! Ajudou a dar um lifting no rosto e no pescoço".


A gente amou esse bate papo em Rondônia! E não vê a hora de ouvir mais de vocês em cada um dos estados brasileiros. Fique de olho aqui no blog, semana que vem temos uma nova parada!

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

  • Loading