Assadura em adultos: o que é, como tratar e prevenir

Assaduras podem ser desconfortáveis, mas é possível tratá-las e evitá-las sem abrir mão da minissaia ou do shortinho. Aqui a gente começa essa conversa.

assaduras
Foto: Laura Tancredi

Ela pode acontecer após exercícios físicos, mas não só isso: quando a gente sua demais, ou simplesmente se movimenta ao longo do dia, pode acabar com as tão conhecidas assaduras. Mas afinal de contas, o que são elas, por que aparecem e como prevenir e tratar? É isso que você vai descobrir aqui.

O que é a assadura?

A assadura, como explica Dra. Monalisa Nunes, dermatologista consultora da Sallve, é um tipo de dermatite causada por uma inflamação decorrente do atrito: "Esse atrito acaba machucando a pele, e isso gera uma inflamação. Toda inflamação, por sua vez, vai gerar aqueles sinais típicos de calor, vermelhidão, dor, ardência... Isso é a assadura que a gente vê em seus sinais finais", explica.

+ Hidratante Antiatrito: textura confortável, sequinha e que não mancha a roupa

Como surge a assadura e onde ela é mais comum nos adultos?

As assaduras surgem exatamente por conta do atrito da pele, e mais frequentemente na coxa, virilha e embaixo dos seios: "Elas podem acontecer por si só, e se agravam quando estamos nos exercitando, por conta da velocidade do atrito, que fica maior, e por conta da acidez do suor, que acaba aumentando a inflamação e a irritação da pele", afirma Dra. Monalisa. Essa umidade causada pelo suor (que pode aparecer muito, por exemplo, quando você usa roupas apertadas demais ou que não permitem a ventilação do ar), é o ambiente perfeito para a proliferação de bactérias e fungos, que podem piorar o quadro da assadura.

O que mais influencia no surgimento da assadura, segue a dermatologista, é a proximidade da pele - como coxas que ficam encostadas uma na outra, ou em seios maiores, roupas apertadas demais e até o clima. "O clima interfere muito por conta do calor", pontua, listando mais um fator que pode contribuir para o surgimento de assaduras em adultos: "Uma pele desidratada também interfere muito, já que uma pele hidratada tem uma resistência maior a vencer as inflamações".

+ Como o Hidratante Antiatrito previne e regenera assaduras

Como evitar assaduras

Para evitar assaduras, Dra. Monalisa Nunes sugere, além de manter a pele bem hidratada sempre, usar roupas mais frescas (e preferencialmente de algodão) e evitar deixar a pele com suor por muito tempo: "Quando você chegar em casa, tire a roupa e tome um banho, secando as áreas que ficam em contato próximo". Outra dica? "Evite depilar antes de fazer exercícios físicos, como correr", ensina Dra. Monalisa. "Se você depilou a virilha e tem uma tendência a ter assadura ali, vai piorar ainda mais, porque a pele já vai estar sensível naquela região".

Como tratar assaduras

O tratamento de assaduras em adultos depende do grau, mas Dra. Monalisa Nunes cita hidratantes com ação calmante como bons parceiros no tratamento. "Já assaduras em quadros mais inflamatórios podem pedir por medicações anti-inflamatórias, como até um corticóide", finaliza.

Hidratante Antiatrito

Baseada em atritos reais, o Hidratante Antiatrito é um creme corporal diário para prevenção e tratamento de assaduras. Sua poderosa ação hidratante diminui a fricção entre as pernas, dobras de pele, a roupa e a pele, garantindo mais conforto e movimento no seu dia a dia. Com textura superleve que não mancha a roupa, ele age nas regiões já sensibilizadas, acalmando e auxiliando no processo de recuperação da pele.

Sua fórmula previne a formação de assaduras, acalma e recupera a pele já sensibilizada, auxilia na uniformização de tom e textura da região, não deixa a região esbranquiçada ou pegajosa, oferece hidratação corporal prolongada e facilita o deslize dos seus movimentos.

E aí: que tal inserir o Hidratante Antiatrito na sua jornada da pele?

vamos conversar?

mais do blog

8 problemas de pele que podem aparecer no verão

8 problemas de pele que podem aparecer no verão

A estação mais quente do ano pode trazer alguns problemas de pele bem frequentes, por consequência do calor. Conheça alguns deles e saiba como evitar, tratar e quando procurar um dermatologista.
Saiba mais

buscar

sua sacola

subtotal

Loading
Login efetuado com sucesso!