Protetor solar para o rosto é diferente do para o corpo?

Para quem está pronto para curtir o sol, tiramos dúvidas sobre proteção solar aqui

protetor solar rosto e corpo

Em algum momento da vida, em algum verão (ou qualquer estação do ano) ou dia de sol, você já deve ter se perguntado se tudo bem passar o mesmo protetor do corpo no rosto. Ou então se o protetor do rosto precisa necessariamente ser mais forte, enquanto do corpo está tudo bem ser um FPS mais baixo. Bem, para ninguém mais ter dúvidas vamos esclarecer tudo por aqui. Afinal, protetor solar para o rosto e para o corpo: tem alguma diferença?

Protetor sola rosto x corpo: formulação

Para começo de conversa, fomos entender se há alguma diferença na questão de formulação ou até de proteção mesmo. Com a palavra, Renata Ribon de Melo, pesquisadora sênior da equipe de Pesquisa e Desenvolvimento da Sallve:

+ Quais são os tipos de filtro solar e como eles funcionam?

“Não existe uma diferença entre protetor solar de rosto e de corpo em relação a formulação, o que muda é mais em relação ao sensorial. Os protetores faciais são mais trabalhados para ter um sensorial menos oleoso e mais sequinho, com modificadores de sensorial”, explica.

FPS precisa ser mais alto no rosto?

Não é que precisa ser mais alto, é que o rosto, pescoço e colo são áreas que estão constantemente expostas no dia a dia, além de ser uma pele mais delicada mesmo - já falamos aqui sobre as diferenças da pele pelo corpo. Portanto, a proteção e a reaplicação são extremamente necessárias.

+5 motivos para proteger sua pele dos danos da exposição solar

“Produtos faciais tendem a ser mais leves e com toques mais secos. Além disso, temos as opções de protetores faciais com cor de base. A pele do rosto é mais fina a mais sensível, e está constantemente exposta no dia a dia, então é indicado o uso de um FPS mais alto”, afirma a Dra. Patrícia Mafra, membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, o Fator de Proteção solar (FPS) mais indicado para a população brasileira é de no mínimo 30, seja para o rosto ou para o corpo. “No entanto, como a quantidade aplicada pelas pessoas é sempre inferior àquela recomendada, na prática orientamos um filtro solar com FPS: 50+”, sugere o Dr. Daniel.

+ Benefícios do sol para a saúde: muito além da vitamina D

Lembrando: deixar de proteger a pele impacta diretamente na sua saúde, além do envelhecimento precoce. "Proteger é essencial para não sofrermos uma queimadura do sol, não desenvolvermos um câncer de pele por conta da exposição prolongada a radiação ultravioleta, para não termos processos alérgicos, já que a pele é a barreira principal contra os alérgenos, e também para não envelhecermos mais rapidamente", já nos alertou o Dr. Alberto Cordeiro, dermatologista.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, estudos mostram que pelo menos 70% da radiação solar que recebemos durante a vida é adquirida no dia a dia, e somente 30% da radiação é obtida durante momentos de lazer. Impressionante, né? Ou seja, é preciso usar protetor solar em dia de semana ou final de semana. Proteger é preciso seja em casa ou na praia!

Reaplicação no corpo x rosto

A regra da reaplicação do filtro solar é a mesma tanto para o rosto quanto para o corpo. O que acontece é que, como já dissemos, o rosto, pescoço e colo estão frequentemente mais expostos ao sol e há uma preocupação maior com proteção dessas áreas. Porém, saiu com seus belos bracinhos de fora e vai enfrentar aquele dia de sol na rua: pode lembrar de passar protetor solar, ok?

+ Como passar protetor solar (e reaplicar também)

“No dia a dia, o rosto não está constantemente coberto e, por isso, recomenda-se reaplicar o protetor. Isso é válido para rosto e áreas expostas, como o colo. Quando estamos diretamente na expostos ao sol (como na praia, na piscina), o recomendado é que se reaplique tanto no rosto quanto no corpo, independentemente do fator, ou toda vez que suar muito ou entrar na água”, aponta a Dra. Patricia.

+ Apps no smartphone para lembrar de reaplicar o protetor solar

O Dr. Daniel Cassiano completa: “Não há diferença entre o tempo de reaplicação no rosto e corpo. A SBD recomenda que quando há exposição exacerbada (praia, clube…), o filtro deve ser reaplicado a cada 2h. No dia a dia, recomendamos uma aplicação pela manhã e uma reaplicação após o almoço. Em pacientes com dermatoses, como melasma ou Lúpus, essa frequência deve ser aumentada.”

Mas protetor solar para o corpo não pode ter FPS mais baixo?

Bem, a resposta é não. Como dissemos, a SBD recomenda FPS 30 no mínimo. Com a palavra, a Dra. Monalisa Nunes, dermatologista consultora da Sallve:

"O FPS corporal mínimo é o 30, que é o mínimo indicado para qualquer parte do corpo, indicado pela SBD e pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Então, tem essa recomendação específica. Quando tem FPS menor que isso, são os bronzeadores, que tem um FPS menor que o recomendado para que a pessoa finja que está se protegendo, mas que vai estar se bronzeando", afirma a especialista.

Posso passar protetor solar de corpo no rosto?

É sempre bom lembrar que, além do sensorial dos produtos para pele do rosto e corpo serem bem distintos, a pele do rosto é mais delicada. "Tudo que é pensado para o rosto é mais delicado e com menor potencial comedogênico. Protetores corporais costumam ser mais oleosos e ter aquele cheiro forte de praia", aponta a Dra. Monalisa.

Peles sensíveis e peles oleosas também não se beneficiam ao usar protetores solares de corpo no rosto. "Normalmente peles oleosas ou sensíveis não se dão bem com produtos do corpo no rosto por sua maior concentração de óleos, manteigas, perfumes e corantes. Protetor solar costuma ser esse caso", completa a especialista.

Protetor Solar FPS 60

O Protetor Solar da Sallve FPS 60 protege sua pele diariamente com acabamento hidratante e invisível na pele. Sua fórmula única oferece uma multi defesa: além da alta proteção contra UVA/UVB (com PPD 25,5), ele também protege sua pele contra os danos da luz azul e visível, infravermelho e poluição.

+ Protetor Solar FPS 60: conheça sua defesa multifacetada

Com vitamina E e carnosina, ele tem ação antioxidante, que previne os sinais do tempo, e ação antiglicante, que ajuda a preservar o colágeno da sua pele. Não-comedogênico e sem álcool, ele deixa um toque macio combinado com o viço incrível, sem esfarelar.

Antioxidante Hidratante FPS 30

Com todos os benefícios e efeitos do Antioxidante Hidratante, nossa fórmula reúne tratamento, hidratação e proteção UVA/UVB, se tornando a opção mais eficaz e prática para cuidar bem da pele.

Desenvolvido para rosto, região abaixo dos olhos e pescoço, ele combina o poder do Ácido Hialurônico a 6 antioxidantes preciosos: Nano Vitamina C a 10%, Vitamina E, Resveratrol, Niacinamida, Cafeína e Carnosina.

+ Vitamina C antes do protetor solar eleva proteção da pele

Graças à nanotecnologia, seus principais ingredientes são protegidos e chegam mais potentes e sem oxidar ao lugar certinho da pele. a loção cremosa também oferece um toque seco e controla a oleosidade sem tirar o viço da pele.

E aí: que tal inserí-los na sua rotina de skincare?

Vale lembrar! Consultar um (a) dermatologista é sempre a opção mais correta e saudável para cuidar da melhor forma possível da sua pele! ;)

Tem alguma dica, dúvida ou sugestão? Fale com a Sallve. A gente adora trocar experiências!

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

subtotal

Loading
Login efetuado com sucesso!