Óleo de Melaleuca: para que serve e quais os benefícios?

Esse óleo essencial também é conhecido como Tea Tree Oil

Para você, essa história de óleo de melaleuca pode ser recente, não é mesmo? Mas antes de mais nada: saiba que suas propriedades já são conhecidas há muitos anos pelos aborígenes australianos. Também conhecido como Tea Tree Oil, ele é extraído da folha da árvore Melaleuca Artenifolia, que é da Austrália, mas também é cultivada na Europa, América do Sul e Ásia.

Para que serve?

O óleo de melaleuca é muito conhecido por suas propriedades anti-inflamatória e antissépticas. Além disso, é considerado uma substância antioxidante.

Por conter o composto terpine-4-ol, como apontam alguns estudos, combate certas bactérias, vírus e fungos, além de aumentar a atividade dos glóbulos brancos, que auxiliam no combate de germes e outros invasores.

Crédito: Awesomecontent/ Freepik

Benefícios

Para a pele, o benefício mais conhecido do Tea Tree Oil tem tudo a ver com peles acneicas. O ativo pode ser efetivo no tratamento da acne, como já mostraram algumas pesquisas científicas.

Exatamente por conta de suas propriedades antissépticas e antibacterianas, o óleo combate a bactéria Propionibacterium acnes, que é a responsável pela inflamação causada pela acne.

Em uma concentração de 5%, o óleo se mostrou tão eficaz quanto o peróxido de benzoíla, um ingrediente famoso no tratamento de peles acneicas. A vantagem foi que o óleo de melaleuca irritou menos a pele.

Geralmente, a substância pode ser usada topicamente, em sua forma concentrada, diretamente em cima da espinha inflamada, por exemplo. Porém, também pode ser um ativo usado em dermocosméticos, como sabonetes, loções, tônicos e hidratantes.

Crédito: Seksak Kerdkanno/ Pixabay

Já contamos aqui no blog também que, por ser antibacteriano, ele ajuda a limpar os poros profundamente, reduzindo o tamanho, fazendo com que pareçam menores.

Um outro benefício curioso é que a aplicação tópica do óleo concentrado pode ajudar a curar infecções por fungos nas unhas, como aponta um estudo da Universidade Federal de Santa Maria.

É seguro?

Sim. Porém, é importante ressaltar que o óleo concentrado, em sua forma 100% pura, pode ser muito forte se usado excessivamente, principalmente, para peles mais sensíveis, podendo causar irritações. O ideal é usá-lo de forma diluída ou em baixas concentrações em produtos dermocosméticos. Confira também se o produto que você usa já não é diluído, algumas vezes são usados até óleos minerais para esse fim.

Um outro ponto importante! Contamos para você os potenciais benefícios do óleo de melaleuca, segundo a literatura científica, mas tudo depende da origem e como ele é manipulado até chegar ao consumidor. Caso isso não seja feito da maneira correta, ele pode, sim, perder várias propriedades. Portanto, conheça os processos e pesquise sobre a empresa que você escolheu!

Vale lembrar! Consultar um (a) dermatologista é sempre a opção mais correta e saudável para cuidar da melhor forma possível da sua pele! ;)

Alguns estudos e referências usados para este texto

Crédito: Giphy

Tea tree oil

Does Tea Tree Oil Help Acne?

Melaleuca alternifolia (Tea Tree) Oil: a Review of Antimicrobial and Other Medicinal Properties

The dynamics and mechanism of the antimicrobial activity of tea tree oil against bacteria and fungi.

Biological activity of Melaleuca alternifola (Tea Tree) oil component, terpinen-4-ol, in human myelocytic cell line 

Tea Tree Oil

Acne Vulgaris

Tea tree oil gel for mild to moderate acne

The efficacy of 5% topical tea tree oil gel in mild to moderate acne vulgaris

Antifungal Activity of Nanocapsule Containing Tea Tree Oil 

Tem alguma dica, dúvida ou sugestão? Fale com a Sallve. A gente adora trocar experiências!

vamos conversar?