Olheiras: entenda os tipos e o que pode agravar o escurecimento

Excesso do depósito de melanina e estrutura do rosto podem estar entre as causas das tão temidas marcas na região dos olhos

Sejam amarronzadas, avermelhadas ou azuladas: você até pode culpar o cansaço, a falta de sono, o estresse e a TPM pelas suas olheiras, mas a verdade é que esses são apenas fatores que agravam uma condição que você já tem.

As olheiras podem se formar em qualquer fase da vida, em homens e mulheres e até crianças, e em qualquer tom de pele. Elas são mais frequentes, porém, em peles morenas e negras, pelo acúmulo de melanina na região dos olhos.

Na maioria dos casos, a genética é a maior causa por trás das suas olheiras. Se você tem essa pré-disposição, vários fatores podem agravar a condição. Por isso, é necessário investigar e avaliar direitinho qual é o tipo das suas olheiras e aí, sim, fazer um tratamento mais efetivo com um dermatologista de confiança.

olheiras

Os quatro tipos de olheiras

Sabia que há quatro tipos diferentes de olheiras? 

Olheira pigmentar: ela é causada pelo excesso de depósito de melanina na pele, e geralmente apresenta uma cor mais amarronzada. A causa dessa hiperpigmentação costuma estar associada a peles morenas e negras, principalmente, de algumas etnias específicas, como árabes, turcos ou indianos. Esse excesso de pigmentação, porém, também pode ser residual, como por exemplo, ligado a algum processo inflamatório, como rinite.

Olheira estrutural: ela surge por conta da anatomia óssea do rosto. Pessoas que têm os olhos “fundos” acabam com uma sombra na região periocular, que escurece a área.

Olheira vascular: essa é a tão conhecida "olheira de cansaço", causada pelo aumento da vascularização ou congestão dos vasos sanguíneos na região dos olhos, que também podem causar inchaço. A coloração, em geral, tem tons azulados, arroxeados ou avermelhados, devido à coloração do pigmento sanguíneo. 

Olheira mista: ela é bastante comum e acontece quando há uma soma de um ou mais tipos. Os subtipos são conhecidos como vasculares pigmentados, estruturais pigmentados, estruturais vasculares, além da possibilidade de ser uma combinação dos três.

O que agrava as olheiras?

Já entendemos que as olheiras têm fundo genético e têm diferentes tipos, mas o que pode agravá-las?

Cansaço, insônia, choro

As olheiras vasculares, citadas acima, são as tão conhecidas "olheiras de cansaço". Mas por que o cansaço piora nossas olheiras? É que quando nosso corpo fica cansado, ele libera substâncias químicas que dilatam os vasos sanguíneos e alteram o fluxo sanguíneo - e essa vasodilatação fica mais visível ali, na região em torno dos olhos. As olheiras de choro e insônia também acontecem pelo mesmo motivo!

Exposição solar

A exposição da nossa pele ao Sol também dilata nossos vasos sanguíneos, agravando as olheiras. Além disso, as olheiras pigmentares (por acúmulo de melanina na região) também ficam mais visíveis quando expostas ao Sol sem proteção solar, já que o excesso de Sol na pele diminui sua espessura naquela área e aumenta a concentração de melanina ali.

Fatores externos

Tabagismo, tensão pré-menstrual, estresse, excesso de bebidas alcoólicas: tudo isso também acaba mexendo com a circulação sanguínea e favorece o aparecimento de olheiras.

Não tirar a maquiagem

Maquiagem dá olheira? Não, mas não tirá-la antes de dormir sim, viu? É uma questão temporária, mas se você não limpa o rosto antes de dormir, sua pele não consegue receber o oxigênio necessário e fica desidratada, fazendo com que o escurecimento indesejado apareça.

Como a nossa pele sabe que a gente tá dormindo?

Uma outra dica simples e eficaz: evite coçar os olhos! Quem tem pré-disposição genética a acumular melanina pode acabar piorando a situação se esfregar a região, pois a fricção favorece esse acúmulo.

E o envelhecimento? Sim, ele é agravante. Com a diminuição natural da produção de colágeno no organismo, nossa pele tende a ficar mais flácida, podem formar aquelas olheiras mais inchadas.

Tratamentos

Há muitos tratamentos para quem quer amenizar suas olheiras, que vão de agentes clareadores à intervenções cirúrgicas, por isso, se as suas te incomodam, procure um especialista, já que para cada tipo de olheira há um tratamento específico. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, aplicações com soluções à base de hidroquinona e alguns tipos de ácido (como o kójico e o azeláico) são efetivos para um clareamento da região, mas o resultado é temporário.

Aplicações com ácido hialurônico costumam ser indicadas para o tratamento de olheiras profundas, pois atuam no preenchimento da região. Quando o assunto é hiperpigmentação, sessões de luz pulsada são as mais indicadas. Há também cirurgias plásticas para quem quer corrigir olheiras que aparecem por questão estrutural e por depósitos de gordura abaixo dos olhos, por exemplo.

Tratamentos com produtos de skincare

Vários ingredientes de cosméticos ajudam a suavizar olheiras, especificamente as causadas por cansaço, ativando a circulação, uniformizando o tom da pele, combatendo a ação dos radicais livres ou até estimulando a produção de colágeno.

Nosso Antioxidante Hidratante é um ótimo parceiro para a região dos olhos: sua fórmula contém cafeína (que ativa a microcirculação), niacinamida (que ajuda a uniformizar o tom da pele), vitamina C (que atua na remoção da melanina na região e ainda ajuda na síntese de produção de colágeno) e ácido hialurônico, que traz hidratação. 

Quer efeito imediato? Temos! Nossa Máscara Antirressaca acorda sua pele e ameniza os sinais de cansaço. A taurina e o extrato de café em sua fórmula ativam a microcirculação desinchando o rosto, diminuindo olheiras de cansaço e iluminando a pele. Já a aloe vera e os fermentados vegetais potencializam a hidratação e acalmam a pele. Tudo isso em 15 minutos de uso!

Alguns estudos e referências usados para este texto:

Periorbital Hyperpigmentation: A Comprehensive Review

Veja o que são, como e por que se formam as incômodas olheiras

Escolha suas armas para combater ou disfarçar olheiras

What causes dark circles under the eyes?

An approach to dark circles under the eyes

Dark Circles Under the Eyes

Olheiras: causas e tratamentos

vamos conversar?

mais do blog

Turnê Sallve Bahia

Turnê Sallve Bahia

Alô, alô! A Turnê Sallve desembarcou na Bahia! A conversa contou com os nossos embaixadores Luciellen Assis e o Matheus Araponga e convidados
Saiba mais

buscar

sua sacola

  • Loading