Micropartículas de bambu: esfoliação eficaz, gentil e sem agredir o meio ambiente

Já conhece esse ingrediente incrível do nosso Esfoliante Enzimático?

Esfoliar a pele é um passo bacana dentro da rotina de skincare, que contribui para renovação celular e deixa a pele mais viçosa. Há vários tipos e, quando falamos de esfoliação física, o ideal é que ela seja gentil e eficaz, para não correr o risco de machucar a pele em vez de esfoliar, né? E é aí que entram as Micropartículas de Bambu que usamos aqui na Sallve!

Esse ingrediente é o responsável pela esfoliação física em dois dos nossos produtos, o já amado Esfoliante Enzimático (que também conta com esfoliação química e enzimática), e o recém-lançado Esfoliante Labial, perfeito para deixar seus lábios mais uniformes, sem irritar.

micropartículas de bambu

O que são micropartículas de bambu?

O bambu tem importância especial para a Ásia. Está presente na arte, na vida cotidiana, na alimentação, na produção de roupas, utensílios de cozinha, instrumentos musicais e também na medicina ayurvédica e tibetana.

+ Cuidado com a pele repuxando depois de esfoliar!

Ele é natural das áreas da Ásia tropical e subtropical, especialmente em monções e áreas úmidas. São plantas de crescimento mais rápido, caules fortes, folhas longas e flexíveis. A dureza e rigidez das hastes de bambu é explicada pela presença de sílica na estrutura de suas fibras e isso é muito importante.

Os nós das hastes de bambu secretam uma substância, que cristaliza em temperatura ambiente e forma um material duro, branco-amarelado. Esta substância é chamada tabasheer, conhecido também como sílica de bambu.

+ Esfoliação da pele: como fazer e qual a sua importância

O tabasher é considerado a fonte natural mais importante de sílica orgânica. Suas propriedades são conhecidas há anos e anos na medicina ayurvédica e tibetana são, como estimulante, adstringente, tônico, antiespasmódico e afrodisíaco. Já foi usado também para tratamento de doenças como bronquite e asma. E, no Tibete, as fórmulas de tabasheer são usadas para tratar doenças pulmonares.

Mas e o que tem a ver com micropartículas de bambu que vão esfoliar a pele? Bem, elas são obtidas justamente da sílica vegetal derivada do processo de secreção natural do bambu.

O que elas fazem?

Bem, as micropartículas de bambu esfoliam a pele. Elas são bem pequenininhas -inferior a 500 μm (0,5 mm) -, permanecem sólidas, têm morfologia adequada para esfoliação e não mudam de cor. Ou seja, apto a estar em uma formulação cosmética de esfoliação física.

+ Esfoliação nos lábios: posso fazer em casa?

Vale lembrar que a esfoliação física retira as células mortas da pele a partir do atrito promovido por pequenas partículas presentes em um creme esfoliante, por exemplo, em contato com a pele.

Ao esfoliar a pele, as micropartículas de bambu ajudam a remover a camada de células mortas da pele, promovendo a renovação celular. Assim, contribuem para regular a espessura da pele, remover a poluição do dia a dia, desobstruir os poros, além de trazer de volta o viço natural da pele.

+ Esfoliação e renovação celular: tem diferença?

Elas exercem a sua função sem agredir a nossa pele, garantindo uma esfoliação física eficiente, mas ao mesmo tempo não agressiva.

Por que é amiga do meio ambiente?

Aqui, quem responde é a nossa Renata Ribon de Melo, pesquisadora sênior do time de Pesquisa e Desenvolvimento da Sallve. “As micropartículas de bambu são naturais. Algumas partículas usadas em esfoliantes são feitas de microplásticos, que demoram para se degradar no meio ambiente”, aponta.

+ Micropartículas plásticas Vs naturais: qual escolher?

O que acontece é que essas micropartículas de plástico podem ser ingeridas por alguns seres vivos na base da cadeia alimentar, e, como eles não são digeridos, eles podem se acumular no organismo e serem passados para frente para os próximos elos da cadeia, gerando um desequilíbrio do bioma aquático. Vale lembrar: os humanos também fazem parte dessa cadeia.

Marcus Amaral, do time Sallve, também já nos explicou por aqui que: “além de conterem em si alguns aditivos químicos que não fazem mal à pele (mas que podem fazer mal quando ingeridos), plásticos podem adsorver (quando um gás ou líquido penetram em um sólido) contaminantes tóxicos que estão no ambiente ao seu redor, levando esses compostos para dentro da cadeia alimentícia, inclusive de humanos. E quando a gente fala em todos os níveis da cadeia, é inclusive em plantas aquáticas que não crescem normalmente por causa dos plásticos".

+ Como diminuir o lixo em sua rotina de beleza?

Então, também é pela questão ambiental que optamos pelas micropartículas naturais de bambu.

Família Sallve

micropartículas de bambu

O Esfoliante Enzimático combina três esfoliações (enzimática, física e química) para promover uma ação mais poderosa e prolongada. Suas Enzimas de Romã e AHA de frutas ajudam a uniformizar a textura da pele enquanto as partículas naturais de Bambu removem as células mortas, sem agredir a pele ou o meio ambiente. Conta também com os Ômegas 6 e 9.

E o que só ele faz? Remove as células mortas sem agredir a pele, remove progressivamente os cravos, uniformiza a textura e relevo, estimula a renovação da pele, hidrata e repara a pele.

Esfoliante Labial

esfoliante labial

Um esfoliante para os lábios que junta a experiência de esfoliação fina e confortável do nosso Esfoliante Enzimático com a hidratação do nosso Hidratante Labial.

Em formato de bastão, ele é fácil de aplicar, remove pelinhas ressecadas e uniformiza a textura dos lábios já na primeira aplicação, deixando um acabamento levemente hidratante na boca. Na fórmula, partículas de bambu, vitamina E e óleo de semente de uva.

E aí, que tal incluir o Esfoliante Labial na sua rotina de cuidados?

Vale lembrar… consultar um (a) dermatologista é sempre a opção mais correta e saudável para cuidar da melhor forma possível da sua pele, combinado? 

Tem alguma dica, dúvida ou sugestão? Fale com a Sallve! A gente adora trocar experiências!

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

subtotal

Loading
Login efetuado com sucesso!