5 mitos sobre hidratação da pele para sabermos já!

Você deve passar hidratante na pele seca? Pele oleosa não precisa mesmo de hidratante? A gente derruba estes e outros mitos sobre hidratação da pele!

mitos sobre hidratação da pele

Manter a pele hidratada é um dos pontos chave dos cuidados de skincare. Mesmo assim, com tantas informações flutuando por aí, o conceito tão simples acaba se tornando complicado. E não precisa ser: sua pele precisa estar sempre hidratada. Mesmo assim, o que mais correm por aí são mitos sobre hidratação da pele.

"O rosto é o local do corpo que está em contato com o meio externo, sem proteção. A pele do rosto, pescoço, colo e mãos são as que necessitam mais da hidratação, já que precisamos protegê-las dos fatores externos, como radiação ultravioleta, poluição e da baixa umidade relativa do ar", já nos explicou o dermatologista Dr. Alberto Cordeiro.

Além disso, quando não hidratamos a pele, comprometemos sua barreira protetora (lembra da sua importância?), podemos desencadear um quadro de sensibilidade, contribuir para seu envelhecimento precoce e colocar em xeque sua elasticidade e viço - e todo mundo quer ter a pele elástica e viçosa, né?

Você já deve ter ouvido ou concluído muitas coisas sobre hidratação da pele - mas acredite: muitas são mito. E aqui, para simplificar ainda mais sua relação com a hidratação da pele, listamos cinco deles. Preparados?

1- Pele oleosa não precisa de hidratante

Mito absoluto! To-das as peles precisam de hidratação. É bem comum confundir pele oleosa com pele hidratada, mas as duas coisas são bem diferentes (e geralmente nos damos conta disso quando tentamos controlar demais a produção de óleo e acabamos com a pele repuxando).

"Pele desidratada é uma pele sem viço, que é aquele brilho de pele saudável. Você vê que a pele está íntegra, que tem um tônus bom. Geralmente na pele oleosa pode ser mais difícil de ver, mas este é o sinal que mais denota uma pele desidratada", explica a dermatologista Dra. Camila Rosa. Outro sinal de pele oleosa desidratada que pode até te confundir? Excesso de oleosidade!

Para quem tem pele oleosa e morre de medo de hidratar e ter um quadro de espinhas descontroladas, a Dra. Camila explica que isso só acontece quando você escolhe o hidratante errado: "As pessoas acabam usando um hidratante para quem tem pele seca, mas hidratantes para pele oleosa são específicos e não vão piorar a oleosidade. Quando se escolhe o produto errado você vai acabar tendo mesmo espinhas."

2- Poros dilatados são sinal de pele desidratada

Todo mundo já acreditou nesse mito em algum momento, não? A Dra. Camila, porém, já derrubou este que é um dos maiores mitos sobre hidratação da pele aqui para a Sallve: "Na verdade, poros dilatados denotam excesso de oleosidade, ou então são mesmo uma característica da própria pele - quando a pessoa tem as glândulas sebáceas maiores."

A combinação desse excesso de sebo mais células mortas acaba ficando depositada ao redor dos poros, e o resultado é que a aparência deles fica ainda maior. Mas há outros fatores que podem contribuir com o quadro, como poluição e água quente demais no banho ou para lavar o rosto, lembra?

3- O hidratante deve ser aplicado na pele seca

Nada disso: o ideal mesmo é passar o hidratante na pele úmida: a mão está seca? Depois de lavá-la, entre com o hidratante. Tomou banho? Passe o hidratante logo após sair do banho (você pode ainda usar um óleo ainda dentro do box, na pele molhada mesmo!).

A explicação é muito simples: o hidratante tranca toda a hidratação da água na sua pele antes que ela seque. Passá-lo na pele seca não ajuda muito, viu? Esse é mais um mito sobre hidratação da pele.

4- Cuidado: sua pele pode ficar viciada em hidratante

Você já deve ter lido pela internet que usar hidratante demais pode deixar sua pele viciada, e com isso ela vai perder sua capacidade de produzir sua hidratação natural. Mas este é mais um dos mitos sobre hidratação da pele que vale ser derrubado.

Este, porém, é mais um desses mitos de internet. A pele não se "acostuma" com um hidratante e esquece de produzir sua própria hidratação. Seu corpo precisa de ajuda para manter-se hidratado e saudável (pense: comida e bebida, certo?), e sua pele precisa dessa ajudinha também. A única coisa é que o mecanismo é diferente.

Com o passar do tempo, você mesmo vai sentir que sua pele vai perdendo essa habilidade de se manter naturalmente hidratada - especialmente por conta dos danos solares e da idade. Sendo assim, quanto mais o tempo passa, mais você precisa cuidar da sua pele, hidratando-a diariamente.

5- Hidratante com FPS já é o suficiente para proteger sua pele

Não: nem no inverno, nem no verão. Lembra que a gente te explicou, quando listou a ordem certinha dos seus cosméticos na rotina de skincare, que o filtro solar entra por último justamente porque ele não penetra na sua pele? Ele funciona como um escudo mesmo, protegendo-a dos raios solares.

Aí você para e pensa: um hidratante penetra na pele? Sim. Então o FPS da fórmula não é suficiente. Segundo experts no assunto, protetor solar não pode ser visto como apenas um ingrediente da sua rotina de skincare. Ele precisa ser tratado como um passo à parte e importantíssimo - sempre aplicado por último.

Seu hidratante pode até ter FPS, mas não se esqueça: depois dele, é obrigatório passar o protetor solar.

vamos conversar?

mais do blog

Turnê Sallve Rondônia

Turnê Sallve Rondônia

A Turnê Sallve desembarcou virtualmente em Rondônia para um papo sobre auto-cuidado, amor próprio e protetor solar!
Saiba mais

buscar

sua sacola

  • Loading