Skincare após exercícios: o que é melhor para a pele?

Atividades de alta intensidade pedem produtos que tragam mais hi-dra-ta-ção!

Todos sabemos que é preciso se exercitar, aliás, é essencial para a saúde! Não é novidade. Mas como você cuida da sua pele após o exercício? Essa dúvida de uma das nossas leitoras nos deixou curiosas e por isso resolvemos dividir a resposta com todo mundo.

Qual é a melhor rotina de skincare após a prática de exercícios físicos? Produtos mais pesados e hidratantes? Dermocosméticos com fórmulas leves e não agressivas?

Crédito: Bruce Mars/Unsplash

A primeira dúvida talvez seja porque você deve ter cuidados com a pele após se exercitar. A gente explica: a rotina é importante pois o suor possui um pH muito ácido, o que pode prejudicar o tecido cutâneo, gerando desidratação, irritação e até mesmo acne devido ao entupimento dos poros.

Cada pele é uma pele. Mas como orientação geral, qual seria uma rotina de skincare de sucesso após exercícios? Com a palavra, a Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia. "Após o treino, é fundamental higienizar, tonificar, hidratar e, caso você malhe durante o dia, proteger a pele. Isso porque essa rotina de cuidados ajudará a remover o suor e impurezas, controlar a oleosidade, reestabelecer o pH e auxiliar na recuperação e fotoproteção do tecido cutâneo, auxiliando assim na manutenção da saúde de sua pele”, explica.

Crédito: Dane Wetton/Unsplash

Além disso, é importante tirar a roupa suada o mais breve possível, para permitir que a pele respire adequadamente, prevenindo o entupimento dos poros e o aparecimento de foliculite. Tomar banho muito quente e demorado também não é indicado, pois o hábito pode retirar a camada de proteção da pele, fazendo com que ela se torne mais ressecada. E ninguém quer isso, né?

“Caso você sofra com irritação e vermelhidão da pele causada pelos exercícios físicos, uma boa dica também é lavar o rosto com água fria de duas a três vezes para acalmar a pele e fazer com que volte a coloração natural”, indica a Dra. Claudia.
“Caso sua pele fique vermelha ao malhar é interessante também que você procure por produtos que contenham ativos tranquilizantes, calmantes ou anti-inflamatórios em sua formulação, já que esses ingredientes relaxam o tecido e combatem irritações”, completa.

Exercícios de alta intensidade

Alô, galera do crossfit, da corrida e de todos os exercícios de alta intensidade! Atentas (os) aqui! Atividades que causem mais impacto requerem produtos que tragam mais hidratação e melhora da microcirculação, ok? Lembrando que a escolha do hidratante deve respeitar o tipo de pele de cada um: mais fluido e suave para peles oleosas e um pouco mais pesado para pessoas de pele seca. É bacana consultar um dermatologista para entender melhor o que a sua pele precisa.

Crédito: Fitsum Admasu/ Unsplash

Além disso, atenção aos antioxidantes. “Quem pratica atividade física mais pesada, sofre um processo de envelhecimento da pele mais acentuado, pelo estresse oxidativo que a atividade de alto impacto causa, além do consumo das bolsas de gordura, etc”, conta a Dra. Ana Carolina Sumam.

“Esses pacientes precisam de mais cuidados com a pele, sim. Não só em relação a hidratação, mas também com ativos que estimulem a produção de colágeno, ativos antioxidantes, que vão ajudar a diminuir essa degradação. Substâncias como ácido hialurônico, vitamina C, além da hidratação e protetor solar sempre”, completa.

Exercícios na água

Quem pratica exercícios aquáticos deve ficar de olho com os cuidados com a pele. “Pessoas que praticam natação, por exemplo, estão mais expostas a compostos químicos, sejam eles o cloro da água, a água salinizada ou o ozônio. É ainda pior quando essa água é aquecida e o paciente está em um ambiente fechado, porque isso faz com que a agressão seja maior”, aponta a especialista Dra. Claudia Marçal.

Crédito: Efe Kurnaz/ Unsplash

Os maiores danos são: a pele pode ficar mais seca, irritadiça e hiper-reativa. Além ainda de sensibilidade, podendo provocar coceira, aspereza, esbranquiçamento da pele e a sensação de que a pele de alguma maneira foi agredida.

E o que fazer? Nunca mais entrar em uma piscina? É óbvio que não! “Logo depois de sair da piscina, já tomar um banho imediatamente com água doce. Usar de preferência um sabonete dermatológico para pele sensível, infantil ou de glicerina, que pode ser também acompanhado de extratos botânicos naturais, calmantes e anti-inflamatórios, além de hidratantes. Depois, usar um hidratante para recompor esse manto hidrolipídico, aplicando nos primeiros cinco minutos após o banho, que é quando essa hidratação é mais significativa e duradoura”, explica a especialista.

Crédito:  Thomas Park/Unsplash

“Gosto muito de indicar a água termal para ser aplicada logo depois da natação, tanto nos cabelos quanto em relação às áreas mais sensíveis como rosto, pescoço e colo. Muitas vezes após o banho, antes de fazer hidratação, é interessante passar a água termal rica em óleos minerais, que acalmam, restabelecem o pH e ajudam na fixação do hidratante que vai ser utilizado logo a seguir”, indica ainda.

Quem está curioso sobre a pele do corpo? Aqui vai a dica! Após o chuveiro sempre hidrate muito bem a pele do corpo com compostos hidratantes mais pesados, na forma de bálsamos concentrados, principalmente, ricos em ômegas, como 3, 6, 7 e 9, e vitaminas que são regeneradoras, como a pró-Vitamina B5, sem esquecer dos ativos antioxidantes também.

Vale lembrar! Consultar um (a) dermatologista é sempre a opção mais correta e saudável para cuidar da melhor forma possível da sua pele! ;) 

Tem alguma dica, dúvida ou sugestão? Fale com a Sallve. A gente adora trocar experiências!

vamos conversar?