Bronzeamento saudável: isso existe mesmo?

Já sabe, né? Proteção solar é importante!

bronzeamento saudável

A gente sabe que é uma delícia curtir o sol, mas responsabilidade é super importante: há uma diferença entre pele queimada e bronzeada, lembra? É que sempre fica aquela dúvida: dá mesmo para fazer um bronzeamento saudável da pele?

Bronzeamento saudável: mito ou verdade?

Segundo a dermatologista Dra. Roberta Padovan, há como se cuidar para que o bronze não seja tão nocivo à pele. Se expor ao sol por horas seguidas, ela afirma, traz danos comprovados à sua pele. Por isso é tão importante passar protetor solar e se proteger. “Todo bronzeamento é uma defesa natural da pele, isto é, uma resposta a um dano induzido pela radiação ultravioleta. Mas se você quiser um meio termo, a alternativa mais sensata é mesmo respeitar o clássico horário de resguardo, que seria das 10h às 16h, por conta da incidência de radiação UVB. O período antes das 10h e depois das 16h tem predominância de raios UVA", indica. Vale lembrar ainda que a recomendação da Sociedade Brasileira de Dermatologia é de usar filtro solar com FPS de no mínimo 30, além do uso de acessórios ou peças de roupa que protejam a área exposta ao Sol, especialmente nesse horário das 10h às 16h.

Pele queimada x bronzeada

A pele bronzeada surge devido ao aumento da melanina, um pigmento cutâneo que age quando nossa pele entra em contato com a radiação solar, como uma forma de proteção. Quando extrapola os cuidados de proteção da nossa pele, como naquele dia incrível na praia ou na piscina, ela acaba queimada - o que não é nada saudável.

“O primeiro sinal de uma pele queimada é a sua aparência vermelha, rosada. Ela pode ficar dolorida, o que compõe um quadro de eritema–quente, sensível ao toque. Também pode haver coceira. Em casos mais graves, seu corpo pode desenvolver pequenas bolhas com líquido, que podem estourar, além de dor de cabeça, febre, calafrios e fadiga”, explica.

+ Protetor solar dentro de casa: preciso mesmo usar?

Depois de se bronzear, quais os passos?

Um bronzeamento considerado saudável também inclui cuidados após o sol, justamente para manter sua pele íntegra: hidratar sua pele após pegar sol é essencial. A dica aqui é evitar o uso de produtos desconhecidos, que possam provocar alergia e piorar uma possível inflamação, preferindo hidratantes que você já conhece e sabe que funcionam na sua pele - além de usar hidratantes calmantes, sem ácidos e com substâncias anti-inflamatórias.

Passou do ponto no sol e queimou demais? Anote a dica: “O hidratante usado para melhorar as queimaduras deve ser cremoso e não em gel ou sérum. Quanto mais gorduroso e com capacidade de formar uma película protetora melhor. Medicamentos, por sua vez, só devem ser aplicados com indicação médica”, diz a especialista.

+ UVA, UVB, FPS, PPD: o que são as siglas do Protetor Solar?

Ainda entre suas recomendações para tratar a pele queimada pós-sol estão evitar ácido retinóico, glicólico e ureia em concentrações muito altas, usar cremes antioxidantes ("que são bem vindos para neutralizar a inflamação", afirma), evitar esfoliantes, beber muita água, limpar o rosto e tomar banho com sabonetes líquidos cremosos e neutros, usar roupas leves que não atritem pele queimada e ingerir alimentos leves e com antioxidantes.

O Protetor Solar da Sallve

Você já conhece o Protetor Solar da Sallve FPS 60?  Ele protege sua pele diariamente com acabamento hidratante e invisível na pele. Sua fórmula única oferece uma multi defesa: além da alta proteção contra UVA/UVB (com PPD 25,5), ele também protege sua pele contra os danos da luz azul e visível, infravermelho e poluição.

Com vitamina E e carnosina, ele tem ação antioxidante, que previne os sinais do tempo, e ação antiglicante, que ajuda a preservar o colágeno da sua pele. Não-comedogênico e sem álcool, ele deixa um toque macio combinado com o viço incrível, sem esfarelar.

Sérum Uniformizador

bronzeamento-saudavel

Se você se expôs ao sol e manchinhas apareceram, nosso Sérum Uniformizador pode ajudar: ele uniformiza o tom da pele ajudando a suavizar manchas, já que atua diretamente no processo de melanogênese, responsável pela formação de melanina.

+ Como passar protetor solar (e reaplicar também)

A fórmula conta com retinol biomimético, alfa-arbutina, nanoácido tranexâmico, niacinamida a 5% e óleo de rosa mosqueta. Além de auxiliar no tratamento de manchas, o Sérum Uniformizador também melhora a textura geral da pele e previne o envelhecimento precoce.

Hidratante Reparador

O Hidratante Reparador também é um excelente aliado para cuidar da pele após a exposição ao sol, sabia? Sua fórmula é cheia de ativos poderosos, que hidratamacalmam e ainda auxiliam na cicatrização - entre eles, pantenol 5%, manteiga de karité, ceramidaseletrólitos e alfa-bisabolol.

E como o Hidratante Reparador pode ajudar? Restaurando a barreira da pele, devolvendo e mantendo o nível de hidratação e, por fim, acalmando. Ele auxilia a diminuir a ardência e vai deixar a pele íntegra e saudável novamente.

“Ele tem tudo que uma pele queimada de sol precisa. Ativos hidratantes umectantes, como o pantenol (que penetra a pele, hidratando suas camadas), e oclusivos, como a manteiga de karité (que forma uma capa, minimizando a perda de água da pele), além de ativos calmantes e anti-inflamatórios, como o alfa-bisabolol, e ativos que vão restabelecer a barreira de proteção da pele (ceramidas)”, explica Dra. Monalisa Nunes, dermatologista consultora da Sallve.

+ Hidratante Reparador e o auxílio aos danos pós-sol, queimaduras leves e assaduras

Vale lembrar! Consultar um (a) dermatologista, é sempre a opção mais correta e saudável para cuidar da melhor forma possível da sua pele! ;)

Tem dúvidas, quer saber mais ou quer sugerir um tema? Fale com a Sallve. A gente adora trocar experiências!

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

subtotal

Loading
Login efetuado com sucesso!