Hidratante para pele oleosa: por que é importante e dicas para escolher o ideal

Como escolher o hidratante para pele oleosa, e por que é importante hidratar esse tipo de pele? Aqui você aprende tudo e ainda tem dicas de como escolher o seu.

Existe um conceito mais confuso na nossa cabeça do que pele oleosa desidratada? Mas acontece, geralmente quando erramos a mão na hora de controlar a oleosidade e acabamos com sinais claros de ressecamento (sabe aquela sensação de pele repuxando, ou até descamando?). E é aí que nos damos conta de que pele oleosa também precisa de hidratação. Mas como escolher um hidratante para a pele oleosa? Segue o fio que vamos te explicar tudo aqui, com várias dicas para você escolher o seu.

hidratante para pele oleosa

#vivasuapele Mariana de Freitas: a hidratação como aliada antiacne

Antes de escolher um hidratante para pele oleosa, vamos entender como a pele resseca?

A pele oleosa, quando está desidratada, nem sempre dá sinais tão claros e extremos do quadro, como descamação. Por isso, quem pele oleosa precisa ficar ainda mais atenta a outros sinais, mais sutis.

Séruns da Sallve: diferenças, ordem e como combinar

"Pele desidratada é uma pele sem viço, que é aquele brilho de pele saudável - que indica que a pele está íntegra, que tem um tônus bom. Geralmente na pele oleosa pode ser mais difícil de ver, mas este é o sinal que mais denota uma pele desidratada", explica a dermatologista Dra. Camila Rosa.

Outro sinal de pele oleosa desidratada que pode até te confundir? Excesso de oleosidade, consequência do efeito rebote - que é quando você retira toda a oleosidade que sua pele precisa para funcionar de forma saudável e ela a compensa em excesso.

Hidratante para pele oleosa: escolha certo!

Mas e o medo de passar um hidratante e acabar com o rosto cheio de espinhas? Para a Dra. Camila, esse receio que tanto acomete quem tem pele oleosa tem sua origem em deslizes como escolher o produto errado: "As pessoas acabam usando um hidratante para quem tem pele seca, mas um hidratante para pele oleosa é específico e não vai piorar a oleosidade. Quando não se escolhe um hidratante para pele oleosa, especificamente, você vai acabar tendo mesmo espinhas, aumento dos poros e daí por diante", alerta a dermatologista.

Ela desmistifica ainda a crença de que poros dilatados também podem ser sintoma de pele desidratada. "Na verdade, quando não são uma característica da própria pele - quando a pessoa tem as glândulas sebáceas maiores -, eles são sintoma de excesso de oleosidade".

E a importância da hidratação para a pele oleosa

Com isso em mente, é importante sempre lembrar que hidratação da pele não é só aparência - é questão de saúde. "O hidratante serve para recuperar a barreira cutânea, para deixar uma pele controlada, com todos os seus fatores de hidratação e proteção equilibrados - afinal de contas, nossa pele é uma barreira entre o interno e o externo do nosso organismo, então tudo tem que estar equilibrado. E o hidratante é peça chave para isso", ensina Dra. Camila, que ressalta: a pele precisa ser hidratada todos os dias sim!

Tônico x água micelar

Outra sugestão que pode ajudar a evitar que sua pele oleosa fique desidratada? Alternar o tônico facial com água micelar (há inclusive algumas específicas para pele oleosa!) quando você sentir ressecamento. Quem tem pele oleosa pode ter se acostumado à ideia de que a pele só está limpa quando está bem seca ou repuxando, né? Pois a Dra. Camila esclarece: uma coisa não é consequência da outra.

Qual é a diferença entre tônico e água micelar?

Outras formas de hidratar sua pele

Pode parecer clichê, mas é verdade: beber bastante água é fundamental. Ter um spray de água termal e usá-lo com frequência, por sua vez, também ajuda, segundo Dra. Camila.

A Dra. Camila deixa mais uma explicação importante sobre a hidratação da pele oleosa: ela não precisa estar apenas concentrada em um potinho de creme (ou gel) hidratante. Você pode contribuir para a hidratação da sua pele usando um limpador facial gentil, um tônico com adstringência suave, sérum e máscara com ativos hidratantes, equilibrando assim todo o processo de forma mais harmônica.

Como escolher um hidratante para pele oleosa, afinal?

Opte por texturas leves e de rápida absorção, em sérum-gel, ou gel. Fórmulas não comedogênicas também são essenciais, pois não vão entupir os poros.

Além disso, há ativos que são excelentes aliados para uma pele bem hidratada (e, por consequência, saudável), como o ácido hialurônico e vitamina C.

Quais são as diferenças entre o Antioxidante Hidratante e o Hidratante Firmador da Sallve?

Hidratante Firmador

hidratante pele oleosa

Nosso Hidratante Firmador é um ótimo aliado da hidratação para a pele oleosa: sua fórmula traz ácido hialurônico em oito tipos e três pesos, garantindo sua penetração em camadas mais profundas da pele. 

“Produtos com baixo peso molecular podem agir nas camadas mais profundas estimulando a derme, prevenindo linhas e sinais do tempo", diz Dra. Paola Pomerantzeff. "Além disso, eles podem ser usados para equilibrar a pele após o uso de produtos adstringentes ou ácidos que podem ressecar a pele, mesmo as que são oleosas”, diz a dermatologista.

Hidratante Firmador e Antioxidante Hidratante: dá pra usar junto?

Além de oito formas (e três pesos) de ácido hialurônico, a fórmula do Hidratante Firmador reúne ainda pantenol, ele tem em sua fórmula cogumelo Fu Ling e extrato de Tara, para potencializar a firmeza e a hidratação da sua pele. Tudo isso em uma textura leve em sérum-gel. Essa combinação faz com que as fórmulas sejam leves e absorvidas rapidinho pela pele - match perfeito para peles oleosas!

Hidratante Facial

hidratante pele oleosa

Outra opção é o Hidratante Facial tem textura gel-creme, um pouco mais densa que a do Hidratante Firmados, mas igualmente leve. Ele deixa uma sensação refrescante e dá um brilho na pele sem deixá-la pegajosa. Ah, e ele não aumenta a oleosidade da pele, além de reduzir os poros e aparência de linhas finas.

"O Hidratante Facial é aquele hidratante universal, clássico do dia a dia", define Renata Ribon de Melo, do nosso time de pesquisa e desenvolvimento sobre nosso mais novo hidratante, pensado para as peles normal e mista, mas que pode ser usado por todos os tipos de pele.

+ Beta-glucan: o que é, o que faz e quais os benefícios para sua pele

Além dessa textura específica, o Hidratante Facial se destaca ao proporcionar mais hidratação e emoliência para a superfície da pele do que o Hidratante Firmador, mas com um sensorial mais leve do que o do nosso Hidratante Reparador.

E não só isso: o Hidratante Facial reúne ativos incríveis e inovadores em sua categoria, como o beta-glucan (conhecido como o "novo ácido hialurônico": "Além de ser um ingrediente incrível por conta da sua enorme capacidade de atrair água para a superfície da pele, o beta-glucan vai restaurar a barreira cutânea e ajudar a acalmar a vermelhidão da pele irritada, agindo ainda como um antioxidante", conta Julia Petit.

Para ela, quem está com a pele ressecada mas busca uma hidratação mais leve do que a do Hidratante Reparador vai se dar bem com essa fórmula.

vamos conversar?

mais do blog

buscar

sua sacola

subtotal

Login efetuado com sucesso!