Envelhecimento da pele: como funciona e o que acontece no nosso corpo?

Envelhecimento da pele: como funciona e o que acontece no nosso corpo?

Ao envelhecermos muita coisa muda na nossa pele e não é só a questão do colágeno, viu?

Existe uma máxima que circula por aí que diz: para envelhecer, basta estar vivo. Não tem como escapar, nosso corpo vai envelhecer e alguns desses sinais desse envelhecimento vão aparecer logo na nossa pele. Afinal, é justamente ela que reflete com rapidez a passagem do tempo.

envelhecimento da pele

O processo de envelhecimento do corpo é complexo e multifatorial. Não é algo linear e simples. Pensando em pele, isso também é verdade, claro. São questões internas e externas que levam ao envelhecimento cutâneo.

+ Pele madura: qual o melhor jeito de cuidar?

O fato de conhecer melhor todo esse processo ajuda muito a entender como cuidar da sua pele, prevenir e se manter saudável, sem querer evitar o que é inevitável.

Envelhecimento da pele

De forma bem geral, o envelhecimento está relacionado com o fato de nossas células somáticas (responsáveis por formar tecidos e órgãos) morrerem e não serem substituídas por novas, como acontece quando a gente é jovem.

Fisiologicamente, o envelhecimento da pele está ligado à perda de tecido fibroso, taxa mais lenta de renovação celular, redução da rede vascular e glandular, e função de barreira e hidratação prejudicadas.

+ 12 hábitos que aceleram o envelhecimento da pele

"Dependendo da genética e do estilo de vida, as funções fisiológicas normais da pele podem diminuir em 50% até a meia-idade", aponta a Sociedade Brasileira de Dermatologia. Notou a sutileza? Aquelas rugas e linhas que surgem na sua pele não são causados apenas e somente por uma questão de envelhecimento natural. Portanto, para falar de envelhecimento temos que falar de fatores internos e externos que impactam no processo.

"A questão do envelhecimento cutâneo está relacionada a inúmeros fatores, desde a questão genética até a questão do expossoma, que é tudo que influencia de alguma forma um indivíduo", já nos contou no blog a Dra. Denise Steiner.

Envelhecimento intrínseco

O envelhecimento intrínseco é aquele que acontece naturalmente pela passagem do tempo. Inclusive, a genética. Aqui entram questões variadas do nosso corpo. De uma forma bem resumida, com a idade, temos por exemplo uma diminuição da produção de antioxidantes, ou seja, não conseguimos mais produzir substâncias suficientes para combater o dano oxidativo para combater os radicais livres.

Também temos deficiências hormonais sexuais. Quer mais? Nosso metabolismo fica mais lento e não nos recuperamos mais tão rapidamente como quando éramos crianças e adolescentes frente as diversas agressões que o nosso corpo (e nossa pele!) sofrem. É o tempo seguindo seu curso.

+ Antioxidantes para a pele: benefícios e por que eles são importantes

Como você deve ter notado, muita coisa acontece internamente no nosso corpo e consequentemente na nossa pele. Mas quando falamos do envelhecimento cutâneo, a queda na produção de algumas substâncias são essenciais no processo que geram os sinais que vemos, como rugas, linhas e flacidez.

“O colágeno é a fibra que sustenta a pele. A elastina é a fibra que torna nossa pele mais móvel às nossas contrações por emoção, por exemplo. São essas duas fibras as principais responsáveis pelo nosso envelhecimento”, nos conta a Dra. Mônica Aribi, dermatologista e sócia efetiva da SBD.

A partir dos 25 anos, estima-se que a produção de colágeno caia 1% anualmente - nos primeiros anos da menopausa, porém, as mulheres sofrem uma queda ainda mais dramática, perdendo quase 30% da produção

Há também uma queda na produção de ácido hialurônico. Na nossa pele, ele preenche o espaço entre as células, mantendo a cútis bem hidratada e elástica. A partir dos 25 anos essa produção também começa a reduzir e a partir dos 40 anos, a pele perde a capacidade de repor o ácido hialurônico. Ele é degradado diariamente, resultando em desidratação e perda de volume na derme. 

+ Os benefícios das fórmulas da Sallve para a pele madura

"A produção começa a cair pelo processo de envelhecimento celular mesmo. Nossas células vão envelhecendo, o metabolismo vai diminuindo, com isso, a produção diminui. A gente vai ficando com balanço negativo, assim como ocorre com as fibras colágenas e elásticas da pele. O colágeno, a elastina e o ácido hialurônico ajudam na firmeza da pele, na sustentação. O ácido hialurônico ainda tem uma capacidade higroscópica, de retenção de líquido muito grande. Ele tem um poder hidratante excelente para a pele", explicou a Dra. Ana Carolina Sumam, dermatologista.

Com essa queda na produção de colágeno, elastina e ácido hialurônico, temos uma pele mais fina, com perda de densidade, sem volume e flácida, que passa a apresentar linhas finas e rugas mais facilmente e a reter menos hidratação.

"É muito comum dos pacientes começarem a se queixar de uma pele sem vida", comentou a Dra. Mônica Aribi sobre o que os pacientes notam na pele ao envelhecer.

+ Colágeno: o que é e quais são seus benefícios para a pele

E realmente a pele fica mais seca e ressecada, o que pode ter ligação com uma menor atividade das glândulas sudoríparas. Há também uma diminuição na microcirculação sanguínea, que reduz a luminosidade da pele.

Aqui também podemos falar de outro ponto, a nossa renovação celular também começa a ficar mais lenta. "E isso é também uma das maiores causas do nosso envelhecimento", disse a Dra. Mônica Aribi. Com isso, nossa pele perde completamente o viço. Quando há um acúmulo dessas células mortas na camada córnea, a pele fica opaca, sem brilho, menos hidratada, com textura irregular.

envelhecimento da pele

Envelhecimento extrínseco: olá expossoma!

O envelhecimento extrínseco é o provocado por fatores externos ao nosso corpo. E aqui entra um conceito que facilita na hora de entender tudo: o expossoma. Segundo o artigo "The Skin Aging Exposome", o termo descreve a "totalidade das exposições às quais um indivíduo está submetido desde a concepção até a morte."

Nessa listinha de fatores você pode incluir:

  • Exposição solar;
  • Alimentação não balanceada;
  • Poluição;
  • Tabagismo;
  • Sono desregulado;
  • Sedentarismo;
  • Estresse;
  • Clima;
  • Cosméticos que você usa...

Enfim, uma lista enorme de fatores. Tudo isso e muito mais é o expossoma. E como você deve ter notado, envelhecer é um processo natural. Porém, estamos sendo bombardeados o tempo todo por fatores que pioram esse progresso natural do envelhecimento.

+ Óleo facial: benefícios e como usar o Óleo Antioxidante

Talvez você tenha notado que o envelhecimento extrínseco pode ser acelerado ou retardado. Um exemplo, se você mantém uma vida saudável, com uma alimentação balanceada, exercícios físicos, uso de protetor solar, ingestão adequada de água diariamente, tudo isso contribui para retardar o envelhecimento extrínseco.

Em uma conversa sobre envelhecimento cutâneo com nossas pesquisadoras de Pesquisa e Desenvolvimento da Sallve, a Renata Ribon de Melo resumiu bem a questão: "O envelhecimento é o acúmulo de tudo, a consequência de tudo o que a gente fez antes. Por exemplo, estou usando protetor solar diariamente, já vou ver agora o resultado? Não, é no futuro que você vai ver o resultado, o efeito dessa prevenção ou da falta dela.".

Fotoenvelhecimento

Dos fatores externos, é radiação UV o fator que mais desponta, o número um. "A exposição solar faz com que diminua a produção de colágeno muito mais rapidamente. Ela, inclusive, "mata" alguns fibroblastos, células envolvidas nessa produção. Isso sem contar o envelhecimento epidérmico superficial, em que a exposição solar deixa a pele com uma aparência mais áspera e com algumas manchas, o que evidencia ainda mais as rugas", conta o Dr. Abdo Salomão.

+ Benefícios do sol para a saúde: muito além da vitamina D

A radiação UV é a responsável pelo que chamamos de fotoenvelhecimento, processo de envelhecimento causado pelo excesso de exposição solar. Aqui citamos alguns fatos sobre ele, segundo artigos científicos:

  • O fotoenvelhecimento afeta as três camadas da pele, epiderme, derme e hipoderme;
  • Todos os comprimentos de onda UV contribuem para fotoenvelhecimento da pele humana;
  • a radiação UV promove o aumento da produção de radicais livres,  que contribuem para degradação de fibras de colágeno e elastina;
  • A suscetibilidade ao fotoenvelhecimento é influenciada por fatores endógenos, como pigmentação da pele, reparo de DNA, defesa antioxiodante, etc;
  • O fotoenvelhecimento da pele humana resulta principalmente da exposição diária a doses baixas, que não causam alterações visíveis nos momentos de exposição;
  • são altas as evidências de que o uso regular de protetores solares pode retardar o fotoenvelhecimento;

Por isso que tanto dizem: o protetor solar é o melhor cosmético para prevenir o envelhecimento precoce da sua pele, além de ser fundamental para se prevenir contra o câncer de pele. Ele deve ser usado diariamente, e reaplicado a cada duas horas (ou menos, caso você sue muito), não pode ser esquecido nem dentro de casa e sim, deve ser usado até no inverno.

O que você vai ver primeiro?

Talvez você esteja se perguntando o que você vai notar primeiro na pele e temos que dizer que isso é muito particular. Porém, o mais comum é que sejam as linhas de expressão ou linhas finas e elas aparecem por volta dos 30 anos.

+ Óleo Antioxidante Facial: quais os benefícios a curto e longo prazo?

“Como primeiros sinais sentimos a falta de definição do arco mandibular e algumas rugas fininhas ao redor dos olhos e boca, que são as áreas mais finas da face”, apontou a Dra. Mônica Aribi, dermatologista e sócia efetiva da SBD.

Lembrando: isso tudo depende de muitos fatores, como genética ou exposição solar intensa. "As linhas finas de expressão podem acontecer em pessoas muito jovens também. Surfistas, esportistas que ficam ao ar livre, pessoas que trabalham na rua, na lavoura. Essas pessoas, mesmo jovens, já têm linhas de expressão muito aparentes", já ponderou por aqui a Dra. Monalisa Nunes.

O que mais muda?

Primeiro, é importante falar do que muda do ponto de vista anatômico."A gente tem o envelhecimento em camadas, que é como a gente chama na dermatologia. Temos o envelhecimento da pele, da gordura, do músculo e do osso. Então, com tudo isso, a atrofia do músculo, a perda da gordura facial e a reabsorção do osso, vamos ficando com o rosto mais plano, sem mais as projeções de sustentação da pele. A área dos olhos também vai ficando com mais olheiras por causa disso. São todos processos que acabam colaborando para um rosto mais flácido”, aponta a Dra. Monalisa Nunes.

+ Flacidez facial: o que causa, como prevenir e como tratar a pele

Fazendo um resumão do que você pode notar que muda na pele com o passar dos anos, os famosos sinais do envelhecimento, segundo a Dra. Mônica Aribi:

  • Surgem linhas de expressão e rugas;
  • Pele fica mais ressecada e sem viço;
  • Há perda de elasticidade e firmeza, com isso, a pele fica mais flácida;
  • Aumento do número de telangiectasias (vasos fininhos);
  • Presença de melanoses senis;
  • Manchas começam a se tornar espessas, podendo formar verrugas actinicas;
  • Pálpebras podem formar bolsas, pois ficam mais flácidas e não seguram as estruturas internas dessa área;
  • O pescoço, que já é uma estrutura com pouca hidratação (tem poucas glândulas sebáceas) começa a pender, formando rugas horizontais ao longo dele. Além disso, podemos ver os cordões platismais (músculo do pescoço) pois a pele que o recobre começa a ficar mais flácida.

Afinal, a pele negra envelhece mais devagar?

Se tem uma coisa que é verdade, é que a pele negra de fato demora mais para apresentar os sinais do tempo e isso tem uma explicação. A maior produção de colágeno e elastina garante uma pele mais firme, elástica e com menos tendência a linhas de expressão, vincos profundos e flacidez.

+ Tudo o que você sempre quis saber sobre pele negra

“Demoramos a envelhecer! Por possuir maior quantidade de fibroblastos (responsáveis pela produção de colágeno e elastina) e por serem mais hiperativos, tende a envelhecer mais lentamente”, explicou aqui no blog a Dra. Katleen Conceição, especialista em pele negra.

A Dra. Mônica Aribi ainda faz um adendo: "Alguns indivíduos, principalmente os de pele branca, tem geneticamente uma predisposição ao envelhecimento precoce, pois a melanina (pigmento que da cor a pele) é um protetor contra agressões externas. Portanto, as pessoas com menos pigmento formam manchas de envelhecimento precocemente, as chamadas melanodermias senis, por exemplo."

Dá pra prevenir o envelhecimento precoce?

Sim, a prevenção é sua melhor aliada contra o envelhecimento precoce da pele. O que não vai acontecer é evitar o envelhecimento. Como já dissemos, envelhecer todos vamos e isso é parte da vida.

O primeiro ponto é a exposição solar. Ela tem um papel crucial no envelhecimento precoce da pele. Ou seja, usar protetor solar todos os dias é a grande dica. Ele é seu aliado número um para prevenir que rugas e linhas de expressão. Além disso, respeitar os horários adequados de sol, evitando a exposição das 10h às 16h.

Também ter uma alimentação adequada, não ser sedentário, não fumar, beber água, hidratar a pele, tratar a pele usando produtos que estimulem a produção de colágeno, além de procedimentos que estimulem a produção de colágeno, como lasers.

+ 10 Verdades e mitos sobre Protetor solar

"Temos os procedimentos que estimulam o colágeno e o uso dos cosméticos que são estimulantes de colágeno e fazem a renovação celular. Eles aumentam a taxa de renovação e isso vai fazer também com que a pele vá sempre se renovando, diminuindo esse processo de marcar na pele", já nos explicou a Dra. Monalisa Nunes por aqui.

Produtos com ativos antioxidantes também podem ser aliados, porque muitos atuam na produção de colágeno, ajudam a reverter os danos causados pelos raios UV, além de neutralizar o efeito dos radicais livres, que são grandes responsáveis pelo envelhecimento.

Ana Paula Fonseca, nossa pesquisadora do time P&D, ainda completou: "o envelhecimento é natural, mas estamos sendo bombardeados com fatores que vão piorar isso. Os cosméticos entram muito aí, para ajudar que processo seja um pouquinho mais lento e controlado. Podemos suavizar os sinais do envelhecimento e talvez não deixar ficar tão intenso como poderia potencialmente ficar. Tem pessoas que trabalham na rua o dia inteiro no sol quente, por exemplo. Para não ter o dano que vai ter da radiação solar o tempo todo, passar o protetor solar e reaplicar. Passar um antioxidante antes desse protetor solar. Sempre fazendo como se fosse uma rede de proteção mesmo em cima da pele, para não ter um excesso de agressão."

Família Sallve

Tem vários membros da família Sallve que podem ajudar quando o assunto são rugas. Aqui te apresentamos alguns deles:

Antioxidante Hidratante

Antioxidante Hidratante é usérum-gel multifuncional feito para cuidar da área dos olhosrosto e pescoço. Ele combina a hidratação do ácido hialurônico a seis antioxidantes: carnosina, vitamina C a 10%, vitamina E, resveratrol, niacinamida e cafeína. E, graças à nanotecnologia, seus principais ingredientes são protegidos e chegam mais potentes e sem oxidar ao lugar certinho da pele.

O Antioxidante Hidratante hidrata controlando a oleosidade, minimiza poros dilatados e auxilia na redução de cravos, previne e reduz a aparência de linhas finas e sinais do tempo, uniformiza o tom suavizando manchas, diminui o inchaço e olheiras de cansaço, devolve o viço da pele, protege a degradação do colágeno, aumentando sua síntese, e auxilia na reparação de danos causados pela luz azul.

Antioxidante Hidratante FPS 30

Com todos os benefícios e efeitos do Antioxidante Hidratante, nossa fórmula do Antioxidante Hidratante FPS 30 reúne tratamento, hidratação e proteção UVA/UVB, se tornando a opção mais eficaz e prática para cuidar bem da pele.

+ 7 benefícios incríveis do Antioxidante Hidratante FPS 30 UVA/UVB

Desenvolvido para rosto, região abaixo dos olhos e pescoço, ele combina o poder do Ácido Hialurônico a 6 antioxidantes preciosos: Nano Vitamina C a 10%, Vitamina E, Resveratrol, Niacinamida, Cafeína e Carnosina. Graças à nanotecnologia, seus principais ingredientes são protegidos e chegam mais potentes e sem oxidar ao lugar certinho da pele. A loção cremosa também oferece um toque seco e controla a oleosidade sem tirar o viço da pele.

Só ele: previne e reduz a aparência de linhas finas e sinais do tempo, protege contra a degradação do colágeno e aumenta sua síntese, uniformiza o tom suavizando manchas, diminui o inchaço e as olheiras de cansaço, hidrata controlando a oleosidade, reduz a aparência dos poros, devolve a luminosidade e o viço da pele, oferece ação multi defesa contra danos da luz azul, visível, infravermelho e poluição oferece proteção solar FPS 30 UVA/UVB PA+++.

Hidratante Firmador

Seja para quem quer um aliado na pele jovem para manter o tão amado viço, ou para quem quer um boost para tratar a pele madura, é aqui que entra o nosso Hidratante Firmador.

Ele potencializa a firmeza, hidrata profundamente, suaviza linhas finas, aumenta a luminosidade da pele - e de quebra dá um efeito tensor instantâneo. Tudo o que a gente quer, não é mesmo? 

Único sérum-gel com oito formas (e três pesos) de Ácido Hialurônico feito para agir em diferentes camadas da pele. Também conta com Pantenol, Cogumelo Fu Ling e Extrato de Tara.

Sérum Uniformizador

O Sérum Uniformizador é uma fórmula multifuncional testada em peles sensíveis, poderosa no tratamento e prevenção de manchas, olheiras pigmentares e linhas finas.

Combina retinol biomimético, responsável por uniformizar textura e tom sem sensibilizar. A niacinamida 5% que reduz a pigmentação excessiva. O nanoácido tranexâmico e o alpha-arbutin, que regulam o início da produção da melanina. E óleo de rosa mosqueta, um antioxidante com ação hidratante e cicatrizante. Fórmula única que trata todos os níveis da hiperpigmentação sem agredir a pele, sendo compatível até para peles sensíveis.

Óleo Antioxidante Facial

O Óleo Antioxidante Facial é um óleo concentrado de tratamento, com textura aveludada e que deixa um acabamento macio e confortável sobre a pele.

Sua fórmula com astaxantina, vitamina c, quercetina, phytoesqualano e óleo de semente de uva forma uma poderosa combinação antioxidante que hidrata, previne e trata os sinais do tempo, uniformiza tom e textura e melhora a elasticidade, além deixar a pele radiante e viçosa.

Óleo Antissinais

O Óleo Antissinais é um óleo com retinol 0.3% que entrega resultados incríveis, além de uma potente hidratação da pele já no primeiro uso, reduzindo a aparência de poros e linhas, promovendo viço e luminosidade. Em longo prazo, uniformiza manchas e textura da pele, estimula o colágeno, reduz profundidade de rugas e aumenta a elasticidade e firmeza da pele.

Além do retinol que proporciona a renovação da pele, ele contém fitoceramidas e um blend de óleo de rosa mosqueta e óleo de macadâmia, que auxiliam na reparação de barreira e hidratação da pele.

retinol

Protetor Solar FPS 60

O Protetor Solar da Sallve FPS 60 protege sua pele diariamente com acabamento hidratante e invisível na pele. Sua fórmula única oferece uma multi defesa: além da alta proteção contra UVA/UVB (com PPD 25,5), ele também protege sua pele contra os danos da luz azul e visível, infravermelho e poluição.

+ Como nosso Protetor Solar FPS 60 age contra a radiação solar?

Com vitamina E e carnosina, ele tem ação antioxidante, que previne os sinais do tempo, e ação antiglicante, que ajuda a preservar o colágeno da sua pele. Não-comedogênico e sem álcool, ele deixa um toque macio combinado com o viço incrível, sem esfarelar.

Máscara Super Renovadora

A fórmula da Máscara Super Renovadora é uma poderosa combinação de 6% Ácido Lático, 4% Ácido Glicólico, LHA e Retinol Biomimético para promover uma esfoliação química potente.

Depois de, no máximo, 15 minutos de ação, vem o resultado: uma pele mais luminosa, com textura mais uniforme, aparência de poros reduzida, além de suavizar cicatrizes de acne, linhas finas e manchas. O creme oferece um sensorial gostoso e macio. Contém Alfa Bisabolol para reduzir a irritação dos ácidos.

Sérum Antissinais

Sérum Antissinais é um sérum hidratante com retinol puro a 0,3% para tratamento noturno, que promove uma potente renovação celular. aliado a ativos poderosos como peptídeo de cobre e niacinamida, aumenta a síntese de colágeno, diminui a profundidade de rugas e linhas finas, minimiza a aparência de poros dilatados, uniformiza tom e textura, suaviza marcas, além de promover melhora da firmeza e da elasticidade da pele. a fórmula ainda conta com ácido hialurônico, que promove hidratação à pele. 

E aí, que tal incluir as nossas fórmulas na sua rotina de cuidados?

Vale lembrar: procurar um dermatologista é sempre o mais indicado para sua pele.

Referências usadas para esse texto

The skin aging exposome

Envelhecimento

Envelhecimento cutâneo

Skin Care and Aging

Neuroendocrine Aspects of Skin Aging

Voltar para o blog